Aaron Carter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aaron Carter
Aaron Carter se apresentando no Gramercy Theatre em 2014.
Nome completo Aaron Charles Carter
Nascimento 7 de dezembro de 1987 (32 anos)
Tampa, Flórida, Estados Unidos
Ocupação
Período de atividade 1995 – presente
Carreira musical
Gênero(s)
Instrumento(s)
Gravadora(s)
Afiliações
Página oficial
aaroncarter.com

Aaron Charles Carter (nascido em 7 de dezembro de 1987)[1] é um cantor, rapper, compositor, ator, dançarino e produtor musical estadunidense. Ele conquistou fama como cantor pop e de hip hop no fim dos anos 90, se estabelecendo como uma estrela entre o público adolescente, através do lançamento de seus primeiros álbuns de estúdio. Nascido em Tampa, Flórida, Carter começou a se apresentar aos sete anos de idade e lançou seu álbum de estréia, em 1997, aos 9 anos, vendendo um milhão de cópias mundialmente. Seu segundo álbum, Aaron’s Party (Come Get It) (2000), vendeu três milhões de cópias nos Estados Unidos, e Carter começou a fazer aparições na emissora Nickelodeon e em turnê com o grupo Backstreet Boys, logo após o lançamento do material. O próximo álbum de Carter, Oh Aaron, também ganhou disco de platina, e em 2002, ele lançou o que seria seu último álbum de estúdio por dezesseis anos, Another Earthquake!, seguido por sua coletânea Most Requested Hits de 2003.

Desde então, Carter apareceu no programa Dancing with the Stars, nos musicais Seussical e The Fantasticks, além de realizar diversas apresentações pontuais. Em 2014, ele anunciou que lançaria novas músicas e um single contendo a participação do rapper Pat SoLo, tornou-se disponível para download gratuito. Em 1 de abril de 2016, Carter lançou o single "Fool's Gold", seguido de um extended play (EP) intitulado Love em fevereiro de 2017. Seu quinto álbum de estúdio de mesmo nome foi lançado em 16 de fevereiro de 2018.

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

1987–1996: Primeiros anos e infância[editar | editar código-fonte]

Aaron Charles Carter nasceu em 7 de dezembro de 1987, no Hospital Geral de Tampa, na cidade de Tampa, Flórida, onde seus pais, Jane Elizabeth Carter (nascida Spaulding) e Robert Gene Carter,[2] administravam a Casa de Repouso Garden Villa. A família era originária da cidade de Nova York, onde nasceu seu irmão mais velho, Nick, integrante do grupo masculino Backstreet Boys. Além de seu irmão Nick, ele também possui uma irmã gêmea de nome Angel e duas irmãs mais velhas Bobbie Jean e Leslie. Carter recebeu o nome de seu avô paterno, Aaron Charles Carter, e de seu avô materno, Douglas "Charles" Spaulding. Mais tarde, ele frequentou a Frank D. Miles Elementary School e a Ruskin School na Flórida.[3]

1997–1999: Início na música e álbum de estreia auto-intitulado[editar | editar código-fonte]

Carter começou sua carreira artística aos sete anos de idade, como vocalista do Dead End, uma banda local formada após seus integrantes se conhecerem em uma escola de rock que frequentavam em Tampa.[4] Após dois anos, ele deixou a banda, porque seus integrantes estavam interessados em rock alternativo, enquanto Carter estava interessado em pop.[4]

Em março de 1997, ele realizou sua primeira apresentação solo, cantando uma versão cover de "Crush on You" da banda The Jets, quando abriu os concertos do Backstreet Boys na Alemanha.[5] Esta apresentação foi seguida por um contrato pela Edel Records e, no outono de 1997, ele lançou seu primeiro single, "Crush on You". Em dezembro do mesmo ano, Carter lançou seu primeiro álbum de estúdio auto-intitulado, que recebeu certificação ouro na Noruega, Espanha, Dinamarca, Canadá e Alemanha. O álbum foi lançado nos Estados Unidos em 16 de junho de 1998.

2000–2002: Aaron's Party (Come Get It), início na atuação e Oh Aaron[editar | editar código-fonte]

O segundo álbum de estúdio de Carter, Aaron’s Party (Come Get It), foi lançado nos Estados Unidos em 26 de setembro de 2000, através da gravadora Jive. O álbum vendeu mais de três milhões de cópias no país e foi certificado com platina tripla pela Recording Industry Association of America (RIAA).[6][7] Seus singles "I Want Candy", "Aaron's Party (Come Get It)", "That's How I Beat Shaq" e "Bounce", foram executadas nas emissoras Disney e Nickelodeon. Ele também realizou diversas participações especiais na Nickelodeon e atuou como ato de abertura em vários concertos da cantora Britney Spears e dos Backstreet Boys. Em dezembro daquele ano, o álbum ganhou a certificação platina.

Em janeiro de 2001, Carter realizou uma curta apresentação durante o festival de música brasileiro Rock in Rio 3, realizado no Rio de Janeiro.[8] Em março do mesmo ano, ele fez sua estreia como ator, participando de um episódio do programa Lizzie McGuire da Disney Channel. No mesmo mês, Carter e a cantora Samantha Mumba fizeram uma apresentação nos estúdios da MGM ao vivo pela Disney Channel, intitulado Aaron Carter and Samantha Mumba in Concert. A parte da apresentação de Aaron foi lançada em DVD sob o título de Aaron's Party: Live in Concert. Em abril de 2001, ele estreou na Broadway, interpretando JoJo no musical Seussical, de Lynn Ahrens e Stephen Flaherty.

Aos 13 anos, Carter gravou seu terceiro álbum de estúdio Oh Aaron, lançado em 7 de agosto de 2001, que apresentou sua primeira gravação em dueto com seu irmão Nick, além de conter a participação de um novo grupo feminino da época, No Secrets. A empresa de brinquedos Play Along Toys, também criou uma figura de ação de Carter em conjunto com o lançamento do álbum.[9] Oh Aaron foi certificado com platina naquele mesmo ano e um concerto ao vivo na cidade de Baton Rouge, Louisiana, foi lançado em DVD sob o título de Oh Aaron: Live In Concert. Mais tarde, ele apareceu na trilha sonora do filme Jimmy Neutron: Boy Genius da Paramount e Nickelodeon, com três canções: "Leave It Up to Me", "A.C.'s Alien Nation" e "Go Jimmy Jimmy".[10]

2003–2008: Another Earthquake!, "Saturday Night" e House of Carters[editar | editar código-fonte]

Carter se apresentando no Alabama em 2005.

O quarto álbum de estúdio de Carter, Another Earthquake!, foi lançado em 3 de setembro de 2002, durante a Rock, Rap, and Retro Tour. O álbum contou com o tema patriótico "America A.O." e a balada "Do You Remember". Ele também atuou em três episódios do programa All That da Nickelodeon e cantou a canção tema da série de televisão animada Liberty's Kids.

Durante este mesmo ano de 2002, os pais de Carter entraram com uma ação contra seu ex-empresário, Lou Pearlman, alegando o não pagamento de milhares de dólares em royalties pelo álbum de Carter, lançado em 1998 pela gravadora e produtora de Pearlman, a Trans Continental. Em 13 de março de 2003, Pearlman foi declarado desobediente pelo tribunal por ignorar uma ordem judicial para produzir documentos relacionados ao pagamentos de royalties.[11] Em 3 de novembro do mesmo ano, Carter lançou uma coletânea que incluiu faixas de seus últimos três álbuns, bem como um novo single, "One Better".

Em 22 de março de 2005, foi lançada a canção "Saturday Night", promovida por Carter durante o verão de 2005 através da Remix Tour. O single foi lançado pela gravadora Trans Continental, com Lou Pearlman como produtor executivo e tornou-se destaque na trilha sonora do filme Popstar, o qual Carter estrelou. O filme lançado em DVD, foi fortemente baseado em sua própria vida como artista. No mesmo ano, ele interpretou um piloto de motocross no filme Supercross. Em 21 de março de 2006, a Trans Continental entrou com uma ação judicial contra Carter na Corte Superior de Los Angeles, alegando que ele teria renegado um contrato de gravação. Carter assinou o contrato em 7 de dezembro de 2004, quando tinha dezessete anos e era menor de idade. Seu advogado, afirmou que ele tinha o direito de "cancelar ou anular diversos acordos" assinados na ocasião em que era menor de idade.[12]

Ainda durante o ano de 2006, Carter e seus irmãos estrelaram um reality show intitulado House of Carters, que foi exibido de outubro a novembro pela emissora por assinatura E!. A produção apresentou todos os cinco irmãos Carter se reunindo na mesma casa e contou com oito episódios.[13]

2008–2013: Dancing with the Stars e retorno a turnês[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Carter se juntou à nona temporada do programa de dança Dancing with the Stars.[14][15] Em 10 de novembro, ele foi eliminado junto com sua parceira Karina Smirnoff, encerrando sua participação em quinto lugar. Durante esse tempo, ele também lançou algumas canções online, incluindo o single "Dance with Me", com Flo Rida. Em 22 de agosto de 2010, Carter se apresentou em Lake Ronkonkoma, Nova York, em um concerto beneficente para uma criança com câncer neuroblastoma de estágio quatro.[16]

Em 7 de novembro de 2011, Carter começou a estrelar o musical The Fantasticks, no Snapple Theatre Center, em Nova York. Ele foi escalado para o papel de Matt, o personagem central da produção.[17] Em janeiro de 2012, tornou-se uma das oito celebridades participantes do reality show Rachael vs. Guy: Celebrity Cook-Off da Food Network[18] e foi eliminado no primeiro episódio.

Ao longo do ano de 2012, Carter fez várias apresentações pontuais. Em 12 de janeiro, realizou um concerto no Showcase Live em Foxborough, Massachusetts,[19] e em 19 de janeiro no Gramercy Theatre, em Nova York.[20] Em 11 de maio, ele realizou um concerto acústico no cassino Mohegan Sun em Uncasville, Connecticut.[21] Carter apresentou um Ryan Cabrera show em 30 de maio, em Flemington, Nova Jersey, e por fim se apresentou no Mixtape Festival em 17 de agosto.[22] Em 2013, Carter iniciou sua primeira turnê em oito anos, sob o título de After Party Tour.[23] A turnê foi realizada de fevereiro a dezembro de 2013 e incluiu mais de 150 concertos nos Estados Unidos e Canadá.

2014–presente: The Music Never Stopped e projetos Love[editar | editar código-fonte]

Carter cantando "Ooh Wee" com o rapper Pat SoLo no Gramercy Theatre em 2014.

Em junho de 2014, Carter fez uma turnê canadense por onze cidades durante a qual ele tocou novas canções de seu próximo álbum. Ele também anunciou que iria embarcar em uma turnê mundial intitulada Wonderful World Tour, nomeada através de uma canção de mesmo nome de seu próximo álbum.[24] A turnê incluiu cinquenta datas e decorreu de setembro de 2014 a janeiro de 2015.[25] Em julho de 2014, Carter apareceu no programa Good Day LA, onde tocou "Ooh Wee",[26] um single com Pat SoLo. Em fevereiro de 2015, ele lançou um EP pelo SoundCloud, intitulado The Music Never Stopped.[27]

Em 31 de janeiro de 2016, Carter lançou seu video musical para "Curious" sob o nome Kid Carter, co-dirigido por Michael D. Monroe da MDM Media, Ben Epstein e pelo próprio. Em abril do mesmo ano, Carter lançou o single "Fool's Gold".[28] Em janeiro de 2017, ele lançou "Sooner or Later". Ambas as canções integraram o EP Love, lançado em fevereiro de 2017, produzido e lançado independentemente por Carter em seu novo negócio, a Rakkaus Records.[29] Um álbum de mesmo nome do EP, lançado como seu quinto álbum de estúdio em 16 de fevereiro de 2018.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Relacionamentos e sexualidade[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2000, aos treze anos, Carter iniciou um relacionamento com a atriz e cantora Hilary Duff. Um ano e meio depois, ele iniciou um relacionamento com a também atriz e cantora Lindsay Lohan, levando a um triângulo amoroso entre os três. Carter terminou seu relacionamento com Lohan em abril de 2003 e retomou seu namoro com Duff. Mais tarde, após dois anos de relacionamento, ele e Duff encerraram sua relação.[30]

Em 18 de setembro de 2006, foi noticiado que Carter estava noivo da ex-rainha da beleza e modelo da Playboy Kari Ann Peniche.[31][32] Mais tarde, a revista US Weekly informou que Carter havia terminado seu noivado com Peniche, dizendo que ele havia sido impulsivo ao propor o noivado a ela.[33]

Em 5 de agosto de 2017, Carter se afirmou bissexual através de sua conta no Twitter.[34] Em 18 de dezembro do mesmo ano, ele apareceu como convidado do podcast LGBTQ&A para discutir sua bissexualidade, retorno à música e outros assuntos.[35][36] No entanto, em 2018, ele retirou sua declaração de bissexualidade, chamando-a de "mal interpretada" e declarou: "Eu me vejo estando com uma mulher e tendo filhos. Quero ter uma família".[37]

Em agosto de 2019, Carter reiterou sua bissexualidade em seu twitter, dizendo que, embora só tivesse relacionamentos com mulheres, ele também sentia atração por homens.[38]

Prisões por drogas e processo de reabilitação[editar | editar código-fonte]

Em 21 de fevereiro de 2008, Carter foi preso no condado de Kimble, no Texas, quando foi parado por excesso de velocidade, e as autoridades encontraram também gramagem de maconha em seu carro.[39]

Em 23 de janeiro de 2011, o gerente de Carter, Johnny Wright, anunciou que ele havia entrado em uma unidade de tratamento "para curar alguns problemas emocionais e espirituais com os quais estava lidando".[40] Em 10 de fevereiro, foi anunciado que ele havia concluído com êxito um mês de reabilitação no Betty Ford Center no Rancho Mirage, Califórnia.[41] Em 22 de novembro de 2013, Carter apresentou uma petição de falência devido a mais de US$ 3,5 milhões em dívidas,[42] referindo-se principalmente a impostos devidos do dinheiro ganho no auge de sua popularidade.[43] O jornalista Carter Honig disse à CNN que o fato "não é algo negativo", pois "(...) ele está fazendo o que precisa ser feito para avançar".[43] A petição afirmou que o maior credor de Carter era o governo dos Estados Unidos, com um valor de impostos atrasados equivalente a US$ 1,3 milhão de sua renda em 2003, quando ele tinha apenas dezesseis anos.[43] Em 2014, Carter liquidou todas as suas dívidas fiscais.[44]

Em 15 de julho de 2017, Carter foi preso na Geórgia por suspeita de dirigir sob influência de maconha, de acordo com as autoridades policiais.[45]

Em setembro de 2017, Carter apareceu no The Doctors, um programa de entrevistas com foco em saúde, para discutir a atenção do público gerada por sua aparência magra e pelas prisões relacionadas a drogas.[46] Uma série completa de testes e exames revelaram que ele tinha uma infecção por candida, um sinal potencialmente relacionado a um sistema imunológico enfraquecido. Carter obteve resultado negativo para drogas ilegais, mas positivo para uma mistura de medicamentos prescritos "benzodiazepínicos com opiáceos", que Carter utilizava para ansiedade e sono. Ele foi aconselhado a entrar em um programa de reabilitação de drogas e permanecer sob cuidados médicos.

Carter posteriormente se internou no Alo House, um centro de tratamento em Malibu, Califórnia. Em fevereiro de 2018, relatou melhora de sua condição, incluindo terapia para lidar com a morte de seu pai ocorrido em maio de 2017 e um rompimento amoroso de longa data.[47] Em 2019, ele e sua mãe, Jane, apareceram no reality show Marriage Bootcamp: Family Edition da WEtv. O programa se concentra na tentativa de reparar relacionamentos conturbados por meio de terapia não convencional.

Em fevereiro de 2019, foi noticiado que Aaron havia comprado uma casa em Lancaster, Califórnia.[48]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Aaron Carter

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Turnês[editar | editar código-fonte]

Como artista principal

  • 2000–2001: Party Tour[49]
  • 2002: Aaron's Winter Party[50]
  • 2002: Rock Rap N' Retro Tour[51]
  • 2003–2004: Jukebox Tour[52]
  • 2005: Remix Tour[53]
  • 2013: After Party Tour[54]
  • 2014: Aaron Carter's Wonderful World Tour[55][56]

Como artista convidado

  • 1998: Kids Go Music Festival[57]
  • 1998: Kids Go Christmas Festival
  • 1999: All That! Music and More Festival[58]
  • 2001: Radio Disney Live! 2001 World Tour[59]

Ato de abertura

Promocionais

  • 1998: Eurasian Tour
  • 2000: Australian Tour[61]
  • 2000: Wal-Mart Promo Tour[61]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1998 Figure It Out Ele mesmo 1 episódio
2001 Lizzie McGuire Ele mesmo 1 episódio
2001 Sabrina, the Teenage Witch Ele mesmo 1 episódio
2002 48 Hours Mystery Ele mesmo 1 episódio
2002 Liberty's Kids Joseph Plumb Martin Voz
2003 Family Affair Liam Curtis 1 episódio
2004 7th Heaven Harry 2 episódios
2005 Penn & Teller: Off the Deep End Ele mesmo
2006 House of Carters Ele mesmo 8 episódios
2007 Grand Stand Mitch episódio piloto
2009 Dancing with the Stars Ele mesmo atingiu o quinto lugar
2014 I Heart Nick Carter Ele mesmo 1 episódio
2016 Life or Debt Ele mesmo 1 episódio
2017 The Doctors Ele mesmo 1 episódio

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2004 Fat Albert Darren/Criança
2004 Ella Enchanted servindo os vocais masculinos em "Somebody to Love"
2005 Popstar JD McQueen lançamento em DVD
2005 Supercross Owen Cole
2006 I Want Someone to Eat Cheese With Marty filme independente
2014 College Fright Night Brian

Referências

  1. Abbey, Cherie D., ed. (setembro de 2002). «Aaron Carter 1987-». Biography Today Vol. 11 No. 3. [S.l.]: Omnigraphics, Inc. p. 15. ISBN 0780804996 
  2. Rubin, Rebecca (17 de maio de 2017). «Bob Carter, Father of Aaron and Nick Carter, Dies at 65». Variety 
  3. Barnes, Corey (janeiro de 1999). Backstreet Brother: Aaron Carter. New York: Random House. p. 4. ISBN 0-375-80193-6 
  4. a b Abbey, Cherie D., ed. (setembro de 2002). «Aaron Carter 1987-». Biography Today Vol. 11 No. 3. [S.l.]: Omnigraphics, Inc. p. 16. ISBN 0780804996 
  5. Abbey, Cherie D., ed. (setembro de 2002). «Aaron Carter 1987-». Biography Today Vol. 11 No. 3. [S.l.]: Omnigraphics, Inc. pp. 19–20. ISBN 0780804996 
  6. Crowcroft, Carolyn (10/03/13) Aaron Carter to perform at the Buskirk-Chumley Ron Johnson. Indiana Daily Student Consultado em 8 de janeiro de 2016
  7. Aaron's Party (Come Get It) Gold & Platinum - RIAA. Consultado em 8 de janeiro de 2016
  8. «Aaron Carter faz show curto, mas leva garotas ao delírio». Folha de S.Paulo. Folha Online. 18 de janeiro de 2001. Consultado em 17 de maio de 2017 
  9. «About.com». Aaron Carter from Play Along Backstreet Boy's Brother to Be a Figure. Consultado em 25 de junho de 2006. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2006  |archive-url= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  10. «Various - Music From The Motion Picture 'Jimmy Neutron Boy Genius'». Discogs. Consultado em 29 de setembro de 2019 
  11. Hiatt, Brian (26 de junho de 2002). «'Pearl' Jam | Music». EW.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  12. «Aaron Carter Coming of Age in Court». Yahoo!. Consultado em 25 de junho de 2006 
  13. «Nick And Aaron Carter Get Real». CBS. ShowBuzz. 12 de julho de 2006. Consultado em 13 de julho de 2006. Arquivado do original em 15 de julho de 2006  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  14. «Dancing with the Stars Season 25 Cast Revealed for Fall 2017! - Dancing with the Stars». ABC. Consultado em 9 de outubro de 2009 
  15. Joyce Eng (17 de agosto de 2009). «Dancing with the Stars 2009 Season 9 Cast Revealed!». TVGuide.com. Consultado em 17 de agosto de 2009. Arquivado do original em 18 de agosto de 2009  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  16. AudriannaBartol. «Angela Bartol (AudriannaBartol) on Twitter». Twitter.com. Consultado em 11 de abril de 2011 
  17. «The Fantasticks Welcomes Aaron Carter Nov. 7 Off-Broadway». Playbill.com. Consultado em 27 de novembro de 2011. Arquivado do original em 12 de novembro de 2011  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  18. «Rachael vs. Guy Celebrity Cook-Off on Food Network - FN Dish – Food Network Blog». 29 de julho de 2011 
  19. «Aaron Carter | Foxborough Art & Entertainment, Food & Drink, and Music Events on Patch – Foxborough, MA Patch». Foxborough.patch.com. 12 de janeiro de 2012. Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  20. «The Fantasticks' Aaron Carter to Go It Solo at Gramercy Theatre in January». Playbill.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 13 de novembro de 2013  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  21. «Aaron Carter - archived copy». Consultado em 13 de novembro de 2013. Arquivado do original em 4 de junho de 2012  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  22. «Brown Paper Tickets». M.bpt.me. 30 de maio de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2013 
  23. Salazar, Andrea (14 de janeiro de 2013). «Aaron Carter announces After Party Tour». Hypable. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 31 de março de 2013  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  24. Malach, Maggie. «AARON CARTER INTERVIEW: SINGER TALKS 'OOH WEE,' TOUR + RITA ORA [EXCLUSIVE]». PopCrush.com. Pop Crush. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
  25. «Aaron Carter's Going On A World Tour! Time To Party 90's Style!». PerezHilton.com. 6 de abril de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2014 
  26. Patrick OBrien (8 de agosto de 2014). «Aaron Carter Performs New Single: Ooh Wee – Los Angeles News | FOX 11 LA KTTV». Myfoxla.com. Consultado em 14 de agosto de 2014. Arquivado do original em 18 de novembro de 2014  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  27. Meadow, Matthew (23 de janeiro de 2017). «Your EDM Interview With Aaron Carter, On His New EP, "LØVË" | Your EDM». Your EDM. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  28. Polanco, Luis. «Aaron Carter Premieres 'Fool's Gold' Music Video: Exclusive». Consultado em 1 de julho de 2016 
  29. Carter, Aaron. «Aaron Carter - About». AaronCarter.com. Aaron Carter. Consultado em 28 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 28 de fevereiro de 2016  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  30. «Carter Reveals All About Hilary And Lindsay Love Triangle». ContactMusic.com. 18 de fevereiro de 2005. Consultado em 15 de junho de 2012 
  31. «Breaking: Aaron Carter Engaged». US Magazine. Consultado em 18 de setembro de 2006. Arquivado do original em 20 de novembro de 2016  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  32. «Aaron Carter Pops the Question». Dose.ca. 19 de setembro de 2006. Consultado em 11 de abril de 2011. Arquivado do original em 20 de novembro de 2016  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  33. «Aaron Carter Finds Love with Singer Kaci Brown». People Magazine. Consultado em 25 de dezembro de 2006. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2006 
  34. «Aaron Carter comes out as bisexual, says he finds 'boys and girls attractive'». USA TODAY (em inglês). Consultado em 11 de outubro de 2017 
  35. https://podcasts.apple.com/us/podcast/aaron-carter-embracing-my-bisexuality/id1151561226?i=1000397716855
  36. https://www.losangelesblade.com/2017/12/21/aaron-carter-ready-embrace-bisexuality/
  37. Desantis, Rachel (27 de março de 2018). «Aaron Carter clarifies bisexuality comments: 'I see myself being with a woman'». New York Daily News 
  38. Carter, Aaron (8 de agosto de 2019). «I want to make something else clear I know there's been a lot of questions about my sexuality and yes I am a bisexual men I date women but I am also attracted to men so please respect that too thank you». Twitter 
  39. «Report: Aaron Carter Arrested for Investigation of Marijuana Possession». FOX News. 22 de fevereiro de 2008. Consultado em 28 de fevereiro de 2008. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2008 
  40. Fleeman, Mike (23 de janeiro de 2011). «Aaron Carter Enters Treatment Facility». People.com. Consultado em 11 de abril de 2011. Cópia arquivada em 28 de março de 2011 
  41. Aaron Carter (10 de fevereiro de 2011). «Aaron Carter Out of Rehab, Back on Music Journey». E! Online. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  42. «Aaron Carter files for bankruptcy with more than $3.5-million in debt – including a $30K credit card bill». National Post. 22 de novembro de 2013. Consultado em 11 de novembro de 2019. Arquivado do original em 23 de novembro de 2013  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  43. a b c «Bankruptcy filing 'very positive' for Aaron Carter, publicist says». CNN. 21 de novembro de 2013 
  44. «Aaron Carter – Off The Hook For $1M Tax Debt – Other Celeb Scofflaws Get Nailed». TMZ.com. 30 de junho de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2014 
  45. CNN, Joe Sutton. «Singer Aaron Carter arrested for DUI, marijuana charges». CNN. Consultado em 16 de julho de 2017 
  46. The Doctors Staff (14 September 2017). Exclusive: Aaron Carter's HIV and Medical Test Results Revealed, TheDoctorsTV.com, Consultado em 6 de abril de 2018
  47. «Aaron Carter Reveals How He Overcame His Demons in Treatment: 'I Definitely Hit a Rock Bottom'». People 
  48. «Aaron Carter's First Home is All a Single Guy With a Dog Could Ask For». TMZ (em inglês). Consultado em 5 de março de 2019 
  49. Fuoco, Christina (19 de abril de 2001). «Aaron Carter to tour with A*Teens this summer». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2005  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  50. Zahlaway, Jon (23 de janeiro de 2002). «Aaron Carter adds new shows as tour approaches». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 6 de abril de 2005  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  51. Siegler, Dylan (30 de maio de 2002). «Pop Singer Aaron Carter Announces North American Summer Dates». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 6 de abril de 2005  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  52. Fuoco, Christina (12 de junho de 2003). «Aaron Carter covers his favorites on 'Jukebox' tour». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2004  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  53. Zahlaway, Jon (10 de janeiro de 2005). «Aaron Carter returns with new album and tour». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 23 de janeiro de 2005  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  54. Lipshutz, Jason (31 de janeiro de 2013). «Remember The Time: Aaron Carter Breaks Down the 'Aaron's Party' Music Video». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 31 de março de 2013. Cópia arquivada em 31 de março de 2013 
  55. «"Aaron Carter's Wonderful World Tour" Kicks-Off Sept. 18; Tour To Stop In More Than 80 Cities Worldwide"». PRNewswire.com. PR Newsire. Consultado em 23 de dezembro de 2014 
  56. Carter, Aaron. «Aaron Carter on Twitter - "Aaron Carter's wonderful world tour ..that's me !! (: #concerts #newmusic #throwbacks #vips #classic"». twitter.com/AaronCarter. Consultado em 23 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 4 de setembro de 2015  |archive-url= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  57. Wahl, Torsten. «Pop aus 1,20 Meter Augenhöhe» [Pop equals 1.20 meters]. Berliner Zeitung (em German). Berliner Verlag. Consultado em 31 de março de 2013. Cópia arquivada em 1 de abril de 2013 
  58. Graff, Gary (4 de abril de 1999). «Aaron Carter: Life of a 13-Year-Old Pop Star». ABC News. American Broadcasting Company. Consultado em 31 de março de 2013. Cópia arquivada em 1 de abril de 2013 
  59. Fuoco, Christina (9 de agosto de 2001). «Radio Disney tour to feature Hoku, the Baha Men, others». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2005  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  60. Ghorbani, Nina (9 de setembro de 1998). «Live Report: Backstreet Boys». Rolling Stone. Wenner Media LLC. Consultado em 31 de março de 2013. Cópia arquivada em 1 de abril de 2013 
  61. a b c Evans, Rob (3 de novembro de 2000). «Aaron Carter sets a dozen tour dates». LiveDaily. Ticketmaster Entertainment, Inc. Consultado em 31 de março de 2013. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2005  |archiveurl= e |arquivourl= redundantes (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aaron Carter