Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região
(TRT7)
Organização
Criação 1946 (76 anos)
País  Brasil
Sede Fortaleza, Ceará
Composição 14 desembargadores
Designação Nomeação pelo presidente da República
Presidente Regina Gláucia Cavalcante Nepomuceno
(2021–2022)
Vice-presidente Fernanda Maria Uchoa de Albuquerque
Site oficial www.trt7.jus.br
Jurisdição
Tipo Tribunal do Trabalho
Jurisdição Territorial Estado do Ceará

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região, com sede em Fortaleza, estado do Ceará, é um órgão da Justiça do Trabalho, pertencente ao Poder Judiciário da República Federativa do Brasil, o qual exerce jurisdição em todo território do estado do Ceará.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A primeira instância do TRT7 possui 37 Varas do Trabalho, sendo 18 em Fortaleza e as outras 19 nas cidades de Aracati, Baturité, Caucaia (duas unidades), Crateús, Crato, Eusébio, Iguatu, Juazeiro do Norte (duas unidades), Limoeiro do Norte, Maracanaú (duas unidades), Pacajus, Quixadá, São Gonçalo do Amarante, Sobral (duas unidades) e Tianguá. Conta, ainda, com uma justiça itinerante para permitir às cidades mais distantes acesso mais facilitado ao poder judiciário trabalhista.[2]

Em novembro de 2021, a segunda instância era formada por 14 desembargadores.[3] Além do pleno, era composta por três turmas.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Justiça do Trabalho - TRT». Tribunal Superior do Trabalho. Consultado em 27 de março de 2019 
  2. «1ª Instância». Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. 14 de março de 2019. Consultado em 27 de março de 2019 
  3. «Quem Somos-Composição». Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. 20 de agosto de 2021. Consultado em 24 de novembro de 2021 
  4. «Quem Somos-Turmas». Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. 20 de agosto de 2021. Consultado em 24 de novembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]