Gueorgui Plekhanov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Georgi Plekhanov
Nome completo Georgi Valentinovitch Plekhanov
Nascimento 11 de dezembro de 1856
Gudalovka, Oblast de Lipetsk Rússia
Morte 30 de maio de 1918 (61 anos)
Terioki, Finlândia (atual Zelenogorsk, Rússia)
Nacionalidade russo
Influências
Influenciados

Georgi Valentinovitch Plekhanov (em em russo: Георгий Валентинович Плеханов) (Gudalovka, Oblast de Lipetsk, Rússia, greg. 11 de dezembro/ jul.29 de novembro de 1856 - Terioki, Finlândia, atual Zelenogorsk, Rússia, greg. 30 de maio/ jul. 17 de maio de 1918) foi um revolucionário e teórico marxista russo. [1] [2] [3]

Abandonou os estudos no Instituto de Mineralogia para dedicar-se ao movimento populista revolucionário. Líder da organização Terra e Liberdade, organizou uma dissidência quando o grupo passou a adotar práticas terroristas.

Ele foi um dos fundadores do movimento social-democrata na Rússia e foi um dos primeiros russos a se identificar como "marxista". [4] [5] Enfrentando perseguição política, Plekhanov emigrou para a Suíça em 1880, onde continuou a sua atividade política em tentar derrubar o regime czarista na Rússia.

Durante a Primeira Guerra Mundial Plekhanov uniu-se à Tríplice Entente contra a Alemanha e voltou para sua casa na Rússia após a Revolução de Fevereiro de 1917. [6] Plekhanov era hostil ao partido bolchevique liderado por Vladimir Lênin, no entanto, foi um opositor do regime soviético, que chegou ao poder, no Outono de 1917. [7] [8]

Em seus trabalhos, O socialismo e a luta política[9] (1883) e Nossas diferenças [10] (1885), Plekhanov formulou as bases ideológicas do marxismo russo. Participou também das reflexões sobre a presença da arte e da religião na sociedade.

Com 61 anos, faleceu de Tuberculose no ano seguinte, em Terijoki e foi enterrado no cemitério Volkovo em São Petersburgo, ao lado dos túmulos de Vissarion Belinsky e Nikolay Dobrolyubov. Apesar de sua oposição vigorosa e sincera ao partido político de Lênin, em 1917, Plekhanov foi tido em alta estima pelo Partido Comunista da União Soviética após a sua morte como um pai fundador do marxismo russo e um pensador filosófico. [11]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • O socialismo e a luta política (1883)
  • Anarquismo e Socialismo [12] (1894)
  • Nossas Diferenças (1895)
  • Ensaio sobre o desenvolvimento e a concepção monista da História (1895)
  • A concepção materialista da História (1897)
  • As questões fundamentais do Marxismo. O Materialismo Militante .

Referências

  1. Samuel H. Baron, Plekhanov: The Father of Russian Marxism. Stanford, CA: Stanford University Press, 1963; pg. 4.
  2. Baron, Plekhanov: The Father of Russian Marxism, pg. 6.
  3. Baron, Plekhanov: The Father of Russian Marxism, pp. 6-7.
  4. Samuel H. Baron, "Between Marx and Lenin: G.V. Plekhanov," Soviet Survey, vol. 32, no. 2 (April–June 1960); reprinted in Baron, Plekhanov in Russian History and Soviet Historiography, pp. 4-5.
  5. Haimson, The Russian Marxists and the Origins of Bolshevism, pg. 37.
  6. Samuel H. Baron, "Georgii Valentinovich Plekhanov," in George Jackson with Robert Devlin (eds.), Dictionary of the Russian Revolution. Westport, CT: Greenwood Press, 1989; pp. 447-449.
  7. Haimson, The Russian Marxists and the Origins of Bolshevism, pg. 42.
  8. Georgi Plekhanov, "Programme of the Social-Democratic Emancipation of Labor Group" contained in the Selected Philosophical Works: Volume 1 (Moscow: Progress Publishers, 1974) pp. 353-357.
  9. Trecho de O Socialismo e a luta política
  10. capítulo do livro Nossas Diferenças
  11. Baron, "Between Marx and Lenin: G.V. Plekhanov," pg. 6.
  12. Trecho do livro Anarquismo e socialismo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.