Quanto Mais Quente Melhor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Some Like It Hot)
Disambig grey.svg Nota: ""Some Like It Hot"" redireciona para este artigo. Para o filme com Bob Hope, veja Some Like It Hot (1939).
Quanto mais Quente melhor
Some Like It Hot
Marilyn Monroe in Some Like It Hot trailer.jpg
 Estados Unidos
1959 •  p&b •  120 min 
Direção Billy Wilder
Roteiro Roteiro:
Robert Thoeren
Michael Logan
História:
Robert Thoeren
Michael Logan
Elenco Marilyn Monroe
Tony Curtis
Jack Lemmon
George Raft
Género comédia, musical
Companhia(s) produtora(s) United Artists
Idioma inglês

Quanto mais Quente melhor br[1]/pt[2] (no original em inglês Some Like It Hot) é um filme americano de 1959, do gênero comédia musical, dirigido por Billy Wilder. É estrelado por Marilyn Monroe, Tony Curtis e Jack Lemmon.[3] O roteiro escrito por Wilder e I. A. L. Diamond é baseado em uma história de Robert Thoeren e Michael Logan do filme francês Fanfare d'amour de 1935.[4]

Some Like It Hot estreou com sucesso de crítica e comercial e é considerado um dos maiores filmes de todos os tempos.[5] Recebeu seis indicações ao Oscar, incluindo Melhor Ator, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado, vencendo na categoria de Melhor Figurino.[6] Em 1989, a Biblioteca do Congresso o selecionou como um dos primeiros 25 filmes para preservação no National Film Registry dos Estados Unidos por ser considerado "culturalmente, historicamente ou esteticamente significativo".[7]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Dois músicos de jazz, acidentalmente, testemunham o Massacre do Dia de São Valentim, em Chicago (1929), executado por gângsters. Para escapar da perseguição, os dois se vestem de mulher, se maquiam e vão para Flórida e entram em uma banda só de moças.[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Marilyn Monroe .... Sugar Kane
  • Tony Curtis .... Joe/Josephine
  • Jack Lemmon .... Jerry/Daphne
  • George Raft .... Spats Colombo
  • Pat O'Brien .... Mulligan
  • Joe E. Brown .... Osgood Fielding III
  • Nehemiah Persoff .... Bonaparte
  • Joan Shawlee .... Sweet Sue
  • Billy Gray .... Sig Poliakoff
  • George E. Stone .... Toothpick Charlie
  • Dave Berry .... Beinstock

Recepção[editar | editar código-fonte]

No Rotten Tomatoes, o filme detém um índice de 94% aprovação com base em 66 críticas, com uma nota média de 9,1 de 10. O consenso crítico do site diz: "Some Like It Hot: uma farsa ágil e perspicaz que nunca se arrasta".[8] De acordo com o Metacritic, o filme alcançou uma pontuação média ponderada de 98 em 100 com base em 19 avaliações, indicando "aclamação universal".[9]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1960 (EUA)

Globo de Ouro 1960 (EUA)

  • Venceu nas categorias de melhor filme - comédia/musical, melhor ator - comédia/musical (Jack Lemmon) e melhor atriz - comédia/musical (Marilyn Monroe).

BAFTA 1960 (Reino Unido)

  • Venceu na categoria de melhor ator estrangeiro (Jack Lemmon).
  • Indicado na categoria de melhor filme de qualquer origem.

Referências

  1. «Quanto Mais Quente Melhor». no AdoroCinema 
  2. «Quanto Mais Quente Melhor». no CineCartaz (Portugal) 
  3. a b NostalgiaBR - "Quanto mais quente melhor" (acessado em 16 de junho de 2014)
  4. «Why you should watch Fanfaren Der Liebe, the original Some Like It Hot». The Guardian. 2 de abril de 2009. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  5. «Os cem melhores filmes de todos os tempos. Concorda?». Veja.com. 27 de julho de 2015. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  6. «Some Like It Hot» (em inglês). Oscars.org. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  7. «Entertainment: Film Registry Picks First 25 Movies». Los Angeles Times. 19 de setembro de 1989. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  8. «Some Like It Hot (1959)». Rotten Tomatoes. Consultado em 14 de dezembro de 2021 
  9. «Some Like It Hot». Metacritic. Consultado em 27 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]