Manuel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio
Manuel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio
Manuel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio
Ministro do Supremo Tribunal de Justiça do Brasil
Mandato: 12 de abril de 1842
até 27 de setembro de 1857
Nomeação por: Dom Pedro II
Antecessor(a): Lucas Antônio Monteiro de Barros
5° Presidente do Supremo Tribunal de Justiça do Brasil
Mandato: 15 de fevereiro de 1856
até 27 de setembro de 1857
Antecessor(a): Francisco de Paula Pereira Duarte
Sucessor(a): Joaquim José Pinheiro de Vasconcelos
Dados pessoais
Falecimento: 27 de setembro de 1857
Rio de Janeiro
Alma mater: Universidade de Coimbra

Manuel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio (Vitória - Rio de Janeiro, 27 de setembro de 1857 foi um magistrado brasileiro.[1]

Formado em direito pela Universidade de Coimbra, foi nomeado em 1810 juiz em Angola. Em 1816 foi nomeado juiz na recém criada vila de Rio Grande.

Em 1819 foi transferido para Sergipe. Em 1823 foi eleito deputado pela província do Espirito Santo para a Primeira Assembléia Nacional Constituinte. Em 1824 foi nomeado juiz para a Bahia e em 1833 para o Rio de Janeiro, onde em 1839 foi nomeado presidente do tribunal.

Em 1842 foi nomeado ministro do Supremo Tribunal de Justiça e em 1856 nomeado presidente do tribunal.

Referências

  1. «Presidentes :: STF - Supremo Tribunal Federal». www.stf.jus.br. Consultado em 30 de outubro de 2018. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Francisco de Paula Pereira Duarte
Presidente do Supremo Tribunal Federal
1856 — 1857
Sucedido por
Joaquim José Pinheiro de Vasconcelos