Junkers Ju 390

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Junkers Ju 390
Um Junker 390
Descrição
Fabricante Flag of German Reich (1935–1945).svg Junkers & Co.
Primeiro voo 20 de outubro de 1943
Entrada em serviço nunca
Missão bombardeiro de longo alcance/patrulha marítima/transporte pesado
Tripulação 10
Dimensões
Comprimento 34,20 m
Envergadura 50,30 m
Altura 6,89 m
Área (asas) 254 m²
Peso
Tara 39.500 kg
Peso total 53.112 kg
Peso bruto máximo 75.500 kg
Propulsão
Motores 6× motores radiais BMW 801D com 1.272 kW cada
Performance
Velocidade máxima 505 km/h
Alcance 9.700 km
Teto máximo 6.000 m
Armamento
Metralhadoras MG 151/20 de 20mm
MG 131 de 13mm

O Junkers Ju 390 foi um avião alemão desenvolvido pela Junkers & Co. durante a Segunda Guerra Mundial a partir do Junkers Ju 290, destinado a ser utilizado pela Luftwaffe como avião de transporte pesado, patrulha marítima e bombardeiro de longo alcance. Foi, juntamente com o Messerschmitt Me 264, o Focke-Wulf Ta 400 e o Heinkel He 277, um dos concorrentes ao projecto Amerika Bomber.[1]

Desenho e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Foram construídos dois protótipos, adicionando secções extra às asas (incluindo dois motores adicionais) e à fuselagem de um Ju 90 e de um Ju 290.

O primeiro protótipo, o V1, construído a partir da estrutura de um Ju 90 V6, fez o seu voo inaugural em 20 de outubro de 1943. O V1 teve um bom desempenho, levando a uma encomenda de 26 aparelhos, a ser designados Ju 390 V1, mas nenhum destes chegou a ser construído antes do cancelamento do projecto (juntamente com a produção do Ju 290) em meados de 1944. O segundo protótipo, o V2, era mais longo do que o V1 pois foi construído a partir da estrutura de um Ju 290 A1.

Estava previsto que as versões de patrulha marítima e bombardeiro de longo alcance seriam designadas Ju 390 B and Ju 390 C, respectivamente. Foi sugerido que a versão de bombardeiro poderia ter utilizado o caça parasita Messerschmitt Me 328 para auto-defesa, e acredita-se que foram efectuados alguns voos de testes por um protótipo de Ju 390 equipado com a bomba planadora anti-navio Fritz X.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Junkers Ju 390

Referências

  1. Green, William. Warplanes of the Third Reich. London: Macdonald and Jane's Publishers Ltd., 1970. pp. 519. ISBN 0-356-02382-6
  2. "Messerschmitt Me 328 Parasite Fighter." warbirdsresourcegroup.org. Visitado em 4 de setembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.