ÓTV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste anexo necessitam de formatação (desde novembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
ÓTV
Grupo Paranaense de Comunicação
ÓTV.jpg
Logotipo da ÓTV.
País  Brasil
Fundação 19 de abril de 2011
Extinção 14 de dezembro de 2014
Pertence a Grupo Paranaense de Comunicação
Cidade de origem Paraná Curitiba, PR
Sede Bandeira de Curitiba.svg Curitiba, PR
Slogan Você liga. Liga você.
Cobertura Curitiba
Página oficial otv.tv.br
Disponibilidade por cabo
NET
Canal 11

ÓTV foi um canal de televisão por assinatura brasileiro pertencente ao Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCom). Entrou no ar em 19 de abril de 2011 e teve como objetivo aprofundar a cobertura jornalística referente à cidade de Curitiba, já existente em outros veículos de comunicação do grupo, e oferecer a seus telespectadores uma programação diferenciada, voltada aos acontecimentos da cidade[1] . Pôde ser acompanhado através do canal 11 da NET Digital de Curitiba[1] e pela internet, no site da emissora.

Na madrugada do dia 14 de dezembro de 2014 ao final do ÓTV Jornal, o canal entrou no jornal eletronico, cameras da cidade com o horário no canto da tela, e assim encerrou as atividades.

O canal ainda é recebido por alguns assinantes da NET Curitiba, mas só é exibida uma câmera ao vivo mostrando o centro da cidade de Curitiba e um relógio eletrônico no canto da tela.

História[editar | editar código-fonte]

A ÓTV entrou no ar às 17h do dia 19 de abril de 2011. O primeiro programa exibido pelo canal foi o Notícias da Hora, voltado aos acontecimentos mais importantes de Curitiba, com entradas ao vivo da redação do jornal Gazeta do Povo, que faz parte do mesmo grupo de comunicação[1] . No primeiro programa, o editor do jornal, Luiz Cláudio Soares de Oliveira, desejou sucesso à nova emissora e destacou a participação da Gazeta do Povo em sua programação[1] .

Programação[editar | editar código-fonte]

A emissora contava com 28 programas de jornalismo e entretenimento, transmitidos diariamente das 13h e 30m às 06h. 23 destes programas eram produções próprias do canal; os outros cinco eram reapresentações de programas locais da RPC TV, afiliada à Rede Globo e também pertencente ao GRPCom. De hora em hora, a emissora transmitia noticiários. Havia também um telejornal diário e programas de entrevista[1] . A outra parte da programação (06:00 até 13:30) era preenchida por um jornal eletrônico com prestação de serviço, informações sobre o trânsito com imagens ao vivo, previsão do tempo e notícias da versão online do jornal Gazeta do Povo[2] [3] .

Todos os programas tinham como público-alvo a população de Curitiba[1] .

A ÓTV foi extinta no dia 14 de dezembro de 2014. O fechamento faz parte de uma reestruturação interna do grupo (do qual fazem parte, ainda, a RPC TV, afiliada da Rede Globo no estado, as rádios 98 FM Curitiba, Mundo Livre FM de Curitiba e de Maringá e Continental AM de Curitiba, os jornais Gazeta do Povo, Tribuna do Paraná e Jornal de Londrina e o portal Paraná Online) que já causou, neste mês, o fim das transmissões esportivas da rádio 98 FM e o corte de diversos cargos em suas várias empresas.[4]

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]