Giuseppe Oristanio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Giuseppe Oristânio)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Giuseppe Oristanio
Nascimento 15 de outubro de 1958 (60 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade Brasileira
IMDb: (inglês)

Giuseppe Oristanio (São Paulo, 15 de outubro de 1958) é um ator brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Descendente de italianos, aos 14 anos Giuseppe Oristanio abandona o emprego numa fábrica de botas e luvas de borracha para viver Pedrinho, numa montagem do Sítio do Picapau Amarelo que segue por três anos pelo interior paulista. Apesar da resistência familiar, dedica mais quatro anos ao teatro infantil antes de se afiliar a uma produtora teatral, em 1979, que o apresenta ao diretor Walter Avancini, na TV Tupi, para a realização de um teste. Seu perfil físico, de olhos azuis, convence Avancini a mandá-lo direto ao camarim vestir uma roupa e entrar em cena como o personagem Marinho, na novela Como Salvar Meu Casamento, de Carlos Lombardi e Edy Lima.

A novela consegue monopolizar parcela da audiência, mas a esta altura a emissora afundava em crise. Com o fechamento do departamento de dramaturgia, Como Salvar Meu Casamento sai do ar sem exibir aos telespectadores o desfecho de sua história. Faltavam cerca de 10 a 20 capítulos para ser concluída quando a TV Tupi, após a dispensa dos atores, iniciou a reprise da novela A Viagem para tapar o buraco que ficou na grade de programação.

Com a falência da TV Tupi, Oristanio dedica-se aos palcos e estreia o Cabaret Literário, em 1980, dirigido por Ítalo Morelli na TV Cultura de São Paulo, num episódio que retrata a vida do poeta Guilherme de Almeida ao lado de Bete Mendes e Paulo Castelli. Quando a Rede Bandeirantes adquire os direitos de Drácula, Uma História de Amor e produz Um Homem muito Especial, no mesmo ano, Oristanio é contratado para dar vida ao personagem Rômulo, juntamente com Paulo Castelli, que integra o núcleo de protagonistas.

Recebe convite da novelista Ivani Ribeiro para integrar o elenco de Os Adolescentes e emenda, a partir daí, uma série de papéis de destaque, estando presente em novelas como Os Imigrantes (1981) e Ninho da Serpente (1982). Diminui o ritmo de trabalho televisivo no decorrer dos anos 80, dedicando-se mais ao teatro. Entre 1982 e 1988, só participa de uma trama: Jogo do Amor, exibida em 1985 no SBT.

Em 1988 é contratado pela Rede Globo para viver, na novela Vida Nova, Giovanni Bruno, personagem real que fundou vários restaurantes na capital paulista. No ano seguinte, vai para a Rede Manchete, na qual protagoniza a novela Kananga do Japão (1989), com Christiane Torloni e Raul Gazolla. Na emissora, também participa de A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990).

De volta à Globo, trabalha nas novelas Fera Ferida (1993) e Irmãos Coragem (1995), indo em seguida para o SBT, participando de Colégio Brasil e Dona Anja, ambas de 1996. Volta à Bandeirantes para protagonizar a fracassada Serras Azuis, exibida em 1998. Na Rede Record, narra algumas minisséries bíblicas produzidas entre 1997 e 1999, atuando em uma delas: A História de Ester. Lá, também tem um dos papéis principais da apagada Tiro e Queda (1999). Volta à Globo para participar por três anos de Malhação como o professor e diretor do colégio Múltipla Escolha.

Em 2005, participa da telenovela A Lua Me Disse. No ano seguinte, atua em Cristal. Volta a ser novamente contratado da Rede Record. Analisando a sua carreira, nota-se que é um dos poucos atores que goza do privilégio de encontrar "portas abertas" em todas as emissoras.

A par da carreira televisiva, Giuseppe Oristanio também atuou em vários espetáculos teatrais de sucesso, como Qualquer gato vira-lata tem uma vida sexual mais sadia do que a nossa, de Juca de Oliveira, e Maracutaias, de Miguel Falabella, dentre muitas outras.

Deu início à faculdade de Jornalismo, mas não a concluiu. Durante algum tempo contribuiu com crônicas para algumas páginas da internet. Em maio de 2012 renovou contrato com a Record, vindo a interpretar o sacerdote Paser na novela Os Dez Mandamentos, outro personagem marcante de sua carreira.

Giuseppe é casado e tem quatro filhos. Sua filha Júlia Oristânio entrou para o seriado teen Malhação em 2010, dez anos após o pai se consagrar com o personagem Afonso Malta.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Emissora
1979 Como Salvar Meu Casamento Marinho TV Tupi
1980 Um Homem muito Especial Rômulo Band
1982 Ninho da Serpente André Band
1983 Sabor de Mel Paulo Band
1985 Jogo do Amor Rodrigo SBT
1988 Vida Nova Bruno Rede Globo
1989 Kananga do Japão Danilo Rede Manchete
1990 Fronteiras do Desconhecido Fausto Participação Especial
1991 A História de Ana Raio e Zé Trovão João Riso Rede Manchete
1993 Fera Ferida Maxwell Antenor Rede Globo
1995 Irmãos Coragem Promotor Rodrigo César Rede Globo
1996 Colégio Brasil Lancelotti SBT
1996 Dona Anja Pedro SBT
1998 A História de Ester Rei Assuero Rede Record
1998 Serras Azuis Olímpio Serpa Band
1999 Tiro e Queda José Manuel Cordeiro (Neco) Rede Record
2000 - 2003 Malhação Afonso Malta Rede Globo
2004 A Diarista Marlon Rede Globo
2004 Da Cor do Pecado Sérgio Nascimento (pai da Moa) Rede Globo
2005 A Lua me Disse Armando Sá Marques Rede Globo
2006 Cristal Alex Ascânio SBT
2007 Luz do Sol Frederico Diniz (Freddy) Rede Record
2008 Chamas da Vida Roberto Cardoso de Oliveira Rede Record
2010 A História de Ester Joel Rede Record
2010 Ribeirão do Tempo Bruno Fernandes Rede Record
2012 Fora de Controle Delegado Antônio Rede Record
2012 Máscaras Pulga [1] Rede Record
2013 Dona Xepa Deputado Feliciano Castro e Barros [2] Rede Record
2013 O Amor e a Morte Becker [3] Rede Record
2014 Milagres de Jesus Dâmaso Rede Record
2014 Plano Alto Traçado Rede Record
2015 Os Dez Mandamentos Paser Rede Record
2017 Belaventura Cedric Cadis, Marquês de Burgos Rede Record
2018 Jesus José de Arimateia Rede Record

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1996 - Il barbiere di Rio Rocco
2000 Beleza Pura
2012 Os Monarcas - A lenda Turibio Correa
2016 Os Dez Mandamentos - O Filme Paser

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]