Roberto César Zardin Rodrigues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roberto
Roberto
Roberto em 2011 pelo FC Tokyo
Informações pessoais
Nome completo Roberto César Zardin Rodrigues
Data de nasc. 19 de dezembro de 1985 (29 anos)
Local de nasc. Sapiranga (RS),  Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Altura 1,76 m
Apelido RobertoBolt, Roberto Fórmula 1
Informações profissionais
Período em atividade 2003-presente (11 anos)
Clube atual Brasil Avaí
Posição Atacante
Clubes de juventude
2002-2003
2003
Brasil CENE
Brasil Figueirense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20032004
2004
2005
20052006
2007-2009
2007
2008
20092010
2011-
2012
2013
2014-
Brasil Figueirense
Japão Niigata
Brasil Atlético de Ibirama
Brasil Figueirense
Brasil Cabofriense
Brasil Macaé (emp.)
Brasil Tigres do Brasil (emp.)
Brasil Avaí
Japão FC Tokyo
Brasil Coritiba (emp.)
Coreia do Sul Ulsan Hyundai FC (emp.)
Brasil Avaí (emp.)




00013 000(4)


00071 00(22)
00034 00(10)
00021 000(6)
00025 000(1)
00041 00(10)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 8 de dezembro de 2014.

Roberto César Zardin Rodrigues, mais conhecido como Roberto (Sapiranga, 19 de dezembro de 1985), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Avaí.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Roberto passou por alguns clubes do Brasil e pelo Niigata do Japão, até chegar ao Avaí em 30 de abril de 2009[1] . No início da temporada de 2010, esteve próximo de uma transferência para o Coritiba por meio de uma troca pelo atleta Marcos Aurélio[2] , mas o negócio não foi para frente e Roberto ficou no Avaí[3] .

Avaí[editar | editar código-fonte]

Apesar da má campanha e do quase rebaixamento do time para a Série B de 2011, Roberto jogou bem no clube catarinense e conquistou a torcida, com sua velocidade e raça nos jogos. Foi o principal jogador do clube na luta pela permanência na Série A em 2010. Foi da torcida avaiana que recebeu o apelido de "RobertoBolt" em referência ao jamaicano Usain Bolt, ídolo máximo do atletismo por sua velocidade. E da mesma torcida recebeu outro apelido, "Roberto Fórmula 1", também em referência a sua velocidade.

Retorno

Após ser emprestado e não ter feito uma boa temporada pelo Ulsan Hyundai FC, Roberto se reapresentou ao FC Tokyo, porém o clube japonês queria emprestá-lo de novo. Então ofereceu-lhe ao ex-clube, o Avaí (no qual Roberto teve uma boa passagem e se identificou com a torcida). Roberto, FC Tokyo e o Avaí aceitaram a negociação e o atacante voltou para o clube no dia 21 de janeiro de 2014 para a disputa do Campeonato Catarinense de 2014 e a Série B do Campeonato Brasileiro.[4] [5]

Roberto re-estreou no dia 13 de fevereiro de 2014 pelo Avaí, na derrota por 2x0 contra o Brusque pela antecipação da 7ª rodada do Campeonato Catarinense na Ressacada. Foi eleito um dos melhores do jogo. O jogo deixou o Avaí na lanterna do Catarinense e com uma situação muito complicada para conseguir a classificação para o quadrangular final. Roberto foi um dos poucos jogadores do time catarinense que não foi vaiado pela torcida ao término da partida.[6]

Logo no segundo jogo com a camisa do Avaí, Roberto jogou o clássico contra seu time revelador, o Figueirense. Não repetiu a atuação contra o Brusque, mas jogou com muita vontade. Roberto ainda se envolveu na pancadaria que ocorreu no andamento da partida. O Avaí venceu o clássico por 2x1 no Orlando Scarpelli e desafogou a sua situação no Catarinense. [7]

No terceiro jogo desde sua volta ao Leão da Ilha, Roberto não conseguiu repetir a atuação contra o Brusque. Com técnico novo (Paulo Turra), o Avaí perdeu na Ressacada para a Chapecoense pelo placar de 2x1 e deu adeus a disputa pela classificação no quadrangular final do Catarinense. [8]

O primeiro gol de Roberto após a volta para o Avaí, foi no dia 9 de março de 2014, na derrota por 3x1 contra o Marcílio Dias pela 2ª rodada do hexagonal final do Catarinense, no Estádio Hercílio Luz, em Itajaí. [9]

Já o segundo gol de Roberto após a volta a Florianópolis foi no dia 19 de março de 2014 na 5ª rodada do hexagonal da morte do Catarinense, contra o Atlético de Ibirama na Ressacada, na vitória por 2x0 sobre o clube de Ibirama. Foi no melhor estilo Roberto, na velocidade, tocando na saída do goleiro aos 35 minutos do primeiro tempo. A vitória tirou o Avaí da zona de rebaixamento do hexagonal. [10]

No jogo contra o Atlético de Ibirama em Ibirama no dia 23 de março de 2014, Roberto marcou dois e ajudou a tranquilizar a situação do Avaí no Catarinense. A partida terminou com o placar de 4x0 para o Avaí, os outros dois gols foram marcados por Marquinhos e Cléber Santana.[11]

No dia 16 de julho de 2014, o atacante completou 100 jogos com a camisa do time catarinense, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil contra o Palmeiras, na Ressacada. O jogo foi 2x0 para equipe paulista, Roberto entrou no segundo tempo, fez boas jogadas pela equipe avaiana, mas não conseguiu evitar a derrota.[12]

No final de 2014, Roberto machucou-se e ficou 4 partidas sem atuar, prejudicando sua equipe que quase viu o sonho do acesso ir por água abaixo após ficar 12 partidas invicta e 6 sem vencer. Roberto voltou na 35ª rodada, na derrota por 3 a 0 para o América-MG em Belo Horizonte. Na última partida do Campeonato, contra o Vasco da Gama na Ressacada, que definia se o clube catarinense iria ou não conseguir o acesso à Série A, Roberto foi destaque fazendo jogadas de efeito e muita vontade. O jogo terminou em 1 a 0 para o time azul (com gol de pênalti de Marquinhos), mas a euforia só tomou conta da torcida quando a notícia de que o Icasa venceu o Boa Esporte e o Santa Cruz bateu o Atlético Goianiense chegou, assim o principal objetivo do Leão da llha no ano se concretizou, depois de tanta luta.

Roberto foi o artilheiro do time no ano, com 10 gols. Além de ser o segundo atacante que mais atuou com a camisa do Leão em 2014. Em um ano de crise para os atacantes do Avaí, o F-1 foi o destaque dos 9 que vestiram a camisa azul e branca e o mais prestigiado pelo torcida ao lado do jovem Anderson Lopes.

No dia 11 de dezembro de 2014, a diretora avaiana renovou o contrato do atacante para a temporada 2015.[13] [14]

FC Tokyo[editar | editar código-fonte]

No final do ano de 2010, Roberto foi anunciado como reforço do F.C. Tokyo do Japão para a temporada seguinte.[15]

Coritiba[editar | editar código-fonte]

Assinou contrato com o Coritiba em 2 de março de 2012, por empréstimo, até o final do mesmo ano.[16]

Ulsan Hyundai FC[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2013, foi emprestado ao Ulsan Hyundai FC, com uma cláusula de compra ao fim do término do empréstimo.[17] Após fazer uma temporada ruim, o Ulsan o devolveu ao FC Tokyo, que o repassou para o Avaí.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Figueirense
Avaí
FC Tokyo
Coritiba

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Última atualização: 8 de dezembro de 2014.

Avaí[editar | editar código-fonte]

Clube Ano Jogos Gols
Brasil Avaí 2009 21 6
Brasil Avaí 2010 50 16
Brasil Avaí 2014 41 10
Total 2009-2014 112 32


Clube Temporada Brasileirão Série B Copa do Brasil Campeonato Catarinense Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Avaí 2014 27 4 4 1 10 5 41 10
Total 27 4 4 1 10 5 41 10

Coritiba[editar | editar código-fonte]

Até 24 de junho de 2012.

Clube Temporada Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Campeonato Paranaense Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Coritiba 2012 3 0 10 2 8 4 21 6
Total 3 0 10 2 8 4 21 6

Referências

  1. Atacante Roberto, ex-Figueirense, é apresentado no Avaí ClicRBS (30 de abril de 2009). Visitado em 5 de maio de 2009.
  2. Avaí próximo de acerto com o atacante Marcos Aurélio, do Coritiba ClicRBS (11 de janeiro de 2010). Visitado em 28 de novembro de 2013.
  3. Marcos Aurélio não vem mais para o Avaí ClicRBS (14 de janeiro de 2010). Visitado em 28 de novembro de 2013.
  4. Roberto, Tinga e Paulo Sérgio treinam físico na parte interna da Ressacada GloboEsporte.com (21 de janeiro de 2014). Visitado em 22 de janeiro de 2014.
  5. Avaí tem três caras novas no treinamento FUTEBOLSC.COM (21 de janeiro de 2014). Visitado em 22 de janeiro de 2014.
  6. Estreante Roberto lamenta derrota e fatores extracampo: 'Tudo atrapalha' GloboEsporte.com (13 de fevereiro de 2014). Visitado em 14 de fevereiro de 2014.
  7. Clássico é clássico: ex-lanterna, Avaí vence o líder Figueirense no Scarpelli GloboEsporte.com (16 de fevereiro de 2014). Visitado em 17 de fevereiro de 2014.
  8. Em duelo tático, Dal Pozzo bate Turra e Chape vence Avaí em noite de Régis GloboEsporte.com (23 de fevereiro de 2014). Visitado em 25 de fevereiro de 2014.
  9. Embalado, Marcílio Dias bate Avaí em má fase e lidera sozinho o hexagonal GloboEsporte.com (9 de março de 2014). Visitado em 9 de março de 2014.
  10. Sob chuva, Marquinhos rege o Avaí e faz a festa sobre o Atlético-IB: 2 a 0 GloboEsporte.com (19 de março de 2014). Visitado em 20 de março de 2014.
  11. Com posse de bola e contra-ataques 'mortais', Avaí goleia o Atlético-IB GloboEsporte.com (23 de março de 2014). Visitado em 23 de março de 2014.
  12. Após 100 jogos pelo Avaí, Roberto será homenageado pelo clube GloboEsporte.com (29 de julho de 2014). Visitado em 30 de julho de 2014.
  13. Roberto e Eltinho renovam com o Avaí para a próxima temporada Infoesporte (11 de dezembro de 2014). Visitado em 11 de dezembro de 2014.
  14. Avaí acerta renovação de contrato com Eltinho e Roberto para 2015 GloboEsporte.com (11 de dezembro de 2014). Visitado em 11 de dezembro de 2014.
  15. Roberto se apresenta no começo de janeiro no FC Tokyo Info Esporte (13 de dezembro de 2010). Visitado em 28 de novembro de 2013.
  16. Atacante Roberto assina com o Coxa Coritiba FC (2 de março de 2012). Visitado em 28 de novembro de 2013.
  17. ロベルト セザー選手 蔚山現代FCへ期限付き移籍のお知らせ] (em japonês) F.C. Tokyo (11 de janeiro de 2013). Visitado em 12 de janeiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.