Florbela Queiroz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Florbela Queiroz
Nome completo Florbela de Carvalho Azevedo Queiroz
Outros nomes Florbela Queiroz
Nascimento 10 de fevereiro de 1943 (76 anos)
Lisboa
Nacionalidade portuguesa
Ocupação Atriz
Atividade 1957 - atualidade
Outros prêmios
Prémio da Imprensa (1964) - Teatro de Revista
Prémio da Imprensa (1968) - Teatro de Revista[1]

Florbela de Carvalho Azevedo Queiroz ComM (Lisboa, 10 de fevereiro de 1943) é uma atriz portuguesa.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Aos 13 anos frequentou o curso de dança clássica e teatro no Conservatório Nacional, ao lado de nomes como Nicolau Breyner, Octávio Matos, Irene Cruz e João Lourenço.

Estreia-se no teatro, em 1957, na peça “As Bruxas de Salém”, no Teatro Nacional depois de convite de Amélia Rey Colaço. Passa depois para o Avenida e Teatro Maria Vitória. Faz parte da Companhia do Teatro da Trindade, dirigida por Ribeirinho, e da Companhia do Teatro Alegre dirigida por Henrique Santana. Tornou-se conhecida com a peça “O Pecado Mora ao Lado”.[3].

Nos anos 1950, estreia-se no cinema, destacando-se nos filmes O Noivo das Caldas (1956), Let's Discover Portugal (1959), Pão, Amor e Totobola (1964), A Canção da Saudade (1964), com Américo Coimbra e Vitor Gomes dos Gatos Negros e Fado Corrido (1964). No teatro participa em “Bate o Pé”, “Sol e Dó” (1962) e “Vamos Contar Mentiras” (1963).[3]

Participa em programas como "Riso e Ritmo" (1964) e "Minuto Zero" (1965). Em 3 de abril de 1965 recebe, em conjunto com Camilo de Oliveira, o Prémio Imprensa 1964 para os Melhores Atores de teatro de revista.[4] Entre 1966 e 1967 gravou os seus três primeiros discos para a editora Tecla.

Participa nos filmes Sete Balas Para Selma (1967) e Um Campista em Apuros (1967). Nos anos 1960, protagoniza a série de televisão "Terceiro Esquerdo", ao lado de Américo Coimbra e Simone Maria.

Participa em "O Fidalgo Aprendiz" (1970) e "Domingo à Noite" (1972). Entra nas revistas “Pr'a Frente Lisboa” (1972), "Até Parece Mentira" (1974) e "Em Águas de Bacalhau" (1977).

Em 1978 grava um single com os temas "Dai Li Dou (Aguenta Papagaio)" e "Anita Já É Bonita". Participa na revista "Reviravolta" (1980).

Em 1982 grava um single com dois temas de Carlos Paião: "A Corneta Do Tó" e "Vamos á Bola". Na televisão participa em Pedro e Paulina (1982) e nas telenovelas Origens (1983) e Passerelle (1988).

Faz parte do elenco da Comédia Musical "Sapateado" com Magda Cardoso, Manuela Carlos, Fernanda Oliveira, Rosa do Canto, Manuela Maria, Carmen Mendes (que viria a ser substituída por Maria Tavares), Octávio Matos, Luisa Barbosa e Mara Abrantes. Entra na série Pisca-Pisca (1989) da RTP.

Participa depois em Cos(z)ido à Portuguesa (1993), Desencontros (1994-1995), Na Paz dos Anjos (1994), A Mulher do Senhor Ministro (1995), Reformado e Mal Pago (1996-1997), Médico de Família (1997-1999), Uma Avó dos Diabos, Polícias (1996), Nós os Ricos (1998), Um Sarilho Chamado Marina (1999) e Todo o Tempo do Mundo (1999-2000). Entra em A Loja do Camilo (2000), Ganância (2001), Não Há Pai (2002) e Lusitana Paixão (2003).[3]

Após grande afastamento dos palcos, em 2010, regressa ao ativo, com a revista Vai de Em@il a Pior, escrita e dirigida por Francisco Nicholson.

Em 2011 recebe a medalha de Mérito Cultural Grau Ouro da Câmara Municipal de Lisboa. No mesmo ano participa na série de televisão Velhos Amigos.

Em 2016 regressa à televisão, participando na série Nelo & Idália, com Herman José e Maria Rueff, regressa também ao teatro com a revista Ol(h)á Florbela, que esteve em digressão pelo país.

Em 2017, integra a revista "Que Grande Caldeirada!", que tal como a antecessora, esteve mais de 1 ano em cena com grande sucesso.

A 29 de janeiro de 2019, foi agraciada com o grau de Comendadora da Ordem do Mérito.[5]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.
  • 1962 - O Elixir do Diabo (produção luso-americana)
  • 1964 - Pão, Amor e... Totobola
  • 1964 - A Canção da Saudade
  • 1964 - Fado Corrido
  • 1967 - Sete Balas para Selma
  • 1968 - Um Campista em Apuros
  •  ? - Let's Discover Portugal
  •  ? - Kanimambo

...

Teatro[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.
Ano Peça Teatro Notas
1957/1958 As Bruxas de Salém Teatro Nacional D. Maria II Estreou-se, a convite de Amélia Rey Colaço
1958 A Floresta Encantada com: Carmen Dolores...
1959 Eles, Elas e os Meninos Teatro Monumental Estreia da atriz no palco do Monumental
Lucy Crown Teatro da Trindade com: Carmen Dolores, Armando Cortez...[16]
Amor de Dom Perlimplim com Belisa em Seu Jardim com: Carmen Dolores, Francisco Ribeiro, Josefina Silva...
1960 O Amor, o Dinheiro e a Morte com: Francisco Ribeiro, Canto e Castro...[17]
Leonor Teles com: Francisco Ribeiro, Eunice Muñoz...[18]
1961 Campinos, Mulheres e Fado Teatro Capitólio com: Raul Solnado, Carlos Coelho, Alda Pinto...
Papá, Precisa-se Teatro Avenida Comédia
Com Jeito Vai... Virgínia Comédia[19]
1961/1962 Bate o Pé Teatro Maria Vitória Revista
1962 Sol e Dó Revista
1962/1963 Põe-te a Pau! Revista[20]
1963 Lisboa à Noite Digressão Integra o elenco depois desta ter estado em cena no Teatro Avenida. [21]
Vamos Contar Mentiras Teatro Monumental/Teatro Avenida Comédia (com: Raul Solnado, Armando Cortez...)
1964 O Pecado Mora ao Lado Teatro Avenida Comédia (com: José Viana, Santos Carvalho, Fernanda Borsatti...)
1964/1965 Na Brasa Teatro Capitólio Primeira Figura
1965 Sopa no Mel Teatro Maria Vitória Revista (com: Camilo de Oliveira, Mariema...)
1965/1966 Um Domingo em Nova Iorque Teatro Capitólio com: Henrique Santana, Nicolau Breyner...
1965/1966? Vedetas Show Digressão com: Carlos Coelho, Artur Semedo...
1966 Zero, Zero, Zé Teatro Variedades com: José Viana, Maria Dulce...
1966/1967 De Vento em Popa! Teatro Maria Vitória com: Humberto Madeira, Carlos Coelho, Natalina José...
1968 Agarra Que é Milionário Teatro Villaret com: Henrique Santana, Irene Isidro...[22]
Lisboa é Sempre Mulher Teatro Monumental com: Camilo de Oliveira...
1969 Quando Ela se Despiu com: Camilo de Oliveira, Linda Silva...
Ri-te, Ri-te com: Camilo de Oliveira, Octávio Matos...
1970 E o Zé Faz Tudo! Teatro Variedades Revista com: Eugénio Salvador, Mariema...[23]
1971 O Aniversário da Tartaruga Teatro Villaret com: Ruy de Carvalho
1972 Pr'á Frente Lisboa Teatro Monumental com: Raul Solnado, Irene Isidro, Linda Silva...
1973 Sexo Nunca, Somos Britânicos! Teatro Capitólio com: Octávio Matos, Vítor de Sousa...[24]
1974 Uma Rosa ao Pequeno Almoço Teatro Monumental Comédia (com: Ruy de Carvalho…)[25]
Até Parece Mentira Teatro Maria Vitória Teatro de Revista[26]
1975 Força, Força Camarada Zé! com: Eugénio Salvador, Henrique Santana...
1977/1978 Em Águas de Bacalhau Teatro ABC com: Nicolau Breyner, Octávio Matos, Isabel Mota...
1978 Direita Volver com: Octávio Matos, Vera Mónica, Anabela...[27]
1978/1980 Põe-te na Bicha com: Octávio Matos, Herman José, Vera Mónica...
1980 Reviravolta com: Eugénio Salvador, Fernando Mendes...
1981 Escabeche com: Eugénio Salvador, Fernando Mendes...
1982/1983 É Sempre a Aviar com: Eugénio Salvador, Fernando Mendes...
1983 Quem me Acaba o Resto?! Teatro Maria Vitória com: Henrique Santana, Natalina José...
1984 O Bem trAMADO com: Eugénio Salvador, Natalina José...
1986/1987 Sapateado Teatro Villaret Comédia Musical[28][29]
1987/1988 Criada Para Todo o Serviço Comédia (emitida em televisão)[30]
1989 A Prova dos Números Novos Teatro Variedades Primeira Figura
1989/1990 Os Meninos à Roda da Mamã com: Francisco Nicholson, Manuela Maria...
1990/1991 A Grande Festa Teatro Variedades/Teatro Maria Vitória com: Francisco Nicholson, Henrique Santos...
1997 Três em Lua de Mel Digressão com: Vítor de Sousa, Pedro Pinheiro...
1998/1999 Amor à Luz da Vela Teatro da Trindade
2000 Pela Mão do Poeta Digressão Espetáculo de Poesia[31]
2010/2011 Vai de Em@il a Pior Teatro Maria Vitória Revista (emitida em televisão)[32]
2011/2012 Ora Vira e Troika o Passos Teatro de Revista[33]
2012/2013 Crise, Sexo e Facebook Digressão Interpretou várias personagens[34]
2014 A Língua da Sogra Comédia, Interpretou sogra[35]
A Língua da Sogra Remodelação da Peça, agora com Vera Mónica
2015 74 Eunices Teatro Nacional D. Maria II Espetáculo de homenagem à atriz Eunice Muñoz[36]
2016/2018 Ol(h)á Florbela! Digressão [37][38][39]
2017/2019 Que Grande Caldeirada! Digressão 'Atualmente em digressão pelo país'[40]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Florbela Queiroz é filha de João Ariosto de Azevedo Queiroz e Maria de Jesus Carvalho Queiroz.

Em 2013 saiu da sua residência, em Carcavelos, por não aguentar mais ser vítima de violência e de ofensas do filho e da nora. Levou o caso a tribunal para recuperar a sua casa.

Em 2015 ganhou o processo judicial, regressando a casa, entretanto vandalizada.[41] O programa Querido, Mudei a Casa!, da TVI, fez as obras de recuperação na casa da actriz.[42]

Florbela fez um testamento em que proíbe o filho de a visitar ao hospital e participar no seu funeral.[43]

Referências

  1. http://www.jornalistas.eu/?n=456
  2. https://www.delas.pt/florbela-queiroz-celebra-60-anos-de-carreira/
  3. a b c Online 24 (17 de Agosto de 2010). «Florbela Queiroz». Consultado em 6 de Julho de 2012 
  4. http://www.jornalistas.eu/?n=456
  5. «Entidades Nacionais Agraciadas com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Florbela de Carvalho Azevedo Queiroz". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 8 de março de 2019 
  6. https://palcoaquemmerece.blogspot.com/2017/03/florbela-queiroz.html
  7. https://arquivos.rtp.pt/conteudos/assunto-arrumado/
  8. https://arquivos.rtp.pt/conteudos/vamos-contar-mentiras-parte-i/
  9. https://arquivos.rtp.pt/conteudos/riso-e-ritmo-ii/
  10. https://arquivos.rtp.pt/conteudos/origens-episodio-01/
  11. https://www.rtp.pt/programa/tv/p19126
  12. https://arquivos.rtp.pt/conteudos/passerelle-ep-01-i/
  13. http://www.zapping-tv.com/serie-medico-de-familia-terminou-ha-quinze-anos/
  14. https://www.imdb.com/name/nm0703160/?ref_=nv_sr_1
  15. https://www.imdb.com/name/nm0703160/?ref_=nv_sr_1
  16. http://ww3.fl.ul.pt/CETbase/reports/client/Report.htm?ObjType=Pessoa&ObjId=465
  17. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06538.076.16626#!6
  18. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06538.076.16722#!9
  19. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06542.080.17266#!4
  20. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06547.085.17992#!5
  21. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06547.085.18124#!10
  22. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06586.124.22198#!4
  23. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06806.156.25204#!4
  24. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06816.166.26246#!6
  25. https://arquivos.rtp.pt/conteudos/tv-palco-39/
  26. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06820.170.26932#!21
  27. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06829.179.28308#!18
  28. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06882.199.30729#!22
  29. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06882.199.30729#!22
  30. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06884.201.30928#!22
  31. http://ww3.fl.ul.pt/CETbase/reports/client/Report.htm?ObjType=Pessoa&ObjId=465
  32. https://www.teatromariavitoria.com/maria_vitoria_2011.htm
  33. https://www.teatromariavitoria.com/maria_vitoria_2012.htm
  34. https://www.cmjornal.pt/cultura/detalhe/crise-sexo-e-facebook-com-florbela-queiroz
  35. https://www.airinformacao.pt/2014/12/11/florbela-queiroz-da-vida-a-lingua-da-sogra-no-sa-da-bandeira/
  36. http://caras.sapo.pt/famosos/2015-09-23-Homenagem-a-Eunice-Munoz-reune-74-atrizes-no-mesmo-palco-onde-se-estreou
  37. https://www.bol.pt/Comprar/Bilhetes/51635-revista_a_portuguesa_ol_h_a_florbela-forum_da_maia/
  38. https://infocul.pt/cultura/olha-florbela-no-chapito/
  39. http://www.tejoradiojornal.pt/em-pontevelteatro-de-revista-olha-florbela/
  40. https://www.bol.pt/Comprar/Bilhetes/57825-revista_a_portuguesa_que_grande_caldeirada-forum_da_maia/
  41. «Florbela Queiroz vence processo contra o filho» 
  42. «Florbela Queiroz. A nova vida e a nova casa da actriz, depois dos maus-tratos» 
  43. «Florbela Queiroz: "Fiz um testamento em que proíbo o meu filho de ir ao meu funeral"»