The Wire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
The Wire
A Escuta (BR)
Informação geral
Formato Seriado
Gênero Drama
Duração 55 minutos
Criador(es) David Simon
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) David Simon
Karen L. Thorson
Elenco Dominic West
John Doman
Idris Elba
Frankie Faison
Larry Gilliard, Jr.
Wood Harris
Deirdre Lovejoy
Wendell Pierce
Lance Reddick
Andre Royo
Sonja Sohn
Chris Bauer
Paul Ben-Victor
Clarke Peters
Amy Ryan
Aidan Gillen
Jim True-Frost
Robert Wisdom
Seth Gilliam
Domenick Lombardozzi
J. D. Williams
Michael K. Williams
Corey Parker Robinson
Reg E. Cathey
Chad Coleman
Jamie Hector
Glynn Turman
Clark Johnson
Thomas McCarthy
Gbenga Akinnagbe
Neal Huff
Jermaine Crawford
Tristan Wilds
Michael Kostroff
Michelle Paress
Isiah Whitlock, Jr.
Tema de abertura "Way Down in the Hole"
Tema de
encerramento
"The Fall", de Blake Leyh
Exibição
Emissora de
televisão original
HBO
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 2 de junho de 20029 de março de 2008
N.º de temporadas 5
N.º de episódios 60

The Wire é uma série de televisão norte-americana criada pelo escritor e repórter policial David Simon e transmitida pela HBO nos Estados Unidos. The Wire estreou em 2 de junho de 2002 e encerrou-se em 9 de março de 2008, tendo sessenta episódios e cinco temporadas.

Apesar de apenas ter recebido classificações modestas e nunca ter ganho prêmios importantes, The Wire é descrita por muitos críticos como um dos maiores dramas da TV de todos os tempos. A revista Entertainment Weekly elegeu The Wire sendo o maior seriado de todos os tempos.[1] [2] [3] [4] [5] [6] [7]

Conceito[editar | editar código-fonte]

David Simon, criador de The Wire.

The Wire foi concebida por David Simon, ex-jornalista, e Ed Burns, ex-policial e professor em Baltimore. A série inova ao ter uma perspectiva ampla e multilateral dos temas tratados. Cada temporada funciona como um romance com início, meio e fim, tendo sempre diferentes personagens no foco central, sem no entanto abandonar os personagens já conhecidos. As histórias foram baseadas nas experiências dos dois criadores: Simon é o autor de Homicide: A Year in the Killing Streets, que narra o cotidiano real do Departamento de Homicídios de Baltimore nos anos 80, onde conheceu Burns. Os dois juntos escreveram The Corner: A Year in the Life of an Inner-City Neighborhood, que descreve o cotidiano real de uma família em um gueto dominado pelo tráfico. Os dois livros viraram séries de TV nos anos 90, e inspiraram a maioria dos personagens e histórias apresentados em The Wire.

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Primeira temporada[editar | editar código-fonte]

Na primeira temporada, acompanha o quotidiano de policiais de Baltimore investigando as atividades de um traficante de drogas através de uma escuta telefónica enquanto lidam com a burocracia e as próprias limitações, ao mesmo tempo que mostra o quotidiano dos traficantes e de usuários de drogas convivendo com a violência e as contradições da vida nos guetos norte-americanos.

Segunda temporada[editar | editar código-fonte]

A segunda temporada passa o foco central ao cotidiano dos estivadores de Baltimore, lidando com as transformações econômicas pelas quais a cidade passa e as consequências disso para a vida dos trabalhadores de classe média baixa, que passam a se envolver com a criminalidade. Assim, é mantido um foco secundário nas atividades dos policiais, traficantes e usuários mostrados na primeira temporada.

Terceira temporada[editar | editar código-fonte]

A terceira temporada abandona os estivadores e retoma o foco no conflito entre policiais e traficantes, além de dar uma atenção maior para a política local, através do cotidiano de um vereador. Esta temporada ficou marcada por lidar com o tema da legalização das drogas. O final da terceira temporada foi acompanhado por um hiato de um ano em que a produção da série foi interrompida.

Quarta temporada[editar | editar código-fonte]

A quarta temporada continua a acompanhar a guerra entre a polícia e o tráfico, mas traz o foco das escolas, mostrando o cotidiano de professores e alunos da oitava série, lidando com a presença do tráfico em suas vidas. Esta temporada foi baseada na experiência de Ed Burns como um ex-policial que se torna um professor. Há também um foco maior na política, no contexto de eleições municipais em Baltimore, e o cotidiano do prefeito e daqueles ao seu redor. Novamente, houve um hiato de dois anos após o fim.

Quinta temporada[editar | editar código-fonte]

Na quinta temporada, a redação do jornal The Baltimore Sun passa a ser o centro das atenções. A experiência de David Simon como repórter do jornal é usada como base para a história, que ainda lida com a precariedade da atividade policial com um orçamento reduzido e os obstáculos enfrentados por um prefeito ambicioso buscando o crescimento na carreira política.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco de The Wire.

O elenco de The Wire é formado principalmente por atores pouco conhecidos.[8] Não há um personagem central, e nenhum ator participou de todos os episódios. A série ficou marcada pelo elenco predominantemente negro, algo raro para a televisão americana.

Durante a série, principalmente a partir da terceira temporada, houve uma preferência por atores naturais de Baltimore, em muitos casos sem experiência com atuação, mas com conhecimento do estilo de vida retratado. Há uma grande quantidade de criminosos reformados (como Felicia Pearson) ou ex-policiais entre o elenco, inclusive alguns que inspiraram outros personagens, como Melvin Williams (que inspirou Avon Barksdale),[9] Donnie Andrews (que foi uma das inspirações para Omar Little)[10] e Jay Landsman (que inspirou o personagem de mesmo nome).[11]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Resultado Ano Prêmio Categoria
Vencedor 2002 TIME Magazine's Best List Top Television Show
Vencedor 2003 Peabody Award N/A
Vencedor 2003 American Film Institute Television Program of the Year
Nomeado 2003 Prix Edgar-Allan-Poe Best Television Episode
Nomeado 2003 NAACP Image Award Outstanding Drama Series
Nomeado 2003 Television Critics Association Program of the Year
Nomeado 2003 Television Critics Association Outstanding New Program
Nomeado 2003 Television Critics Association Outstanding Achievement in Drama
Vencedor 2004 ASCAP Award Film & Music TV Award
Nomeado 2004 NAACP Image Award Outstanding Drama Series
Nomeado 2004 NAACP Image Award Outstanding Actor in a Drama Series - Wendell Pierce
Nomeado 2004 Television Critics Association Outstanding Achievement in Drama
Vencedor 2005 Broadcasting & Cable Critics Poll Best Drama
Nomeado 2005 Emmy Award Outstanding Writing for a Drama Series
Nomeado 2005 NAACP Image Award Outstanding Drama Series
Nomeado 2005 NAACP Image Award Outstanding Supporting Actor in a Drama Series - Idris Elba
Nomeado 2005 NAACP Image Award Outstanding Supporting Actress in a Drama Series - Sonja Sohn
Vencedor 2006 TIME Magazine's 10 Best TV Shows Top Television Show
Nomeado 2006 American Film Institute Television Program of the Year
Vencedor 2007 Prix Edgar-Allan-Poe Best Television Feature/Mini-Series Teleplay
Nomeado 2007 NAACP Image Award Outstanding Drama Series
Nomeado 2007 NAACP Image Award Outstanding Actor in a Drama Series - Michael K. Williams
Nomeado 2007 NAACP Image Award Outstanding Support Actor in a Drama Series - Wendell Pierce
Nomeado 2007 NAACP Image Award Outstanding Support Actor in a Drama Series - Glynn Turman
Nomeado 2007 NAACP Image Award Directing in a Dramatic Series - Seith Mann
Nomeado 2007 Television Critics Association Program of the Year
Nomeado 2007 Television Critics Association Outstanding Achievement in Drama
Vencedor 2007 Writers Guild of America Award Dramatic Series
Nomeado 2007 Writers Guild of America Award Episodic Drama - “Final Grades” teleplay by David Simon, story by David Simon and Ed Burns

Episódios[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Transmissão original Lançamento em DVD
Início Término Região 1 Região 2 Região 4 Discos
1 13 2 de junho 2002 8 de setembro de 2002 12 de outubro de 2004 18 de abril de 2005 11 de maio de 2005 5
2 12 1 de junho de 2003 24 agosto de 2003 25 de janeiro de 2005 10 de outubro de 2005 3 de maio de 2006 5
3 12 19 de setembro 2004 19 de dezembro de 2004 8 de agosto de 2006 5 de fevereiro de 2007 13 de agosto de 2008 5
4 13 10 de setembro de 2006 10 de dezembro de 2006 4 de dezembro de 2007 10 de março de 2008 13 de agosto de 2008 4
5 10 6 de janeiro de 2008 9 de março de 2008 12 de agosto de 2008 22 de setembro de 2008 3 de fevereiro 2010 4

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em sua 1ª temporada, The Wire teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. Alcançou uma pontuação de 78% no Metacritic.[12]

Referências

  1. Traister, Rebbeca (September 15, 2007). The best TV show of all time Salon.com. Página visitada em March 7, 2008.
  2. The Wire: Season 4 Metacritic. Página visitada em March 7, 2008.
  3. The Wire: Season 5 Metacritic. Página visitada em March 7, 2008.
  4. "The Wire: arguably the greatest television programme ever made", Telegraph, April 2, 2009. Página visitada em April 2, 2009.
  5. Wilde, Jon. "The Wire is unmissable television", guardian.co.uk, July 21, 2007. Página visitada em September 7, 2009.
  6. Carey, Kevin. "A show of honesty", guardian.co.uk, February 13, 2007. Página visitada em September 7, 2009.
  7. Roush, Matt (February 25, 2013). "Showstoppers: The 60 Greatest Dramas of All Time". TV Guide. pp. 16-17.
  8. Margaret Talbot (2007). Stealing Life The New Yorker. Página visitada em October 14, 2007.
  9. Glenny, Misha. "David Simon: Mean streets", The Daily Telegraph, 2008-09-13. Página visitada em 2010-04-26.
  10. Fenton, Justin. "Donnie Andrews, inspiration for Omar character on "The Wire," dies", The Baltimore Sun, December 14, 2012. Página visitada em December 20, 2012.
  11. Character profile – Jay Landsman HBO (2006). Página visitada em December 19, 2007.
  12. The Wire (em inglês) Metacritic. Página visitada em 22 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Wire