Museu de Arte Popular da Paraíba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MAPP semanas antes de sua inauguração.
Museu dos Três Pandeiros.jpg

O Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), também conhecido como Museu dos Três Pandeiros, está localizado às margens do Açude Velho na cidade brasileira de Campina Grande, estado da Paraíba. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, sendo sua última obra, o museu faz parte da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).[1] Foi inaugurado no dia 13 de dezembro de 2012.[2]

Quando estiver em funcionamento, o museu vai acolher trabalhos dos mais talentosos artistas paraibanos, como Sivuca, Jackson do Pandeiro, Marinês, Elba Ramalho, entre outros. A ideia é que cada uma das três estruturas circulares remeta a um determinado gênero de arte.[3]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A obra ocupa 972 metros quadrados de área construída e se destaca pelos traços ousados tendo uma área construída de 25 metros dentro do espelho d’água do Açude Velho.[3] É a última edificação contemporânea finalizada assinada em vida pelo arquiteto Oscar Niemeyer.[2]

O Complexo é apelidado de Museu dos Três Pandeiros por causa do formato circular das suas três salas de exibições.[4]

Referências

  1. G1. Última obra de Niemeyer, Museu dos Três Pandeiros é inaugurado na PB. Página visitada em 14 de dezembro de 2012.
  2. a b UEPB. Museu de Arte Popular da Paraíba é inaugurado em solenidade marcada pela emoção. Página visitada em 14 de dezembro de 2012.
  3. a b G1. Museu de Arte Popular, obra de Niemeyer, é inaugurado na Paraíba. Página visitada em 14 de dezembro de 2012.
  4. PINIweb. Museu projetado por Oscar Niemeyer em Campina Grande, na Paraíba, será aberto. Página visitada em 14 de dezembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]