GAZ

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gorkovsky Avtomobilny Zavod)
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «GAZ» na Wikipédia em inglês (desde novembro de 2017). Ajude e colabore com a tradução.
Gorkovski Avtomobilny Zavod
Gorky Automobile Plant.jpg
Entrada principal da fábrica GAZ
Nome nativo Го́рьковский автомоби́льный заво́д
Tipo Subsidiária
Indústria Automobilística
Fundação 1 de janeiro de 1932 (86 anos)
Sede Níjni Novgorod, Oblast de Níjni Novgorod,  Rússia
Proprietário(s) Oleg Deripaska
Presidente Vadim Sorokin
Pessoas-chave Siegfried Wolf, Manfred Eibeck[1]
Produtos Automóveis e peças automotivas
Receita US$2,476 bilhões (Grupo GAZ 2016)
Renda líquida US$17,708 milhões (Grupo GAZ 2016)[2]
Website oficial GAZ

GAZ ou Gorkovsky Avtomobilny Zavod (em português: Fábrica de Automóveis Gorky) é uma fabricante de veículos russa, fundada em 1932. Iniciou em 1932 como NAZ, uma cooperação entre a Ford e a União Soviética, como resultado do plano quinquenal.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Em Maio de 1929 a União Soviética assinou um acordo com a Ford Motor Company.[3] Sob seus termos, os soviéticos concordaram em comprar US$13 milhões em automóveis e peças automotivas, enquanto que a Ford concordou em prover assistência técnica até 1938 para construir uma fábrica integrada de manufatura de automóveis em Níjni Novgorod. A produção foi iniciada no dia 1 de Janeiro de 1932, e a fábrica e marca ficaram com o nome Nizhegorodsky Avtomobilny Zavod, ou NAZ, mas também vinha com a logo da "Ford". O primeiro veículo da GAZ foi um automóvel de valor médio Ford Model A, vendido como NAZ-A, e um caminhão leve, o Ford Model AA (NAZ-AA). A produção do NAZ-A iniciou em 1932 e foi até 1936, sendo construídas mais de 100.000 unidades.

Em 1933, o nome da fábrica foi alterado para Gorkovsky Avtomobilny Zavod, ou GAZ, quando a cidade foi renomeada em dedicação a Maxim Gorky; similarmente, os modelos foram renomeados GAZ-A e GAZ-AA. De 1935 a 1956, o nome oficial foi aumentado em imeni Molotova (literalmente, nomeado em dedicação a Molotov).

O GAZ-A foi então substituído pelo mais moderno GAZ-M1 (baseado na versão de quatro cilindros do Ford Model B), produzido entre 1936 e 1942. A letra M vem de Molotovets ('da fama de Molotov'), sendo esta a origem no apelido deste carro, M'ka (Эмка).[3]

Durante a guerra a GAZ produziu Chevrolet G7107 e G7117 (G7107 com guincho) de partes enviadas a partir dos Estados Unidos como parte do Lend Lease.

As experiências com os modelos "A" e "M1" fizeram com que os engenheiros da GAZ desenvolvessem carros próprios independentes da Ford. Seu primeiro projeto independente foi batizado de GAZ-11, tendo um tamanho maior que o seu antecessor o M1 e sendo produzido entre 1942 e durante 1946 foi produzido em menor quantidade devido à Segunda Guerra Mundial.

Pós-guerra[editar | editar código-fonte]

GAZ-14, produzido entre 1977-1988

Naquela época, os engenheiros da GAZ trabalhavam para desenvolver um modelo completamente novo para entrar em produção assim que a guerra acabasse. Chamado de GAZ-M20 Pobeda (Vitória), este sedã de preço acessível com um estilo fastback entrou em produção em 1946, sendo produzido pela GAZ até 1958 (uma versão sob licença e sob nome Warszawa continuou a ser produzido na fábrica polonesa FSO até a década de1970). Foi o primeiro carro soviético com limpador de para-brisa elétrico (ao invés de mecânicos ou operados a vácuo).[4] O modelo também vinha equipado com freios hidráulicos nas quatro rodas.[5] O GAZ-72, uma versão com tração nas quatro rodas, foi produzida em baixa escala.

A GAZ fabricou também os modelos GAZ-12 ZIM, GAZ-21 e GAZ-24 Volga, além dos carros de luxo GAZ-13 e GAZ-14 Chaika. O ZIM foi o primeiro carro da GAZ a mostrar o veado saltando como ornamento do capô.[6] O GAZ-21 fez sua primeira aparição pública em 1955, com uma demonstração de três carros indo de Moscou para a Crimeia, sendo dois modelos automáticos e um manual.[7] Foi lançado oficialmente em 1956 e se tornou um símbolo de toda a época soviética. O carro oferecia assentos frontais capazes de reclinar completamente[7] e vinha equipado com um acendedor de cigarros elétrico e um rádio[8], em uma época em que os carros produzidos nos Estados Unidos não vinham equipados com rádio.[9] Um pequeno número de Volga com o motor do Chaika de 195 hp, com câmbio automático e direção assistida foram construídos para a KGB como M23, sendo produzidos um total de 603 veículos entre 1962-1970.[10] Como engenheiro chefe, Boris Dekhtyar disse que o Volga tinha pastilhas de freio melhores e atingia uma velocidade máxima de mais de 170 km/h; o carro foi bem recebido.[11] O novo motor produzia 195 h.p. a 4.400 rpm.[12] A produção do Chaika foi iniciada em 1959. Ao longo dos anos, diversas versões destes dois veículos foram produzidas.

Modelos[editar | editar código-fonte]

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Top Management» (em inglês). Arquivado do original em 21 de Junho de 2017 
  2. «ПАО ГАЗ — ОТЧЕТНОСТЬ ПО МСФО» (em russo). Arquivado do original em 12 de Junho de 2017 
  3. a b c Odin, L.C. (2015). World in Motion 1939 - The whole of the year's automobile production. [S.l.]: Belvedere Publishing. ASIN B00ZLN91ZG 
  4. Thompson, p. 52
  5. Thompson, p. 53
  6. Thompson, p. 68
  7. a b Thompson, p. 61
  8. Thompson, p. 62
  9. Flory, J. "Kelly" (2008). American Cars 1946-1959 (em inglês). Jefferson, NC: McFarland & Coy 
  10. Thompson, pp.120-121
  11. Б. А. Дехтяр. "Хвостовые" автомобили ГАЗ. // Биржа плюс Авто. №36. 13.09.2001. С. 38 Arquivado em 2016-12-23 no Wayback Machine.
  12. Легковой автомобиль ГАЗ-23. Инструкция по уходу. Издание второе. Горький. 1967. С. 114 Arquivado em 2014-01-03 no Wayback Machine.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]