Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band"
Canção de The Beatles
do álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
Lançamento 26 de maio de 1967[1]
Gravação Abbey Road Studios, 1 de fevereiro de 1967
Gênero(s) Rock psicodélico,[2] hard rock[3]
Duração 2:00
Gravadora(s) Parlophone
Letra Lennon/McCartney
Produção George Martin
Faixas de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
"With a Little Help from My Friends"
(2)
"Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (Reprise)"
Canção de The Beatles
do álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
Lançamento 1 de junho de 1967
Gravação Abbey Road Studios, 1 de abril de 1967
Gênero(s) Rock
Duração 1:55
Gravadora(s) Parlophone
Letra Lennon/McCartney
Produção George Martin
Faixas de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
Good Morning Good Morning
(11)
"A Day In The Life"
(13)

"Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" é uma canção dos Beatles composta por Paul McCartney, mas creditada como Lennon-McCartney. Foi lançada no álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band de 1967. A gravação teve início em 1 de fevereiro de 1967.

A criação[editar | editar código-fonte]

A idéia partiu de Neil Aspinall que sugeriu que se eles abriram o disco com o convite da banda do Sargento Pimenta para participar do show, por que não terminar o disco com a despedida da banda, tal qual eles faziam quando se apresentavam ao vivo?. A sugestão foi muito bem aceita pelo grupo que resolveu materializá-la.

A letra traz os agradecimentos de todos, esperando ter agradado à audiência, lamentando a partida, mas dizendo que está na hora de ir embora. A música utiliza a mesma melodia da canção inicial, mas em ritmo rápido e bem rock'n'roll.

Era para ser a última música do álbum, mas como o acorde final de A Day In The Life era tão definitivo, passou a ser a penúltima, logo em seguida a Good Morning Good Morning. Estas duas canções inclusive casam-se muito bem: enquanto que uma inicia com o cacarejar de um galo e a outra inicia com um solo de guitarra parecido com o som de um galinha ciscando.

A contagem inicial de Paul McCartney - one, two, three, four - e a entrada forte da bateria de Ringo Starr, dão o toque mágico da música. Seguida a ela, após os aplausos finais, vem os acorde iniciais de A Day In The Life. Com esta canção, e o seu final apoteótico, o álbum é encerrado.

A gravação[editar | editar código-fonte]

Foram realizadas nove tomadas no dia 1 de abril de 1967, em onze horas ininterruptas de trabalho. A gravação foi concluída neste mesmo dia. A tomada 9 foi considerada a melhor e trabalhada em seus detalhes finais (ajustes de canais e overdubs) para a inclusão na fita master. No dia 20 de abril de 1967 foi feita a mixagem para estéreo. Nesta música, inicialmente gravou-se a bateria de Ringo com as duas guitarras de Paul e George. Depois, Paul gravou também o baixo. Os outros vocais foram gravados posteriormente, desta vez na presença de John.

O CD Anthology 2 apresenta uma versão diferente da do álbum, retirada da tomada 5, com Paul McCartney nos vocais.

Os músicos[editar | editar código-fonte]

Reprise:

Referências

  1. Everett 1999, p. 123. "In the United Kingdom Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band ... was rush-released six days ahead of its official date, June 1."
  2. Unterberger, Richie. «The Beatles 'Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band'». AllMusic. Consultado em 10 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 12 de fevereiro de 2011 
  3. MacDonald 2005, p. 233.
  4. The Beatles Recording Sessions

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]