Atonement

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Atonement (filme))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme com Keira Knightley e James McAvoy. Para o romance que lhe deu origem, veja Atonement (livro).
Atonement
"A verdade só pode ser imaginada", avisa o cartaz do filme
No Brasil Desejo e Reparação
Em Portugal Expiação

2007 •  cor •  130 min 
Direção Joe Wright
Roteiro Christopher Hampton
Baseado em Atonement,
de Ian McEwan
Elenco
Género
Música Dario Marianelli
Cinematografia Seamus McGarvey
Direção de arte
  • Sarah Greenwood
  • Katie Spence
Figurino Jacqueline Durran
Lançamento
  • Reino Unido 7 de setembro de 2007
  • Brasil 11 de janeiro de 2008
  • Portugal 17 de janeiro de 2008
Idioma língua inglesa
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Atonement (bra: Desejo e Reparação[1]; prt: Expiação[2]) é um filme franco-britânico de 2007, dos gêneros drama, romance e guerra, dirigido por Joe Wright, com roteiro de Christopher Hampton baseado no romance Atonement, de Ian McEwan.[3]

Atonement estreou no 64º Festival de Veneza. Como o diretor do filme tinha apenas 35 anos, tornou-se o filme de diretor mais novo a se apresentar no evento.[carece de fontes?]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Briony Tallis é uma menina de 10/11 anos na Inglaterra de 1935. Vive confortavelmente numa casa gigantesca e prepara uma peça de teatro para ser apresentada em homenagem a chegada do irmão, Leon Tallis. Enquanto se esforça para terminar a peça e conseguir a atenção dos convidados da família os gêmeos Pierrot e Jackson, mais a irmã deles, Lola Quincey para ensaiá-la, Briony descobre um possível jogo de atração entre a sua irmã Cecilia e o filho do antigo empregado da família, Robbie Turner. Apaixonada por Robbie, Briony acusa-o injustamente de abusar sexualmente de Lola, levando-o a prisão e mais tarde a alistar-se no exército britânico para lutar na 2ª Guerra Mundial como alternativa ao cárcere. Já em plena guerra, Robbie reencontra Cecilia, que agora é enfermeira, e os dois trocam promessas de amor eterno. As constantes permutas temporais, uma grande trilha sonora aliada ao grande roteiro e o fim inesperado fizeram deste filme o vencedor do globo de ouro para melhor filme dramático 2008.[carece de fontes?]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prémios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Oscar 2008 Melhor filme Indicado[4]
Melhor atriz coadjuvante Saoirse Ronan Indicado[4]
Melhor roteiro adaptado Christopher Hampton Indicado[4]
Melhor fotografia Seamus McGarvey Indicado[4]
Melhor direção de arte Sarah Greenwood e Katie Spence Indicado[4]
Melhor figurino Jacqueline Durran Indicado[4]
Melhor trilha sonora Dario Marianelli Venceu[4]
Globo de Ouro 2008 Melhor filme - drama Venceu[5]
Melhor direção Joe Wright Indicado[5]
Melhor trilha sonora Dario Marianelli Venceu[5]
Melhor atriz - drama Keira Knightley Indicada[5]
Melhor ator - drama James McAvoy Indicado[5]
Melhor atriz coadjuvante Saoirse Ronan Indicada[5]
Melhor roteiro Christopher Hampton Indicado[5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

No site Rotten Tomatoes, o público deu 80% de aprovação.[6]

Referências

  1. Desejo e Reparação (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  2. Expiação (em português) no CineCartaz (Portugal)
  3. «Atonement (2007)». American Film Institute. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  4. a b c d e f g «80.º Oscar - 2007». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  5. a b c d e f g «65.º Globo de Ouro - 2008». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  6. «Atonement (2007)» (em inglês). RottenTomatoes. Consultado em 22 de agosto de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme britânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.