Emotions (canção de Mariah Carey)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Emotions"
Single de Mariah Carey
do álbum Emotions
Formato(s) CD, cassete, vinil (45 rpm)
Gênero(s) Pop, R&B, dance pop, disco
Duração 4:09
Gravadora(s) Columbia Records
Composição Mariah Carey, David Cole, Robert Clivillés
Produção David Cole, Robert Clivillés, Mariah Carey
Cronologia de singles de Mariah Carey
Último
Último
"There's Got to Be a Way"
(1990)
"Can't Let Go"
(1991)"
Próximo
Próximo

"Emotions" é uma canção escrita e produzida por Mariah Carey, David Cole e Robert Clivillés da gravadora C+C Music Factory; gravado para o segundo álbum de estúdio da cantora intitulado Emotions (1991). Foi lançado como primeiro comacto na terceiro trimestre de 1991 nos Estados Unidos e no quarto trimestre mundialmente. Na canção a protagonista declara a variedade de emoções que sente.

História[editar | editar código-fonte]

Mariah Carey foi cogitada a trabalhar com C+C Music Factory e com a parceria saíram músicas como "You're So Cold", que foi a primeira escolha para ser o primeiro compacto do álbum. Com a segunda etapa da produção do álbum os produtores sentiram um brilho diferente em "Emotions" e então foi decidido para ser o primeiro compacto do álbum.

Composição[editar | editar código-fonte]

"Emotions" tem uma influência "Disco" e foi escrita em Lá maior. A cantora prefere transpor a clave para Si♭ maior quando canta ao vivo (um exemplo foi no acústico da cantora, MTV Unplugged). O alcance vocal de Mariah Carey alcança um pouco mais que suas quatro oitavas nesta canção, variando de C3 para E7. A canção desafiou o alcance vocal da cantora levando os críticos a duvidarem de sua voz. Esta é a primeira canção que a cantora emite vários agudos, começando por um falsetto.

Videoclipe e remixes[editar | editar código-fonte]

O videoclipe da canção foi dirigido por Jeff Preiss. No vídeo a cantora está com os amigos e alguns animais exóticos exprimentando várias emoções ao se divertirem em uma festa. O vídeo foi filmado desaturadomas mantém várias tonalidades de cores enquanto se muda a cena.

David Cole e Robert Clivillés criaram um remix de "Emotions" conhecido como "Emotions" (12" club mix). Embora a cantora não regravou os vocais, ela adicionou um coral gospel no remix. Essa nova introdução foi usada quando ela cantou "Emotions" em seu Acústico MTV em 1992. Um videoclipe foi criado para o remix com algumas cenas adicionais do videoclipe original.

Apresentações nas turnes[editar | editar código-fonte]

A musica foi performada nas maiorias das turnes de Carey.

"Music Box Tour"[editar | editar código-fonte]

Durante a primeira turne de Carey,a musica antes da musica começar havia um grupo de dançarinos fazendo um número,sendo que a musica era a primeira do setlist,no final do show havia uma reprise da musica.

"Daydream World Tour"[editar | editar código-fonte]

Desta vez a musica era a versão da primeira turne só que maior.

"Butterfly World Tour"[editar | editar código-fonte]

Depois de uma introdução com Looking In,e "Butterfly",a musica era performada em uma versão maior.

"Rainbow World Tour"[editar | editar código-fonte]

Novamente após um interludio de Petals,a musica era novamente a primeira do setlist.

"The Adventures of Mimi Tour"[editar | editar código-fonte]

Um trecho da musica foi performada em "San Diego".

"Angels Advocate Tour"[editar | editar código-fonte]

Desta vez a musica foi performada em locais selecionados,sendo desta vez em sua versão remix.


Recepção[editar | editar código-fonte]

"Emotions" foi indicado em 1992 para o prêmio Grammy na categoria de "Melhor Vocal Feminino", perdendo para "Something to Talk About" de Bonnie Raitt. Ganhou o prêmio da BMI na categoria R&B.

"Emotions" se tornou o quinto compacto consecutivo a atingir a primeira colocação na parada americana "Billboard Hot 100", sendo a primeira artista a ter os primeiros compactos em primeira colocação nesta parada. (Anteriormente ela dividiu o recorde com The Jackson 5.) Ficou na primeira colocação por 3 semanas de 6 até 26 de Outubro de 1991. Ficou vinte semanas no entre os cinco primeiros e foi um dos quatro compactos a terminar o ano de 1991 na Hot 100 na 22ª posição. A RIAA certificou o compacto em Ouro.

Fora dos E.U.A. o compacto foi o mais bem sucedido desde "Vision of Love" (1990), o primeiro compacto do seu álbum de estréia. Alcançou as primeiras cinco posições no Canadá e na Nova Zelândia e se tornou o promeiro compacto da cantora a alcançar o Top20 na Inglaterra.

Foi usado em um comercial do Australian Idol em 2009.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Versão Oficial
# Título Duração
1. "Emotions (album version)"   4:11
2. "Emotions (C+C club mix edit)"   5:51
3. "Emotions (C+C club no.1 mix)"   7:45
4. "Emotions (C+C hardcore factory mix)"   8:16
5. "Emotions (special motion edit)"   5:17
6. "Emotions (C+C 12" original promo remix)"   7:15
7. "Emotions (club mix)"   8:32
Worldwide CD single
# Título Duração
1. "Emotions (album version)"   4:11
2. "Vanishing"   4:11
U.S. CD maxi-single
# Título Duração
1. "Emotions (12" club mix)"    
2. "Emotions (12" instrumental)"    
3. "Emotions (album version)"   4:11
4. ""There's Got to Be a Way" (12" mix)"    
5. ""There's Got to Be a Way" (vocal dub mix)"    
European maxi-single #1
# Título Duração
1. "Emotions (album version)"   4:11
2. "Vanishing"   4:11
3. ""Vision of Love""   3:29
Versão Oficial
# Título Duração
1. "Emotions (C+C club mix)"    
2. "Emotions (C+C 12" club no 1 mix)"    
3. "Emotions (C&C dub-dub mix)"    

Paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (1991) Melhor
posição
 AustráliaAustrália[1] 11
 Canadá Hot 100[2] 3
Dutch Singles Chart[3] 12
 AlemanhaAlemanha[4] 39
Irish Singles Chart[5] 27
 Japão Hot 100Japanese Singles Chart[6] 90
Nova Zelândia - Singles[7] 3
Swedish Singles Chart[8] 30
 Reino Unido Singles Chart[9] 17
 Estados Unidos Billboard Hot 100[10] 1
 Estados UnidosU.S. Billboard Hot Adult Contemporary Tracks[10] 3
 Estados UnidosU.S. Billboard Hot Dance Club Play[10] 1
 Estados UnidosU.S. Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs[10] 1

Referências