Pedrógão Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pedrogão Grande)
Ir para: navegação, pesquisa
Pedrógão Grande
Brasão de Pedrógão Grande Bandeira de Pedrógão Grande
Pedrógão Grande3.jpg
Pedrógão Grande
Localização de Pedrógão Grande
Gentílico Pedroguense
Área 128,75 km²
População 3 915 hab. (2011)
Densidade populacional 30,4  hab./km²
N.º de freguesias 3
Presidente da
câmara municipal
Valdemar Alves (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1206
Região (NUTS II) Centro
Sub-região (NUTS III) Pinhal Interior Norte
Distrito Leiria
Antiga província Beira Litoral
Feriado municipal 24 de Julho
Código postal 3270
Sítio oficial cm-pedrogaogrande.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Pedrógão Grande é uma vila portuguesa no Distrito de Leiria, região Centro e sub-região do Pinhal Interior Norte, com menos de 2 000 habitantes.[1]

É sede de um município com 128,75 km² de área[2] e 3 915 habitantes (2011),[3][4] subdividido em 3 freguesias.[5] O município é limitado a noroeste pelo município de Castanheira de Pera, a este por Góis e Pampilhosa da Serra, a sudeste pela Sertã e a oeste por Figueiró dos Vinhos.

Caracterização e História[editar | editar código-fonte]

O concelho de Pedrógão Grande é uma das regiões do país onde a beleza natural, os costumes e as tradições populares aliadas à pureza dos ares e das águas se mantêm. As paisagens são dinâmicas, com características distintas e com fortes potencialidades turísticas.

É uma vasta região de granitos e xistos incrustada nas bacias dos rios Zêzere e Unhais e das ribeiras de Pêra e Mega, hoje aumentada pelas albufeiras de duas grandes barragens, a do Cabril e a da Bouçã. O clima, que antigamente era de características continentais, de invernos rigorosos e verões tórridos e secos, é hoje mais ameno, influenciado pelas duas grandes albufeiras que são também zonas piscícolas muito ricas.

Pedrógão Grande encontra-se integrado na zona do Pinhal Interior Norte, a maior mancha florestal da Europa, onde predominam pinheiros, eucaliptos, acácias e oliveiras que assumem grande importância na economia local.

Os vestígios arqueológicos encontrados na região dão provas da sua história remontar aos tempos pré-históricos, provavelmente ao final da Idade do Bronze.

O primeiro foral é concedido em fevereiro de 1206 por D. Pedro Afonso, filho bastardo de D. Afonso Henriques. Contudo, só em 1898 passa definitivamente a concelho, continuando a sua comarca em Figueiró dos Vinhos. No dia 8 de agosto de 1513, D. Manuel I concedeu a Pedrógão Grande a sua segunda carta de foral.

O tecido económico de Pedrógão Grande é caracterizado essencialmente pelo setor secundário, com relevo para a exploração florestal, têxteis e construção civil. A indústria de espetáculos, nomeadamente carrosséis e diversões públicas são, igualmente, uma referência no concelho.

Atualmente, começam a ser explorados os recursos naturais, considerados como uma grande potencialidade do concelho, a par da riqueza cultural e infraestruturas de apoio ao turismo.

Os locais de interesse turístico passam pelas barragens, albufeiras e piscinas fluviais. Também o centro histórico da vila assume destaque pelas inúmeras residências de traço da fidalguia provinciana.[6]

O seu artesanato é rico em peças de madeira, cortiça e estanho, mas também rendas, bordados e tecelagem.

Apesar de pertencer ao distrito de Leiria e fazer parte da Beira Litoral, a composição do solo e os costumes da sua população assemelham-se mais às características da província da Beira Baixa.

Pedrógão Grande faz fronteira com os concelhos de Castanheira de Pera, Góis, Sertã, Figueiró dos Vinhos e Pampilhosa da Serra. Conta com uma área geográfica que não ultrapassa os 130 quilómetros quadrados e uma população de 4.412 habitantes, distribuídos por três freguesias.[6]

A 17 de Junho de 2017 deu-se, no concelho de Pedrógão Grande, um devastador incêndio que matou 64 pessoas e causou um elevado número de feridos. É considerado como a maior tragédia em Portugal desde a queda da ponte Hintze Ribeiro.[7]

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Pedrógão Grande.

O concelho de Pedrógão Grande está dividido em 3 freguesias:

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [8]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
6 230 6 597 7 333 7 944 8 561 8 541 8 877 9 250 8 955 8 239 5 131 5 842 4 643 4 398 3 915

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [9]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 4 846 4 763 2 741 2 793 2 801 2 173 1 863 840 943 654 508 434
15-24 Anos 2 240 2 174 1 265 1 716 1 590 1 573 1 212 505 719 465 458 355
25-64 Anos 5 577 5 572 3 446 3 913 3 982 4 076 4 103 2 555 2 841 2 224 2 016 1 815
= ou > 65 Anos 812 949 523 625 782 850 1 061 1 085 1 339 1 300 1 416 1 311
> Id. desconh 13 19 0 15 21

(Obs.: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente.)

Património[editar | editar código-fonte]

Igreja Matriz de Pedrógão Grande

O concelho de Pedrógão Grande possui o seguinte património arquitetónico e histórico:

  • Igreja de Nossa Senhora da Assunção ou Igreja Paroquial de Pedrógão Grande
  • Ponte do Cabril (sobre o Rio Zêzere)
  • Igreja da Misericórdia de Pedrógão Grande
  • Pelourinho de Pedrógão Grande
  • Casa da Criança

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Cabrito assado

No concelho de Pedrogão Grande podemos encontrar uma gastronomia sobretudo de cariz rural, onde a agricultura, a pastorícia e a pesca são, ainda, uma realidade.

Muitos dos pratos característicos variam de acordo com as ocasiões como, por exemplo, a quadra natalícia, a Páscoa, ou até as várias festas, feiras e romarias populares da região. Existem, no entanto, aqueles que se distinguem e são mais procurados, nomeadamente o Pudim de Pão, o Cabrito, a Sopa de Peixe, o Bucho Recheado e os Maranhos.

Pode-se, então, considerar que fazem parte da gastronomia do concelho de Pedrógão Grande os seguintes pratos:[10]

Peixe:

  • Trutas Grelhadas
  • Achigã e o Bordalo com molho verde

Carnes:

  • Cabrito assado
  • Galinha corada no forno
  • Bucho de porco recheado
  • Maranhos
  • Feijoada de Javali
  • Torresmos
  • Arroz de Sarrabulho

Sopas:

  • Sopa de peixe

Produtos da região:

  • Mel
  • Queijo de cabra (fresco ou curado)
  • Castanhas
  • Azeite
  • Nozes
  • Vinho
  • Aguardente de Medronho

Doces:

  • Arroz doce
  • Pudim de pão
  • Filhós
  • Tijelada
  • Sonhos de abóbora
  • Bolo de Mel
  • Pão de Ló

Cultura[editar | editar código-fonte]

Museu de Arte Sacra em Pedrogão Grande
  • Casa-Museu Manuel Nunes Corrêa
  • Museu de Arte Sacra
  • Museu Pedro Cruz
  • Museu da República e Maçonaria
  • Museu das Concertinas

Festas, Feiras e Romarias[editar | editar código-fonte]

Abril

  • Semana Santa - Pedrógão Grande
  • 1º fim-de-semana após 25 de Abril - Festa do Senhor dos Aflitos

Junho

  • Dia 10 - Festa do Senhor dos Bons Caminhos, Lugar de Regadas
  • Dia 12 - Santo António, Pesos Fundeiros

Julho

  • Dia 24 - Feriado Municipal, Pedrógão Grande
  • Festas de Verão, Pedrógão Grande
  • Dias 23, 24 e 25 - Feira de Ano, Pedrógão Grande

Agosto

  • Dia 15 - Festa de Senhora da Graça, Graça
  • 1º fim-de-semana - Festa da Senhora da Estrela, Graça
  • 2º domingo - Festa da Senhora da Consolação, Escalos do Meio
  • 3º domingo - S. Vicente Ferrer, Troviscais Cimeiros
  • Santo António - Salaborda Nova
  • Último domingo de Agosto - Festa da Senhora da Saúde, Louriceira
  • Festa da Senhora do Rosário, Derreada Cimeira

Setembro

  • 1º domingo - Festa da Senhora dos Milagres, Pedrógão Grande
  • Fim-de-semana após o dia 8 - Festa da Senhora da Piedade, Vila Facaia
  • 3º fim-de-semana - Festa da Senhora do Carmo, Lugar da Picha
  • Dia 25 - Festa de Santa Lurdes, Escalos Cimeiros

Outubro

  • 1º domingo - S. Vicente dos Pinheirais, Mó Grande

Novembro

  • Dia 25 - Feira anual de Santa Catarina, Vila Facaia

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Heráldica[editar | editar código-fonte]

PGR.png
Brasão: Escudo azul com uma águia de prata e de negro, aberta, olhando o sol de ouro em chefe. Em contra-chefe, um monte de penhascos de prata e de negro, cortado por uma faixa ondada de azul. Coroa de mural de prata de quatro torres. Listel branco com legenda a negro: "PEDRÓGÃO GRANDE".[11]
Pt-pgr1.png
Bandeira: Esquartelada de branco e negro. Cordões e borlas de prata e negro. Haste e lança de ouro.[11]

Referências

  1. INE (2013). Anuário Estatístico da Região Centro 2012. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 30. ISBN 978-989-25-0217-5. ISSN 0872-5055. Consultado em 5 de maio de 2014 
  2. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013 
  3. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Centro. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 103. ISBN 978-989-25-0184-0. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. a b «Características - Município de Pedrógão Grande». www.cm-pedrogaogrande.pt. Consultado em 20 de junho de 2017 
  7. «64 mortos em Pedrógão Grande. 70% do incêndio dominado». Diário de Noticias. 19 de junho de 2017. Consultado em 19 de junho de 2017 
  8. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  9. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  10. «Gastronomia - Município de Pedrógão Grande». www.cm-pedrogaogrande.pt. Consultado em 20 de junho de 2017 
  11. a b «Ordenação heráldica do brasão e bandeira de Pedrogão Grande». www.ngw.nl. Consultado em 18 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pedrógão Grande


Concelhos do distrito de Leiria LocalDistritoLeiria.svg
ACB1.png AVZ.png ANS.png BTL.png BBR.png CLD.png CPR.png FVN.png LRA.png MGR1.png NZR.png OBD.png PGR.png Brasão de Peniche.jpg PBL1.png PMS.png
Alcobaça Alvaiázere Ansião Batalha Bombarral Caldas da Rainha Castanheira de Pera Figueiró dos Vinhos Leiria Marinha Grande Nazaré Óbidos Pedrógão Grande Peniche Pombal Porto de Mós

0