Instituto Federal Farroupilha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha
IFFarroupilha
Fundação 29 de dezembro de 2008
Tipo de instituição pública federal
Localização Santa Maria (Reitoria)

Alegrete
Frederico Westphalen
Jaguari
Júlio de Castilhos
Panambi
Santa Rosa
Santo Ângelo
Santo Augusto
São Borja
São Vicente do Sul
Uruguaiana (Campus Avançado), Rio Grande do Sul

Funcionários técnico-administrativos 960
Reitor(a) Carla Comerlato Jardim
Orçamento anual 111.552.511,82 (2011)
Página oficial http://www.iffarroupilha.edu.br/

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha foi criado, de acordo com o Projeto de Lei 3775/2008, mediante integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de São Vicente do Sul e da Escola Agrotécnica Federal de Alegrete. Sua Reitoria está instalada na Rua Esmeralda, 430, Camobi, Santa Maria.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, RS, foi criado mediante a integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de São Vicente do Sul e da Escola Agrotécnica Federal de Alegrete, com suas respectivas unidades de ensino, com fundamento na Lei n° 11.892, de 29 de dezembro de 2008.

O Instituto Federal Farroupilha/RS possui os seguintes domicílios:

Campus São Vicente do Sul[editar | editar código-fonte]

O Campus São Vicente do Sul do Instituto Federal Farroupilha, com sede no município de São Vicente do Sul, RS, foi criado em 17 de novembro de 1954, através de Termo de Acordo firmado entre a União e o então município de General Vargas, sob a denominação de Escola de Iniciação Agrícola, publicado no Diário Oficial de 30/11/1954, em conformidade com os Artigos 2º e 4º do Decreto Federal nº 22.470, de 20 e janeiro de 1947, que instalou o Ensino Agrícola no Brasil, e os dispositivos do Decreto Lei 9.613, de 20 de agosto de 1946.

Em 25 de janeiro de 1968, pelo Decreto no 62.178, foi transferido para a Universidade Federal de Santa Maria, sob denominação de Colégio Agrícola. No ano seguinte, pelo Decreto nº 64.827, de 16 de julho de 1969, houve uma reformulação do Decreto nº 62.178, estabelecendo que a orientação didático-pedagógica seria totalmente exercida pela UFSM:[1].

Em 28 de fevereiro de 1985, através do Decreto no 91.005, a instituição passou a pertencer a COAGRI - Coordenação de Ensino Agrícola, com a denominação de Escola Agrotécnica Federal de São Vicente do Sul. Após, através do Decreto n° 93.313, de 21 de novembro de 1986, foi extinta a COAGRI, sendo criada, em substituição, a Secretaria de Ensino de 2° Grau - SESG, órgão diretamente ligado ao Ministério da Educação.

Em 1990, houve nova reorganização no funcionamento dos órgãos da Presidência da República e dos Ministérios. O Decreto n° 99.180 criou a Secretaria de Educação Média e Tecnológica, ficando, então, todas as Escolas Agrotécnicas Federais a ela subordinadas.

A Lei 8.731, de 16 de novembro de 1993, transformou as Escolas Agrotécnicas Federais em Autarquias Federais, dando-lhes autonomia administrativa, patrimonial, financeira e disciplinar. Em 15 de abril de 1998, o Decreto n° 2.548, de 15 de abril de 1998, aprovou o novo Regimento Geral das Escolas Agrotécnicas Federais, determinando que cada uma elaborasse sua própria regulamentação. O Regulamento Interno da Instituição foi elaborado e submetido à aprovação dos órgãos superiores, tendo sido aprovada no dia 1º/09/98, através da Portaria/MEC 966.

Em 13 de novembro de 2002, através de Decreto Presidencial de 13 de novembro, publicado no Diário Oficial - Nº 221 - Seção 1, quinta-feira, 14 de novembro de 2002, a Escola Agrotécnica foi credenciada como Centro Federal de Educação Tecnológica, passando à denominação de Centro Federal de Educação Tecnológica de São Vicente do Sul.

Em 2006, o Decreto nº 5.773, de 9 de maio de 2006, revogou o Decreto nº 3.860, de 9 de julho de 2001 e o Decreto nº 5.225, de 1 de outubro de 2004 e elevou, definitivamente, os CEFET à condição de Instituições de Ensino Superior.

Em 2008, a Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, publicada no Diário Oficial da União de 30 subsequente criou os Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia e a Portaria MEC n° 4, de 6 de janeiro de 2009, publicada no Diário Oficial de União de 07 subsequente, estabeleceu a relação dos campi componentes do Instituto Farroupilha, onde foi inserido o Campus São Vicente do Sul – RS.

O Instituto Federal Farroupilha, Campus São Vicente do Sul oferece cursos técnicos e tecnológicos em três níveis Médio, Superior e Pós-Graduação. O nível Médio é oferecido nas modalidades: Integrado, Concomitante e Subsequente. O nível superior é oferecido na modalidade de Curso Superior de Tecnologia e Licenciatura. Já a Pós-Graduação é composta por cursos de Especialização. Abaixo estão listados os níveis de Ensino e seus respectivos Cursos.

Níveis de ensino[editar | editar código-fonte]

Educação Profissional Técnica de Nível Médio

Etapa final da Educação Básica, com duração mínima de 3 anos, tem como finalidades, segundo a LDB: "A preparação básica para o trabalho e a cidadania do educando". "Desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores".

Modalidades da Educação Profissional Técnica de Nível Médio
  1. Integrado
  2. Concomitante
  3. Subsequente
  • Ensino Superior

A formação Tecnológica Superior é uma Graduação que forma profissionais habilitados para atuar na gestão de processos industriais e/ou serviços. Os cursos têm duração, em média, de 3 anos, e são voltados para pessoas que tenham concluído o ensino médio e a profissionais técnicos. A formação é centrada na especialização e no conhecimento da tecnologia de ponta. O Instituto Federal Farroupilha - Campus São Vicente do Sul oferece, atualmente, Cursos Superiores de Tecnologia nas áreas de Informática, Irrigação e Drenagem (Agricultura) e Gestão Pública; e também Licenciaturas em Biologia e Matemática. Clique nos links abaixo para acessar os cursos.

Modalidades do Ensino Superior
  1. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  2. Curso Superior de Tecnologia em Irrigação e Drenagem
  3. Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública
  4. Curso Superior de Licenciatura em Química
  5. Curso Superior de Licenciatura em Ciências Biológicas
  6. Curso Superior de Licenciatura em Matemática - Júlio de Castilhos
  7. Curso Superior de Medicina Veterinária - Bacharelado

8. Curso Superior de Agronomia - Bacharelado

  • Pós-Graduação

Pós-Graduação compreende programas que podem ser oferecidos por uma Instituição de Ensino Superior em várias áreas, como por exemplo, nas Ciências Biológicas, Exatas e Humanas. Quando realizada com a participação de várias Instituições de Ensino Superior, denomina-se Interinstitucional. A Pós-Graduação pode ter níveis diversos dentre estes, o Aperfeiçoamento, a Especialização, o Mestrado e o Doutorado. O Instituto Federal Farroupilha - Campus São Vicente do Sul conta no momento com um Curso de Especialização. Clique no link abaixo para acessar o curso.

Modalidades da Pós-Graduação
  1. Especialização em Educação Profissional Integrada à Educação Básica na modalidade Educação de Jovens e Adultos (PROEJA)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituições de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Portal A Wikipédia possui o

Portal Santa Maria
da Boca do Monte


Leitor, participe do projeto

"Vamos todos wikificar Santa Maria."