Jean-Baptiste Say

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o entomologista norte-americano, veja Thomas Say.
Jean-Baptiste Say

Jean Baptiste Say (Lyon, 5 de janeiro de 1767Paris, 15 de novembro de 1832) foi um economista francês, formulador da chamada a Lei de Say. Nasceu em uma família de mercadores de tecidos, fortemente influenciada pelas ideias iluministas.

Após a Revolução Francesa chegou a exercer a ocupação de jornalista em periódicos liberais franceses, onde aproximou-se das ideias de Adam Smith e do estudo da ciência econômica, à qual passou a se dedicar, ao mesmo tempo em que administrava uma indústria têxtil.



Biografia[editar | editar código-fonte]

Jean-Baptiste Say nasceu em Lyon. Pressupostamente destinado a seguir a carreira de comerciante, Say foi mandado, com seu irmão Horace, para Inglaterra, onde viveu em Croydon e, depois, em Londres. Após alguns anos trabalhando como comerciante, Say voltou à França para trabalhar em uma seguradora dirigida por Étienne Clavière.

Em 1793, casou-se com Mlle Deloche, filha de um ex-advogado. De 1794 a 1800 Say editou um periódico chamado La Decade philosophique, litteraire et politique, cujos textos expunham as doutrinas de Adam Smith. Foi então estabelecendo sua reputação como escritor, e quando o governo consular foi estabelecido, em 1799, ele foi selecionado como um dos membros do tribunate, e deixou a direção do 'Decade'.

Lei de Say[editar | editar código-fonte]

Muitas vezes a Lei de Say é resumida da seguinte maneira:

  • A oferta de um produto sempre gera demanda por outros produtos
  • "A oferta cria sua própria demanda."[1]

Porém, é importante notar que essas são interpretações keynesianas que não necessariamente expressam o que a Lei de Say realmente disse. A Lei de Say não afirma que a oferta automaticamente cria demanda, mas que, para se ter uma fundação efetiva para a demanda, é necessária uma prévia fonte de oferta.

Obras[editar | editar código-fonte]

Lettres a M. Malthus, 1820

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.