A Panela do Diabo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Panela do Diabo
Álbum de estúdio de Raul Seixas & Marcelo Nova
Lançamento 19 de Agosto de 1989
Gravação 1989
Gênero(s) Rock and Roll e Rockabilly
Duração 42:13
Formato(s) LP
CD
Gravadora(s) WEA
Produção Pena Schmidt, Carlos Alberto Calazans, Marcelo Nova e Raul Seixas
Cronologia de Cronologia de estúdio por Raul Seixas
Último
Último
A Pedra do Gênesis
(1988)
Próximo
Próximo
Cronologia de Marcelo Nova
Último
Último
Marcelo Nova e a Envergadura Moral
(1988)
Blackout
(1991)
Próximo
Próximo

A Panela do Diabo é o décimo quinto e último álbum do cantor e compositor brasileiro Raul Seixas e o segundo álbum do cantor e compositor brasileiro Marcelo Nova (da banda Camisa de Vênus). Foi lançado em 1989, dois dias antes da morte de Raul, sendo um projeto dele com Marcelo Nova.

História[editar | editar código-fonte]

Raul Seixas havia passado por uma fase em que era discriminado pela mídia e pela indústria fonográfica, tendo gravado poucos álbuns de grande sucesso durante a década de 80 e se afastando dos palcos nos últimos anos. Seu último álbum solo, A Pedra do Gênesis de 1988, foi mais um fracasso comercial.[1]

A parceria de Marcelo Nova com Raul, no entanto, havia começado em 1987, quando Nova, em 1986 gravou "Ouro de Tolo", de Raul com sua banda e convidou o cantor para compor a música "Muita Estrela, pouca Constelação", uma crítica à indústria do entretenimento. A música foi gravada então, por Raul junto ao Camisa de Vênus no disco Duplo Sentido, o último álbum da banda nos anos 80, isto é, antes do seu retorno em meados da década de 90.[2]

Raul e Marcelo chegaram a fazer apresentações ao vivo para divulgar o novo disco, então em andamento, e se apresentaram em programas de televisão como Domingão do Faustão e Jô Soares Onze e Meia. Mas Raul, faleceu com o álbum ainda estreando nas prateleiras das lojas de discos. O LP "A Panela do Diabo" vendeu 150.000 cópias, rendendo a Raul um disco de ouro póstumo, entregue à sua família e também a Marcelo Nova, tornando-se assim, um dos álbuns de maior sucesso de sua carreira.[3]

Apesar do desgaste na voz de Raul, que se mostrou muito debilitado pela pancreatite aguda, os dois cantores tiveram destaque com as músicas "Carpinteiro do Universo" e "Pastor João e a Igreja Invisível".

Faixas[editar | editar código-fonte]

# Título Compositor(es) Duração
1. "Be-Bop-A-Lula"   Gene Vincent / Bill "Sheriff Tex" Davis 0:20
2. "Rock 'n' Roll"   Marcelo Nova / Raul Seixas 5:20
3. "Carpinteiro do Universo"   Raul Seixas / Marcelo Nova 4:34
4. "Quando Eu Morri"   Marcelo Nova 4:22
5. "Banquete de Lixo"   Marcelo Nova / Raul Seixas 5:55
6. "Pastor João e a Igreja Invisível"   Raul Seixas / Marcelo Nova 3:37
7. "Século XXI"   Marcelo Nova / Raul Seixas 4:05
8. "Nuit"   Raul Seixas / Kika Seixas 4:27
9. "Best Seller"   Marcelo Nova / Raul Seixas 3:48
10. "Você Roubou Meu Videocassete"   Raul Seixas / Marcelo Nova 2:45
11. "Cãibra no Pé"   Raul Seixas / Marcelo Nova 3:00

Músicos participantes[editar | editar código-fonte]

  • Guitarra: André Cristóvão
  • Guitarra - pedal steel: Ricky Ferreira
  • Vocais: Kris - Maria Eugênia - Fátima
  • Violão: Paulo Calazans
  • Violão de aço: Luiz Bueno de Carvalho

Banda Envergadura Moral[editar | editar código-fonte]

  • Teclados: Johnny Chaves
  • Baixo: Carlos Alberto Calazans
  • Bateria: Franklin Paolilo
  • Guitarra: Gustavo Mullem

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

  • Produzido pelos Putos Brothers: Schmidt, Calazans, Nova e Seixas
  • Direção Artística - Liminha
  • Gravado no Vice Versa SP, por Edu Santos
  • Masterizado por Cacá Lima
  • Assistentes - Guilherme e Oséas
  • Mixado nas ‘Nuvens’, RJ por Dom Vitório "O Governador" Farias
  • Assistente - Joca e Mauro
  • Corte - Paulo Torres, BMG Ariola
  • Fotos Capa - Dmimitri Lee
  • Produção da Foto - Lays Negrini
  • Agradecimentos - Govinda
  • Fotos Envelope - Ines Silva
  • Coordenação Gráfica - Silvia Panella & Henrique Lisboa

À José Roberto Abrahão

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Marcelo Nova é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.