Ricardo Blat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ricardo Blat
Ricardo Blat em novembro de 2010.
Nascimento 16 de novembro de 1950 (66 anos)
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação ator

Ricardo Barbosa Blat (Ferraz de Vasconcelos, [1] 16 de novembro de 1950) é um ator brasileiro.

Blat iniciou sua vida teatral no TEM (Teatro Experimental Mogiano) na década de 1960 e, com o próprio TEM, em 1970, recebeu o prêmio de melhor ator coadjuvante com a peça “Sem Eu”, de Benê Rodrigues no VIII FETAESP, juntamente com Clarice Jorge (Melhor Atriz), Joaquim Rodrigues Neto (melhor sonoplastia) e Benê Rodrigues (melhor texto).

Ricardo Blat é irmão do autor Rogério Blat e primo do também ator Caio Blat.

Trabalhos[2][3][editar | editar código-fonte]

Na Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
2016 Magnífica 70 Padre Ribeiro HBO Brasil
2015 I Love Paraisópolis Adônia Paiva (Sabão) Rede Globo
2014 Meu Pedacinho de Chão Manoel das Antas (Prefeito das Antas)
2013 Uma Rua Sem Vergonha Marconi di Paula Multishow
2012 Guerra dos Sexos Moysés de Assis Rede Globo
2011 Fina Estampa Severino de Jesus
2010 Tempos Modernos Fidélio de Sá
2009 Por Toda Minha Vida Ezequiel Neves (Eps: "Cazuza")
Uma Noite no Castelo Matíades Lancelotti
2008 Casos e Acasos Felipe Oliveire
2007 Duas Caras Inácio Lisboa (Pastor Inácio)
2006 Sítio do Picapau Amarelo Gaspar Motta
JK Tales da Rocha Vianna
2005 Hoje É Dia de Maria Asmodeu Sátiro
Hoje É Dia de Maria: Segunda Jornada Asmodeu Piteira (Gato)
1998 Hilda Furacão Cido Gasparani (Cidinho)
1996 Caça Talentos Faísca (Calisto)
O Fim do Mundo Emiliano Ferreira
1995 Decadência Artêmio de Sousa Bastos
1994 Você Decide Pablo Toledo (Eps: "O Louco")
1993 Mulheres de Areia Paulo Salles (Marujo)
1991 Amazônia Celestino de Jesus Flores Rede Manchete
O Portador Maurício Alencar Rede Globo
1990 Fronteiras do Desconhecido Camilo Barbosa (Eps: "O Acidente") Rede Manchete
1989 Pacto de Sangue Pedro Camargo Xavier Rede Globo
1984 Corpo a Corpo Nuno Mendes de Castro
1982 Destino João Luís Moraes (Luisinho) SBT
1980 Água Viva Jofre do Lins Rêgo Rede Globo
1979 Marron Glacê Juliano Muniz Prado
Memórias de Amor Egbert Pinheiro Pereira
1978 Te Contei? Túlio Sequeira (Tuta)
1977 Sem Lenço, sem Documento José Luís dos Santos (Zé Luís)
1976 Estúpido Cupido João Arantes Guimarães
1975 A Viagem Hélio Tavares Rede Tupi

Filmografia[editar | editar código-fonte]

No Cinema[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

1990 - Rio de Janeiro RJ - Prêmio Shell - melhor ator em Uma Estória de Borboletas, direção Gilberto Gawronski.

1995 - Rio de Janeiro RJ - Prêmio Mambembe e Coca-Cola - melhor ator em O Patinho Feio, adaptação de Rogério Blat ao conto de Hans Christian Andersen, direção Gilberto Gawronski.

1996 - Rio de Janeiro RJ - Prêmio Mambembe - melhor ator em Na Solidão dos Campos de Algodão, de Bernard Marie Koltès, direção Gilberto Gawronski.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_teatro/index.cfm?fuseaction=personalidades_biografia&cd_verbete=836
  2. Gshow (28 de março de 2013). «De olho na bufunfa! Roberta decide entrar com tudo na caça aos diamantes de Vitório!». Vem por aí - Guerra dos Sexos. Consultado em 22 de dezembro de 2014. 
  3. «Com Juliana Knust, 'Uma Rua Sem Vergonha' estreia no dia 15 de julho no Multishow». Uma Rua Sem Vergonha - Multishow. 14 de junho de 2013. Consultado em 22 de dezembro de 2014. 
  4. SILVA, Jane Pessoa da. Ibsen no Brasil. Historiografia, Seleção de textos Críticos e Catálogo Bibliográfico. São Paulo: USP, 2007. Tese.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]