Wikipédia:Competência é requerida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crystal Clear mimetype txt.png Este ensaio contém conselhos ou opiniões de um ou mais contribuidores da Wikipédia. Ensaios não são políticas nem recomendações, mas podem representar práticas já bem difundidas na comunidade ou ainda pontos de vista de minorias. Sinta-se livre e até encorajado para melhorar a página ou discutir na página de discussão, mas tenha prudência ao considerar esses pontos de vista já previamente trabalhados.
Nem sempre devemos "Assumir boa-fé".

A Wikipédia é um lugar enorme, com muitos editores, todos com opiniões próprias sobre como fazer as coisas. Parece surpreendente que sejamos capazes de trabalhar juntos de maneira funcional, mas de alguma forma é o que geralmente acontece.

Uma de nossas políticas sociais centrais e que facilita este trabalho conjunto é "presuma boa-fé". É um bom conselho, pois nos lembra que, quando discordamos, todos os envolvidos (geralmente) estão tentando fazer o que acreditam ser o melhor. É claro que encontramos por vezes pessoas que intencionalmente prejudicam o projeto, mas elas são, em geral, fáceis de se lidar, pois podem ser bloqueadas, se preciso, com pouco esforço e geralmente sem controvérsias.

Onde encontramos controvérsias frequentemente, porém, é com editores que são disruptivos enquanto estão tentando ajudar. É aí que às vezes vemos o lado ruim de nossa (geralmente útil) noção de presumir boa fé. Muitos editores se focaram tanto nesta noção que passaram a acreditar que a boa-fé é tudo o que se precisa para ser um editor útil. Infelizmente, este não é o caso de maneira nenhuma. Competência é requerida também.

Boa fé versus competência[editar | editar código-fonte]

Assumir que as pessoas estão tentando ajudar é trivial — nós assumimos que elas respiram também. Mas se alguém é incapaz de ajudar ou é às vezes capaz, mas outras vezes causa uma enorme confusão, isto é algo ruim que não devemos deixar continuar. O proverbial "elefante na loja de cristais" pode ter boas intenções, mas é claramente "ruim para os negócios". Devemos sempre valorizar o projeto como um todo mais do que valorizamos as contribuições de qualquer editor.

Assim, da próxima vez que alguém postar algo na Esplanada dizendo "Editor Exemplo está causando problemas — aqui estão os diffs para provar", pense duas vezes antes de dizer apenas "Assuma boa-fé". A pessoa fazendo a reclamação já está provavelmente assumindo boa-fé e pode estar falando de falta de competência, não de boa-fé. Ambas são requeridas para se editar de forma produtiva.

A próxima vez que alguém disser "O editor disruptivo Exemplo está pedindo pra ser desbloqueado", novamente pense duas vezes antes de dizer "Vamos assumir boa-fé — vamos desbloqueá-lo". Se um editor já demonstrou incompetência a ponto de provocar disrupção ou confusão, não há boa-fé que resolva o problema.

Alguns tipos de incompetência que encontramos por aqui[editar | editar código-fonte]

Incompetência factual.
Incompetência factual
a melhor das boas-vontades é inútil se falta uma compreensão mínima dos fatos ou da interpretação mais aceita no meio acadêmico, ou do contexto cultural.
Incompetência social
algumas pessoas simplesmente não conseguem se adaptar a um ambiente colaborativo. Não podemos mudar a Wikipédia para que se lhes adapte. Assim, se eles não conseguem mudar a si próprios, a saída é o caminho que lhes devemos indicar.
Incompetência por viés
algumas opiniões pessoais são tão fortemente enraizadas que elas acabam transbordando na forma de editar, ainda que se acredite ser neutra ou colaborativa. Se isto continuar a ser disruptivo, geralmente banir o editor de editar o assunto em questão é eficaz. Tente esta abordagem antes de bani-lo da Wikipédia, pois há muitos editores capazes de contribuir produtivamente em assuntos que não os seus assuntos "preferidos".
Dificuldade de língua
se alguém não consegue se utilizar do português eficazmente e não consegue discutir bem com os outros editores, considere tentar convencê-lo a editar na Wiki de sua própria língua. Todas precisam de ajuda.
Imaturidade
certamente há pessoas que simplesmente não conseguem agir como adultas.
Falta de inteligência
algumas pessoas não são capazes de entender as sutilezas de como a Wikipédia funciona. Elas ainda assim podem realizar as tarefas mais simples, mas provavelmente encontrarão problemas se tentarem morder mais do que conseguem engolir.
Falta de conhecimento técnico
em geral, não é um problema, desde que estes editores não tentem se aproximar de áreas que o requerem. Não se requer de todo mundo o mesmo conjunto de habilidades técnicas e, desde que cada um opere onde é capaz, isto não costuma ser um problema.
Rancores
algumas pessoas ficam tão chateadas com disputas passadas que passam a enxergar tudo como "Fulano é um mau editor e está me perseguindo". Levado ao extremo, este comportamento é disruptivo. Uma "licença condicional" de "não interaja com este outro editor" pode ser um caminho a seguir nestes casos.
Incompetência de novato
todos éramos bem incompetentes quando começamos. Algo a se lembrar sempre nesta situação é que tudo pode ser facilmente consertado. Ajude os novatos a entenderem o nosso propósito aqui e logo eles se tornarão editores produtivos.

O que "Competência é requerida" não significa[editar | editar código-fonte]

  • Não significa "seja duro com alguém assim que ele cometa um erro". A Wikipédia certamente tem uma curva de aprendizado. Devemos dar alguma folga aos editores (particularmente os novatos), ajudando-os a entender como editar de forma competente. Erros inevitavelmente fazem parte do processo wiki.
  • Não significa que se requer a perfeição. Os artigos podem ser melhorados em pequenos passos ao invés de nascerem perfeitos de uma tacada. Pequenas melhorias são o nosso ganha-pão.
  • Não significa que não devemos tentar ajudar aos outros em seu processo de desenvolvimento.
  • Não é também uma licença para que se exija de alguém suas credenciais somente para chamá-las de incompetentes.
  • Finalmente, não significa que devemos dar a qualquer editor um número infinito de oportunidades para que se tornem úteis. Se, após uma quantidade adequada de tempo e suporte, alguém que ainda não se tornou competente, não tente atitudes heroicas para defendê-los. Deixe-os ir e direcione seus esforços para candidatos melhores.

O resultado final[editar | editar código-fonte]

No final das contas, não importa muito se a disrupção provocada por alguém foi provocada intencionalmente ou por incompetência. Não perca tempo tentando descobrir, pois muitos dos nossos trolls realizam suas trollagens justamente ao fingir incompetência. Não há por que se tentar descobrir se a incompetência é real ou fingida – disrupção é disrupção e deve ser combatida. Dê aos editores algumas poucas chances e bons conselhos. Porém, se isso não levar a um nível razoável de competência ao editar num prazo decente, é melhor lavar as mãos. Não é todo mundo que pertence à Wikipédia, pois há muitos que não são suficientemente competentes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Efeito Dunning-Kruger, a tendência que pessoas incompetentes têm de não perceberem sua própria incompetência - e de pessoas altamente competentes acreditarem que todos são capazes de fazer o que fazem.