Through the Rain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A página está num processo de expansão ou reestruturação.
Esta página atravessa um processo de expansão ou reestruturação. A informação presente poderá mudar rapidamente, podendo conter erros que estão a ser corrigidos. Todos estão convidados a contribuir e a editar esta página. Caso esta não tenha sido editada durante vários dias, retire esta marcação.

Esta página foi editada pela última vez por Music01 (D C) há 3 meses atrás. (Recarregar)

"Through the Rain"
Single de Mariah Carey
do álbum Charmbracelet
Lançamento 17 de outubro de 2002 (2002-10-17)
Formato(s) CD single, maxi single, download digital
Gravação 2002
Gênero(s) Pop, R&B
Duração 4:48
Gravadora(s) Island
Composição Mariah Carey, Lionel Cole
Produção Mariah Carey, Jimmy Jam and Terry Lewis
Cronologia de singles de Mariah Carey
Último
Último
"Reflections (Care Enough)"
(2001)
"Boy (I Need You)"
(2003)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de Charmbracelet
Último
Último
"Boy (I Need You)"
(2)
Próximo
Próximo

"Through the Rain" é uma canção da artista musical estadunidense Mariah Carey, contida em seu nono álbum de estúdio Charmbracelet (2002). Foi composta pela própria com o auxílio de Lionel Cole, sendo que a sua produção ficou a cargo de Carey e Jimmy Jam and Terry Lewis.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Após receber o prêmio de Artist of the Decade durante os Billboard Music Awards de 2000 e uma condecoração de Best-Selling Female Artist of the Millennium nos World Music Awards do mesmo ano,[1] Carey saiu da Columbia Records e assinou com a Virgin Records — empresa subsidiária da EMI Music — um contrato de US$ 100.000.000 de cinco álbuns.[2] Ela afirmou diversas vezes que a Columbia viu-a como uma mercadoria, com sua separação de Tommy Mottola agravando suas relações com os executivos da gravadora, já que ele era o chefe.[3] Meses depois, em julho de 2001, foi noticiado que a cantora sofreu um colapso físico e emocional, seguido do rompimento de seu namoro com o ícone latino Luis Miguel.[3] Em entrevista ao periódico USA Today no ano seguinte, a artista disse: "Eu estava com as pessoas que realmente não me conheciam, e eu não tinha uma assistente pessoal. Eu fazia entrevistas durante o dia todo e tinha cerca de duas horas de sono por noite, se pudesse".[4] Carey começou a divulgar mensagens preocupantes em sua página oficial, e apresentou um comportamento errático em diversas apresentações ao vivo.[5] Em 19 de julho de 2001, ela fez uma aparição surpresa no programa televisivo Total Request Live, da MTV.[6] Conforme o apresentador Carson Daly começou a gravar após um intervalo comercial, a cantora apareceu com um carrinho de sorvetes e distribuiu-os aos espectadores, vestindo uma larga camisa cinza. Depois, ela fez um strip-tease, no qual ela tirou a camisa cinza para revelar um pequeno e apertado conjunto, de cor verde e amarela.[6] Após a artista revelar que Daly estava ciente de sua presença no prédio antes de comparecer no programa, sua aparição no programa recebeu forte atenção da mídia.[5] Apenas alguns dias depois, Carey começou a postar mensagens de voz irregulares e cartas em sua página oficial:

Após a remoção rápida das mensagens, Cindi Berger, publicitária da cantora, comentou que Carey estava "obviamente exausta e não pensava com clareza" quando divulgou as cartas.[7] Em 26 de julho, ela foi hospitalizada, citando um "cansaço extremo" e um "colapso físico e emocional".[8] Páginas da Internet e noticiários começaram a relatar que a artista ameaçou cometer suicídio cortando os pulsos na noite anterior e como sua mãe Patricia Carey estava procurando por ajuda.[8] Quando questionada sobre o rumor do suicídio de Carey, Berger afirmou que ela havia quebrado pratos por desespero, e como resultado, acidentalmente cortou suas mãos e seus pés.[8] Carey foi introduzido em um hospital não revelado pela ONU em Connecticut, permanecendo internada e sob os cuidados de um médico durante duas semanas, seguida de uma ausência prolongada do público.[8] Após a grande cobertura da mídia em relação ao colapso de Carey e sua subsequente hospitalização, a Virgin e a 20th Century Fox atrasaram em diversas semanas o lançamento de Glitter (2001), filme estrelado por Carey, e sua trilha sonora correspondente (2001).[7]

Glitter e sua trilha sonora acompanhante foram universalmente negativadas;[9] [10] ambos os projetos foram um fracasso comercial,[11] com a trilha sonora sendo o álbum de Carey com menos vendagem até então. O jornal St. Louis Post-Dispatch descreveu tal negativação como "uma confusão absoluta que vai descer como um defeito irritante em uma carreira que, embora nem sempre tenha sido aclamada pela crítica, foi, pelo menos, quase sempre bem sucedida".[12] Após a grande negativação em relação à vida pessoal de Carey na época, bem como uma má recepção dos projetos, a Virgin residiu seu contrato de cinco álbuns no valor de US$ 100.000.000 e pagou-lhe apenas metade do valor proposto.[2] [13] Logo depois, Carey viajou a Capri, Itália, durante um período de cinco meses, no qual ela começou a escrever material para seu novo álbum, decorrente de todas as experiências pessoais que ela sofreu no ano passado.[5] Posteriormente, ela disse que o seu tempo na Virgin foi "um completo e total estresse. (...) Eu fiz uma decisão totalmente precipitada que foi baseada em dinheiro, e eu nunca tomei decisões baseadas em dinheiro. Aprendi uma grande lição com isso".[14] Mais tarde, naquele ano, ela assinou um contrato com a Island Records em um valor maior a US$ 24.000.000[15] e iniciou as atividades de própria empresa, a MonarC Entertainment. Para aumentar ainda mais a carga emocional da intérprete, seu pai, com quem ela teve pouco contato desde a infância, morreu de câncer naquele ano.[16]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe da música foi dirigido por Dave Meyers e filmado na cidade de Nova Iorque.[17] O clipe tem a participação dos atores J. D. Williams e Jamie-Lynn Sigler.[17]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

Canadá/Europa CD single[18]
N.º Título Duração
1. "Through the Rain" (LP Version) 4:47
2. "Through the Rain" (Remix) 3:31
3. "Through the Rain" (Full Intention Radio Edit) 3:57
4. "Through the Rain" (Boris & Michi's Radio Mix) 3:59
Estados Unidos CD single[19]
N.º Título Duração
1. "Through the Rain" (Album Version) 5:51
2. "Through the Rain" (Hex Hector/Mac Quayle Radio Edit) 4:11
3. "Bringin' on the Heartbreak" (Live Version) 4:50

Créditos[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de "Through the Rain", de acordo com o encarte do álbum Charmbracelet:[20]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabelas Musicais (2002) Melhor
posição
 Austrália - Australian Singles Chart[21] 15
 Áustria - Austrian Singles Chart[22] 45
 Bélgica - Belgian Flandres Singles Chart[23] 44
 Bélgica - Belgian Wallonia Singles Chart[24] 29
 Canadá - Canadian Singles Chart[25] 5
 Dinamarca - Danish Singles Chart[26] 13
 Países Baixos - Dutch Singles Chart[27] 9
 França - French Singles Chart[28] 22
 Alemanha - German Singles Chart[29] 36
 Irlanda - Irish Singles Chart[30] 16
 Itália - Italian Singles Chart[31] 7
 Japão - Japanese Singles Chart[32] 26
 Nova Zelândia - New Zealand Singles Chart[33] 37
 Noruega - Norwegian Singles Chart[34] 15
Flag of Spain.svg Espanha - Spanish Singles Chart[35] 1
 Suécia - Swedish Singles Chart[36] 7
Suíça - Swiss Singles Chart[37] 7
 Reino Unido - UK Singles Chart[38] 8
 Estados Unidos - Billboard Hot 100[39] 81
 Estados Unidos - Hot Adult Contemporary Tracks[39] 17
 Estados Unidos - Billboard Hot Dance Club Play[39] 1
 Estados Unidos - Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs[39] 69

Certificações[editar | editar código-fonte]

País / Certificadora Certificação
Canadá / Music Canada Gold.png Ouro[40]

Referências

  1. Winners of the World Music Awards (em inglês) World Music Awards Société des bains de mer de Monaco. Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2000.
  2. a b EMI Drops Mariah Carey (em inglês) BBC News BBC Online. British Broadcasting Corporation (31 de janeiro de 2002). Visitado em 24 de agosto de 2014.
  3. a b Friedman, Roger (26 de julho de 2001). Mariah Melts Down; Madonna Disappoints (em inglês) Fox News Channel. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  4. Gardner, Elysa (28 de novembro de 2002). Mariah Carey, 'Standing Again' (em inglês) USA Today Gannett Company. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  5. a b c Pareles, Jon (22 de janeiro de 2002). Record Label Pays Dearly To Dismiss Mariah Carey (em inglês) The New York Times The New York Times Company. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  6. a b c Vineyard, Jennifer (13 de outubro de 2005). Mariah Carey Hospitalized For 'Extreme Exhaustion' (em inglês) MTV News. Viacom. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  7. a b Vineyard, Jennifer (13 de outubro de 2005). Mariah Carey Had 'Breakdown,' Her Publicist Says (em inglês) MTV News. Viacom. Visitado em 24 de outubro de 2014.
  8. a b c d Gardner, Elysa (9 de setembro de 2001). Mystery Shadows Carey's Career, Pressures Linger After Singer's Breakdown (em inglês) USA Today Gannett Company. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  9. Glitter (2001) (em inglês) Rotten Tomatoes. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  10. Glitter – Mariah Carey – Metacritic (em inglês) Metacritic. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  11. Patterson, Sylvia (17 de março de 2000). Mariah Carey: Come in and Smell the Perfume (em inglês) The Daily Telegraph Telegraph Media Group. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  12. Johnson, Kevin C. (16 de setembro de 2001). Mariah Carey's 'Glitter' is a Far Cry from Golden (em inglês) St. Louis Post-Dispatch Lee Enterprises. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  13. Zwecker, Bill (22 de janeiro de 2002). Mariah Carries On With Record Deal, Recovery (em inglês) Chicago Sun-Times Sun-Times Media Group. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  14. Adams, Josh (6 de fevereiro de 2006). The Fall and Rise of Mariah Carey (em inglês) BBC News BBC Online. BBC. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  15. Holson, Lisa (21 de fevereiro de 2002). Mariah Carey And Universal Agree to Terms Of Record Deal (em inglês) The New York Times The New York Times Company. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  16. Dotson, Rader (5 de maio de 2005). I Didn't Feel Worthy Of Happiness (em inglês) Parade American Media, Inc.. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  17. a b Mariah Carey Insists She Just Needed Sleep, Taps Family History For Clip MTV. Visitado em 2 de Outubro de 2010.
  18. Mariah Carey - Through The Rain Discogs. Visitado em 2 de Outubro de 2010.
  19. Mariah Carey - Through The Rain Discogs. Visitado em 2 de Outubro de 2010.
  20. (2002) Créditos do álbum Charmbracelet por Mariah Carey. Island Records/MonarC Entertainment.
  21. Australian Singles Chart ARIA Charts. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  22. Austrian Singles Chart Ö3 Austria Top 40. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  23. Belgian Flanders Singles Chart Ultratop. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  24. Belgian Wallonia Singles Chart Ultratop. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  25. Canadian Singles Chart Billboard. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  26. Danish Singles Chart Danish Charts. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  27. Dutch Singles Chart Dutch Charts. Visitado em 11 de dezembro de 2011.
  28. French Singles Chart
  29. German Singles Chart
  30. Irish Singles Chart
  31. Italian Singles Chart
  32. Japanese Singles Chart
  33. New Zealand Singles Chart
  34. Norwegian Singles Chart
  35. Spanish Singles Chart
  36. Swedish Singles Chart
  37. Swiss Singles Chart
  38. UK Singles Chart
  39. a b c d Artist Chart History - Mariah Carey
  40. Gold & Platinum Certification – May 2003 Canadian Recording Industry Association. Visitado em 2010-08-20.