Gonzaga - de Pai pra Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gonzaga - De Pai pra Filho)
Ir para: navegação, pesquisa
Gonzaga - de Pai pra Filho
Pôster oficial do filme.
 Brasil
2012 • cor • 120 min 
Direção Breno Silveira
Produção Cibele Santa Cruz
Conspiração Filmes
Roteiro Patricia Andrade
Elenco Martín Macías Trujillo
Gênero Biografia,Drama
Idioma Português
Figurino Claudia Kopke
Ana Avelar
Estúdio Globo Filmes
Distribuição Warner Bros. Pictures
Downtown Filmes
Lançamento 26 de outubro de 2012
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Gonzaga - de Pai pra Filho é um filme de drama brasileiro de 2012, dirigido por Breno Silveira, escrito por Patricia Andrade e estrelado por Nivaldo Expedito e Júlio Andrade. Inspirado na biografia dos cantores Luiz Gonzaga e Gonzaguinha, pai e filho respectivamente, o longa foi lançado nos circuitos nacionais em 26 de outubro de 2012 e foi transmitido pela Rede Globo em formato de microssérie entre 15 e 18 de janeiro de 2013, em 4 capítulos.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Luiz Gonzaga decide mudar seu destino e sai de casa jovem para a cidade grande para apagar uma tristeza amorosa. Ao chegar conhece uma mulher por quem se apaixona, a Odaléia (Nanda Costa). Após o nascimento do filho e complicações de saúde da esposa, ele decide voltar para a estrada para garantir os estudos e um futuro melhor para o herdeiro. Ele tem um amigo no Rio de Janeiro e com ele deixa o pequeno e sai pelo Brasil afora.

Só não imaginava que essa distância entre eles faria crescer uma complicada relação, potencializada pelas personalidades fortes de ambos. Baseada em conversas realizadas entre pai e filho, essa é a historia de Luiz Gonzaga um cantor e sanfoneiro, conhecido como Rei do Baião ou Gonzagão. Já seu filho Gonzaguinha, é com esse nome que ficou conhecido.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2010, foi anunciado que o filme entraria em produção.[8] No inicio apenas uma fita cassete e um livro serviu como fonte para iniciar o roteiro do filme. A fita é composta por Gonzaguinha falando sobre o seu pai, e o livro é "Gonzaguinha e Gonzagão: Uma História Brasileira", de Regina Echeverria.[9] O diretor Breno Silveira disse que não rodaria mais nenhuma biografia, promessa quebrada, e fez o filme-biografia de Era uma vez e depois entrou no projeto de fazer a biografia de Luiz Gonzaga.[8]

Cquote1.svg Não tinha nenhuma pretensão de continuar fazendo este tipo de filme, seguindo as pessoas famosas, até porque choveu gente querendo que eu contasse a vida delas. Cquote2.svg
Breno Silveira[10]

Em junho de 2011 a produtora Conspiração Filmes emitiu nota procurando atores para representarem o cantor e compositor Luiz Gonzaga.[11] [10] Nivaldo Expedito de Carvalho, mais conhecido como Chambinho do Acordeon, foi selecionado entre mais de 5 mil candidatos para interpretar Luiz Gonzaga.[12] Um ator que nunca tinha atuado antes. A sua inscrição foi feita por sua esposa.[13] [14]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As filmagens começaram em 10 de novembro de 2011, com a gravação de um show no Marco Zero, no Recife[15] [16] , com as presenças de Chambinho do Acordeon, Nando Cordel, Jozildo Sá e Santana. Depois, a equipe retomou as filmagens em fevereiro de 2012, com locações nas cidades de Exu, onde Luiz Gonzaga nasceu, Rio de Janeiro e nos arredores da Serra do Araripe.[13] [17]

Em abril de 2012, as filmagens ocorreram em Passa Quatro, onde foram filmadas cenas da Revolução Constitucionalista de 1932 e encenaram momentos da batalha no Túnel da Mantiqueira, para dar aquele toque de realismo.[18]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Critica[editar | editar código-fonte]

O critico Roberto Cunha do website AdoroCinema deu 4 de 5 estrelas para o filme. O critico disse que o filme possui "um elenco de desconhecidos de tirar o chapéu, de cangaço". Roberto finaliza a seu elogio ao filme relatando que "não assistir Gonzaga - De Pai pra Filho é tapar os ouvidos para uma grande (e dolorosa) história musical de dois caras talentosos que precisavam se entender, mostrada numa produção arretada de bom e, o melhor, não precisa ser fã".[19]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme ficou em uma boa posição dos filmes com as melhores bilheterias na semana de estréia. Só perdeu para 007 - Operação Skyfall, Atividade Paranormal 4 e Até que a Sorte nos Separe.[20] Em seus três primeiros dias em cartaz o filme atraiu mais de 190 mil espectadores aos cinemas e, arrecadado US$ 2,29 milhões, performance que lhe garantiu o posto de 4ª melhor abertura nacional do ano.[21]

Sendo relatado em diversos sites que o filme teve uma batalha acirrada com outro sucesso de bilheteria, a comédia Até que a Sorte nos Separe, com Leandro Hassum, que levou ao todo, dois milhões de espectadores, em seus dias de cartaz no cinema nacional.[22]

Referências

  1. Letícia Mendes (14/01/2013). 'Ganhei mais visibilidade', diz Julio Andrade sobre viver Gonzaguinha. Portal G1.
  2. Isabela Boscov. Nivaldo Expedito de Carvalho - ator. Veja São Paulo. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  3. Filmografia de Nivaldo de Carvalho. AdoroCinema. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  4. Gonzaga - de Pai pra Filho. Globo Filmes. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  5. Nanda Costa "ensinou" sanfoneiro a atuar em "Gonzaga". Folha de São Paulo (16 de outubro de 2012). Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  6. Programa do Jô (19 de outubro de 2012). Silvia Buarque está no elenco do filme Gonzaga – de pai para filho. Rede Globo. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  7. Atriz brasileira Claudio Jaborandy - Filmes. AdoroCinema. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  8. a b Fabrício Andrade (16 de dezembro de 2010). Depois do sucesso de Os dois filhos de Francisco, o diretor Breno Silveira, prometeu que não rodaria mais nenhuma biografia, mas agora ele vai fazer a de Luiz. Ps Cinema. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  9. Francisco Russo (1 de setembro de 2010). Vem aí cinebiografia de Luiz Gonzaga. AdoroCinema. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  10. a b Diretor de '2 Filhos de Francisco' quer ator para interpretar Luiz Gonzaga em filme biográfico. Paraiba (8 de junho de 2012). Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  11. Produtora busca ator para interpretar Luiz Gonzaga. Portal +ab. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  12. Stella Rodrigues (28 de agosto de 2012). Conheça Chambinho do Acordeon, o músico que interpretará Luiz Gonzaga em cinebiografia. Rolling Stone. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  13. a b Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Gonzaga". AdoroCinema. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  14. Francisco Russo (23 de junho de 2012). Divulgados dois vídeos de Gonzaga - De Pai para Filho. AdoroCinema. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  15. Cauê Muraro. ‘Gonzaga – de pai para filho’ começa a ser gravado em Recife. Grande Ponto. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  16. Aline Diniz (10 de dezembro de 2011). Começam as filmagens da cinebiografia do Rei do Baião. Omelete. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  17. Rodrigo Fonseca (6 de novamebro de 2012). Breno Silveira vai filmar a história de amor e dor entre Gonzaguinha e seu pai, Luiz Gonzaga. Globo.com. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  18. Filmagens do Filme sobre Luiz Gonzaga em Passa Quatro. Abpf. Página visitada em 26 de outubro de 2012.
  19. Roberto Cunha (Outubro de 2012). Críticas AdoroCinema Gonzaga - De Pai pra Filho. AdoroCinema. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  20. Inácio Alaiola (31 de outubro de 2012). Ranking Brasil – 007 e Rei do Baião lideram. Diário do Nordeste. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  21. Bilheterias Gonzaga - De Pai pra Filho. AdoroCinema. Página visitada em 3 de novembro de 2012.
  22. "Gonzaga - De Pai Para Filho" estreia em terceiro nas bilheterias brasileiras; "007" lidera. Portal UOL (28 de outubro de 2012). Página visitada em 3 de novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]