Studio Ghibli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Studio Ghibli, Inc.
Tipo Estúdio de animação
Indústria Cinema
Fundação 15 de junho de 1985
Fundador(es) Hayao Miyazaki
Isao Takahata
Toshio Suzuki
Yasuyoshi Tokuma
Sede Koganei, Tóquio, Japão
Produtos Filmes de animação (animes)
Página oficial http://www.ghibli.jp/

O Studio Ghibli (株式会社スタジオジブリ, Kabushiki-gaisha Sutajio Jiburi?) é um estúdio de animação japonês, sediado em Koganei, Tóquio.[1] Fundado em 1985, o estúdio já produziu 20 filmes de animação, sendo o primeiro Tenkû no Shiro Rapyuta, lançado em 1986, e o mais recente Kaguya-Hime no Monogatari, lançado em 2013.

História[editar | editar código-fonte]

O Studio Ghibli foi fundado em 1985 por Hayao Miyazaki, Isao Takahata, Toshio Suzuki e Yasuyoshi Tokuma, logo após o sucesso de Kaze no Tani no Nausicaä no ano anterior. O estúdio lançou seu primeiro filme, Tenkû no Shiro Rapyuta, no ano seguinte. O logotipo da empresa é Totoro, um personagem do filme Tonari no Totoro, lançado em 1988. Com exceção de seis produções, todos os filmes do estúdio foram dirigidos por Hayao Miyazaki e Isao Takahata. Toshio Suzuki, por sua vez, é o produtor da maioria destes filmes. Em 2001, o Museu Ghibli, um museu dedicado as obras do estúdio, foi inaugurado.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Os filmes de animação produzidos pelo estúdio receberam aclamação mundial da crítica e do público. Em especial, Hotaru no Haka (1988) é considerado um dos melhores filmes de guerra já feitos.[2] Sen to Chihiro no Kamikakushi (2002) é o único filme de língua não-inglesa a ganhar o Oscar de melhor filme de animação, e é considerado o 10º melhor filme da história do cinema.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • Embora Nausicaä do Vale do Vento é considerado um filme do Studio Ghibli, ele foi produzido antes da fundação do estúdio.
  • Quando o espaço estiver vazio, significa que o filme ainda não foi lançado no respectivo país.
# Filme Ano Título no Brasil Título em Portugal
1 Tenkû no Shiro Rapyuta 1986 O Castelo no Céu
2 Hotaru no Haka 1988 Túmulo dos Vagalumes O Túmulo dos Pirilampos
3 Tonari no Totoro 1988 Meu Amigo Totoro Totoro
4 Majo no Takkyūbin 1989 O Serviço de Entregas da Kiki Kiki: A Aprendiz de Feiticeira
5 Omohide Poro Poro 1991 Memórias de Ontem
6 Kurenai no buta 1992 Porco Rosso - O Último Herói Romântico Porco Rosso: O Porquinho Voador
7 Umi ga Kikoeru 1993
8 Heisei Tanuki Gassen Ponpoko 1994 Pom Poko - A Grande Batalha dos Guaxinins Pom Poko
9 Mimi wo sumaseba 1995 O Sussurro do Coração
10 Mononoke-hime 1997 Princesa Mononoke
11 Hōhokekyo Tonari no Yamada-kun 1999 A Família Yamada
12 Sen to Chihiro no Kamikakushi 2001 A Viagem de Chihiro
13 Neko no Ongaeshi 2002 O Reino dos Gatos
14 Howl no Ugoku Shiro 2004 O Castelo Animado O Castelo Andante
15 Gedo Senki 2006 Contos de Terramar
16 Gake no Ue no Ponyo 2008 Ponyo - Uma Amizade que Veio do Mar Ponyo à Beira-Mar
17 Kari-gurashi no Arietti 2010 O Mundo dos Pequeninos
18 Kokuriko-zaka Kara 2011 Colina das Papoulas
19 Kaze Tachinu 2013 Vidas ao Vento Asas no Vento
20 Kaguya-Hime no Monogatari 2013

Trabalhos como distribuidor[editar | editar código-fonte]

Os seguintes filmes animados ocidentais (e um filme japonês) foram distribuídos pelo Studio Ghibli e agora, devido à etiqueta que possuem, encontram-se na Livraria Museu Ghibli.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "会社情報", Studio Ghibli. Acessado em 26 de fevereiro de 2010.
  2. "Grave of the Fireflies Movie Review (1988)", Roger Ebert. Acessado em 22 de julho de 2013.
  3. "The 100 Best Films Of World Cinema", Empire. Acessado em 22 de julho de 2013.
  4. http://www.cartoonbrew.com/classic/disney-releases-fleischers-mr-bug-in-japan-45528.html
  5. http://www.ebay.com/itm/Mr-Bug-Goes-to-Town-Japanese-Poster-for-DVD-Promo-Ghibli-Museum-Library-/251088656703
  6. a b c d http://www.inaglobal.fr/en/cinema/article/studio-ghibli-new-force-animation
  7. a b c http://www.ghibliworld.com/links.html
  8. http://www.ghibli-museum.jp/animal/
  9. http://www.ghibli-museum.jp/library/about/004827.html
  10. http://www.onlineghibli.com/tavern/print.php?threadid=1740&boardid=4&styleid=1&sid=27v5bd1m13e3gmj2qph6e35dj2&page=1
  11. a b c http://centrodeartigo.com/revista-digital-educacion-tecnologia-educativa/contenido-18497.html
  12. http://www.ghibli-museum.jp/outotori/
  13. http://books.google.pt/books?id=QLeKd2Xm8EMC&pg=PT124&lpg=PT124&dq=studio+ghibli+Kirikou+et+la+sorci%C3%A8re&source=bl&ots=CZlxptdv3p&sig=hQOhtI9z4C-vFolJxfLDkxENVOY&hl=en&sa=X&ei=oiAoVMWKEu7W7QaxoIGYBA&ved=0CEgQ6AEwBg#v=onepage&q=le%20roi&f=false
  14. a b http://www.animenewsnetwork.com/news/2007-05-02/ghibli-channel-opens-for-studio-information-online
  15. a b c d http://www.ghibliworld.com/michel_ocelot_interview.html
  16. a b c d http://books.google.pt/books?id=QLeKd2Xm8EMC&pg=PT124&lpg=PT124&dq=studio+ghibli+Kirikou+et+la+sorci%C3%A8re&source=bl&ots=CZlxptdv3p&sig=hQOhtI9z4C-vFolJxfLDkxENVOY&hl=en&sa=X&ei=oiAoVMWKEu7W7QaxoIGYBA&ved=0CEgQ6AEwBg#v=onepage&q=Kirikou%20et%20la%20sorci%C3%A8re&f=false
  17. a b c http://ackman.lacoctelera.net/post/2013/04/05/el-studio-ghibli-estrenara-pelicula-arrugas-japon
  18. a b c d http://www.nausicaa.net/wiki/2008-10-News
  19. http://www.ghibliworld.com/isaotakahatainterview.html
  20. http://www.ghibli-museum.jp/azur/
  21. a b http://www.unifrance.org/annuaires/societe/349219/studio-ghibli-inc
  22. http://www.anibis.ch/fr/films-,-dvd-dvds-dessins-anim%C3%A9s-,-mangas--1423/dvd-walt-disney,pixar,-dreamworks,-studio-ghibli--1565854.aspx
  23. http://www.flixist.com/beyond-totoro-the-most-awesome-ghibli-related-projects-207027.phtml
  24. http://blogs.elpais.com/version-muy-original/2013/04/arrugasjapon.html
  25. http://www.abc.es/cultura/cine/20130622/abci-pelicula-arrugas-estreno-japon-201306221329.html
  26. http://www.ecartelera.com/noticias/13417/arrugas-distribuida-ghibli-japon-gkids-eeuu-anchor-bay-reino-unido/
  27. http://www.nadacomercial.com/2013/04/ghibli-estrenara-arrugas-en-japon.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]