Marnie (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Marnie)
Ir para: navegação, pesquisa
Marnie
Marnie (PT)
Marnie - Confissões de uma ladra (BR)
 Estados Unidos
1964 •  cor •  130 min 
Direção Alfred Hitchcock
Roteiro Jay Presson Allen
Elenco Tippi Hedren
Sean Connery
Diane Baker
Martin Gabel
Louise Latham
Género suspense
Classificação Inadequado para menores de 12 anos i DEJUS (Brasil)
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Marnie (br: Marnie - Confissões de uma ladra) é um filme estadunidense de 1964, do gênero suspense, dirigido por Alfred Hitchcock. O roteiro foi baseado no livro de mesmo nome de Winston Graham.

Este filme é considerado uma das obras primas de Hitchcock.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Marnie (Tippi Hedren) é uma ladra e mentirosa compulsiva, gravemente doente psicologicamente, que vai trabalhar para Mark Rutland, a quem ela tenta roubar. Mark, apaixonando-se por ela, casa impulsivamente com a bela e perturbada mulher, e tenta descobrir quais as razões do seu comportamento obsessivo. Quando um terrível acidente empurra a sua mulher para o limite, Mark, para tentar salvar Marnie, obriga-a a confrontar os seus terrores e o passado, numa conclusão inevitável e totalmente destruidora.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Outros

Curiosidades e Polémicas[editar | editar código-fonte]

  • Em 1962, Alfred Hitchcock convidou a Princesa de Monaco e ex-atriz, Grace Kelly, a desempenhar o papel de Marnie Edgar. O seu marido, Ranier, Príncipe de Mónaco, não esteve de acordo mas disse que tal era opção da princesa, que para salvar seu casamento resolveu recusar o papel e continuar as suas funções como soberana de Mónaco, decisão que foi aceite por Hitchcock, devido ao facto de que este país estava a passar por uma difícil crise de relações diplomáticas com a França.
  • Foi a primeira vez que Sean Connery provou a sua versatilidade como actor neste filme, apesar de Hitchcock não simpatizar com ele, alegando que ele era pouco convincente.
  • Foi durante a rodagem deste filme que houve o corte de relações entre Hitchcock e Tippi Hedren. O realizador passou a desprezar tanto a actriz que decidiu fazer uma cena em que a Marnie é atacada por Mark. Desde esse momento, Hitchcock passou a referir-se a Tippi como "essa miúda".
  • Apesar das controvérsias que surgiram durante a rodagem do filme, o sucesso foi garantido e absolutamente total, dizendo alguns críticos que este filme, depois de «Os Pássaros» e «Psico ou Psicose», foi um dos mais chocantes da sua carreira.
  • O filme chegou a Portugal em 1964, um bocado mutilado pela Censura, mas fez grandioso sucesso. Em 1982, vinte anos depois da sua estreia, a RTP1 fez a sua estreia em televisão, exibido o filme na rubrica "Noite de Cinema" de quarta-feira, dia 10 de Novembro.
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Marnie (filme)