Cercopithecus neglectus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaCercopithecus neglectus[1]
Cercopithecus neglectus.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1) [2]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Família: Cercopithecidae
Género: Cercopithecus
Espécie: C. neglectus
Nome binomial
Cercopithecus neglectus
Schlegel, 1876
Distribuição geográfica
Cercopithecus neglectus distribution.svg

Cercopithecus neglectus é um Macaco do Velho Mundo endêmico de áreas alagadas da África Central. É um dos primatas africanos de distribuição geográfica mais ampla em florestas.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Localmente é conhecido por "macaco-do-pântano".[3]

Descriçãon[editar | editar código-fonte]

Possui coloração cinza com as costas de cor avermelhada, membros e cauda pretos e dorso de cor branca. Possui uma listra branca nas coxas, e marcas laranjas aparecem na testa. As pálpebras são brancas, assim como a barba e o focinho. Devido a sua aparência distinta, é referido, muitas vezes, em inglês, como "Ayatollah monkey", pois possui barba parecida com do Aiatolá Ruhollah Khomeini. Ambos os sexos possuem bolsas nas bochechas para carregar comida enquanto forrageiam, e machos possuem o escroto azul.

É uma espécie sexualmente dimórfica: machos pesam cerca de 7 kg, enquanto fêmeas pesam até 4kg.[4]

Distribuição geográfica e habitat[editar | editar código-fonte]

Habita pântanos, florestas de bambu, e florestas secas de Angola, Camarões, República Centro-Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, Guiné Equatorial, Etiópia, Gabão, Quênia, Sudão e Uganda. São principalmente arborícolas.[2] [5]

Comportamento e ecologia[editar | editar código-fonte]

Mother with young

Não existem estudos da espécie em liberdade, mas pensa-se que corresponde aos outros membros do gênero Cercopithecus, que vivem até 30 anos em cativeiro. É um primata territorial, que vive em pequenos grupos sociais. Existe uma hierarquia, com um macho dominante.[4]

Possuem predadores como o leopardo, o chimpanzé-comum e seres humanos.[4]

Referências

  1. Groves, C.. In: Wilson, D. E., and Reeder, D. M. (eds). Mammal Species of the World. 3rd edition ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 16 de novembro de 2005. Capítulo: Order Primates. , 157 p. ISBN 0-801-88221-4 OCLC 62265494
  2. a b c Struhsaker, S., Oates, J. F., Hart, J. & Butynski, T. M. (2008). Cercopithecus neglectus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 05 de abril de 2013.
  3. Eng, Curtis. (March/April 1998). "AZA Species Survival Plan Profile: De Brazza's Monkey". Endangered Species UPDATE: 25–26. School of Natural Resources and Environment, University of Michigan.
  4. a b c Stein, J. (2002). Cercopithecus neglectus. Animal Diversity Web. Página visitada em 2012-04-30.
  5. Karere G. Mugambi, Thomas M. Butynski, Mbaruk A. Suleman & Wilbur Ottichilo. The vanishing De Brazza's monkey (Cercopithecus neglectus Schlegel) in Kenya. International Journal of Primatology. Página visitada em 2008-03-18.
Ícone de esboço Este artigo sobre Macacos do Velho Mundo ou Hominoidea, integrado ao WikiProjeto Primatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.