Cercopithecidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCercopithecidae[1]
Ocorrência: Oligoceno–Recente
Babuíno Papio anubis

Babuíno Papio anubis
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Subordem: Haplorrhini
Infraordem: Simiiformes
Parvordem: Catarrhini
Superfamília: Cercopithecoidea
Gray, 1821
Família: Cercopithecidae
Subfamílias
Cercopithecinae - 12 gêneros

Colobinae - 10 gêneros

Cercopithecidae é uma família de primatas dentro da superfamília Cercopithecoidea, no clado Catarrhini. Também são chamados de Macacos do Velho Mundo. São nativos da África e Ásia, habitando vários ambientes, desde savanas até florestas tropicais, terrenos montanhosos, e áreas semi-áridas. Existe registro fóssil na Europa. Atualmente, apenas uma espécie, possivelmente introduzida, habita a Europa, em Gibraltar. Os babuínos, mandril e langures são exemplos de Cercopithecidae.

Características[editar | editar código-fonte]

São macacos de médio a grande porte, e possuem formas arborícolas como os do gênero Colobus e formas essencialmente terrestres, como os babuínos. As menores espécies são do gênero Miopithecus, com comprimento do corpo entre 34 e 37 cm, e pesando entre 700 g e 1,3 kg, enquanto que o maior é o mandril, com cerca de 70 cm de comprimento e pesando mais de 50 kg.[2]

Diferem dos hominóides por possuírem cauda, e ao contrário do que observado com os macacos do Novo Mundo, a cauda nunca é preênsil. Tecnicamente, a distinção entre catarrinos e platirrinos depende da estrutura do nariz, e a distinção entre Cercopithecidae e Hominoidea depende da dentição (o número nos dois é o mesmo, mas diferem em termo de morgologia).

Paracolobus chemeroni

Muitos cercopitecídeos possuem características estranhas. Os macacos do gênero Colobus possuem polegares vestigiais que auxiliam na locomoção arborícola; o macaco-narigudo possui um grande nariz, enquanto que os macacos do gênero Rhinopithecus possuem o nariz muito diminuto; o pênis do mandril é vermelho e o escroto possui cor lilás, enquanto que a face também possui uma coloração vívida que se desenvolve apenas no macho dominante.

Muitos membros da família são parcialmente onívoros, mas a maior parte se alimenta predominantemente de plantas. Os membros da subfamília Colobinae são os mais especializados na folivoria, mas os da subfamília Cercopithecinae são predadores oportunistas, mas comem na maior parte das vezes, frutas e outros itens de origem vegetal.[2] O macaco-de-gibraltar e alimenta principalmente de folhas e raízes, mas também pode comer insetos e pequenos vertebrados.[3]

A gestação é de cinco a sete meses de duração. Nasce um filhote por vez, embora, como em humanos, podem nascer gêmeos. Os juvenis são relativamente bem desenvolvidos, e capazes de escalar e se segurar na pelagem da mãe logo ao nascimento. Comparado com outros mamíferos, a maturidade sexual é tardia, ocorrendo entre quatro e seis anos de idade em muitas espécies.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Duas subfamílias são conhecidas: Cercopithecinae, que ocorre principalmente na África, e Colobinae, que ocorre majoritariamente na Ásia. Entretanto, membros dessas subfamílias podem ser encontrados em embos os continentes.

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Cercopithecidae
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cercopithecidae

Referências

  1. Groves, C.P.. In: Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.). Mammal Species of the World. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. Seção Order Primates. 152-178 pp. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494.
  2. a b Brandon-Jones, Douglas & Rowell, Thelma E.. In: Macdonald, D.. The Encyclopedia of Mammals. New York: Facts on File, 1984. 370–405 pp. ISBN 0-87196-871-1.
  3. Ciani, Andrea Camperio, Loredana Martinoli, Claudio Capiluppi, Mohamed Arahou, and Mohamed Mouna. "Effects of Water Availability and Habitat Quality on Bark-Stripping Behavior in Barbary Macaques." Conservation Biology 15.1 (n.d.): 259-65. JSTOR. Web. 14 Nov. 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre Macacos do Velho Mundo ou Hominoidea, integrado ao WikiProjeto Primatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.