Macaca arctoides

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaMacaca arctoides
Macaca arctoides.png

Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Subreino: Eumetazoa
Superfilo: Deuterostomia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Infrafilo: Gnathostomata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Mammalia
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentalia
Ordem: Primates
Subordem: Haplorrhini
Infraordem: Simiiformes
Superfamília: Cercopithecoidea
Família: Cercopithecidae
Subfamília: Cercopithecinae
Tribo: Papionini
Género: Macaca
Espécie: M. arctoides
Nome binomial
Macaca arctoides
(I. Geoffroy, 1831)
Distribuição geográfica
Macaca arctoides(azul — espécie nativa, vermelho — introduzida, laranja — possivelmente extinta)
Macaca arctoides
(azul — espécie nativa, vermelho — introduzida, laranja — possivelmente extinta)

Macaca arctoides é uma espécie do gênero Macaca.

Os indivíduos da espécie Macaca arctoides são encontrados no Sul da Ásia. Na Índia, encontram-se ao sul do Rio Brahmaputra, no nordeste do país.[1] Sua presença no país estende-se de Assam e Meghalaya até Aruanchal Pradesh oriental, Nagaland, Manipur, Mizoram e Tripura. [2]

Apesar de se alimentarem primariamente de frutas, também comem diversos tipos de vegetação - tais como sementes, folhas e raízes - e caranguejos, sapos, ovos de pássaros e insetos.[3]

Características[editar | editar código-fonte]

Um filhote da espécie Macaca arctoides

Os indivíduos da espécie possuem pêlos longos, grossos e marrom escuro cobrindo o corpo. No entanto, a face e a cauda - que mede entre 32 e 69 mm - são desprovidos de pêlos. [3] Os filhotes nascem brancos e conforme amadurecem, escurecem. [3] Ao envelhecer, a face normalmente rosada ou avermelhada passa a ter um tom marrom próximo a negro e boa parte dos pêlos caem. [3] Os indivíduos machos são consideravelmente maiores que as fêmeas, medindo de 51.7 a 65 cm e pesando de 9.7 a 10.2 kg, enquanto as fêmeas medem de 48.5 a 58.5 cm e pesam de 7.5 a 9.1 kg.[3] Os dentes caninos dos machos apresentam importante relação com o estabelecimento de dominância social em determinado grupo e, portanto, são mais alongados do que os observados nas fêmeas. [3] Como todos os macacos, esta espécie apresenta bolsas nas bochechas para estocar comida por um curto período.[3]

Habitat[editar | editar código-fonte]

Este macaco do velho mundo é quadrupede e, não sendo muito ágil em árvores, locomove-se preferencialmente no solo. [3] Comumente encontrado em florestas subtropicais e tropicais, pode apresentar-se em diferentes elevações, dependendo da precipitação local.[3] Depende de florestas úmidas para obter comida e abrigo e por isso não é encontrado em florestas secas, excetuando-se na região dos Himalaias da Índia.[3] A espécie está distribuída do nordeste da Índia e sul da China até a ponta nordeste do Oeste da Malásia na Península da Malásia.[3] Também é encontrada em Myanmar, Tailândia, Vietnã e Bangladesh oriental.[3] Uma população foi introduzida para estudos em Tanaxpillo - uma ilha desabitada no Lago Catemaco, Veracruz, México - em 1974. [3] A maioria das informações acerca desta espécie provém dessa população introduzida em Tanaxpillo e de outros cativeiros. Poucos longos estudos foram conduzidos sobre esta espécie em ambientes selvagens.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Choudhury, A.U. (1988) Priority ratings for conservation of Indian primates. Oryx 22: 89-94.
  2. Choudhury, A.U. (2002) Status and conservation of the stump-tailed macaque Macaca arctoides in India. Primate Report 63: 63-72.
  3. a b c d e f g h i j k l m n Cawthon Lang KA (2005-10-04). Primate Factsheets: Stump-tailed macaque (Macaca arctoides) Taxonomy, Morphology, & Ecology. Página visitada em 2008-04-17.
Ícone de esboço Este artigo sobre Macacos do Velho Mundo ou Hominoidea, integrado ao WikiProjeto Primatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.