Viva Macau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Viva Macau
IATA
ZG
ICAO
VVM
Indicativo de chamada
JACKPOT
Fundada em 2005
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional de Macau



Frota 2 aeronaves
Destinos 7 localidades
Companhia
administradora
Macau Eagle Aviation Services Ltda
Sede Macau
Pessoas importantes Con Korfiatis (presidente do conselho), Ngan In Leng (presidente)
Sítio oficial www.flyvivamacau.com
B-mav.jpg

A Viva Macau é uma companhia aérea baseada na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), fundada em 2005 e com atuação regional e de longo curso. Detentora de uma subconsessão da Air Macau, a Viva Macau fornece serviços aéreos de baixo custo em Macau e no Delta do Rio das Pérolas, na China. A empresa opera com duas aeronaves Boeing 767 com dois serviços na cabine - Premium e Econômica. Viva Macau emprega funcionários de 21 diferentes nacionalidades. A empresa é de capital privado e, entre os sócios, está o presidente Ngan In Leng e a empresa MKW Capital, um fundo de investimento internacional que possui uma série de investimentos em Macau.

Porém, em Março de 2010, a Viva Macau foi forçada a suspender as suas actividades, porque foi-lhe repentinamente retirada a sua subconcessão pela Air Macau, que assim agiu para cumprir as ordens do Governo da RAEM. A justificação para o fim da subconcessão foi o alegado falhanço da Viva Macau de assistir adequadamente os seus passageiros afectados por adiamentos e cancelamentos de voos.[1] Sem uma subconcessão, a Viva Macau viu rapidamente o seu Certificado de Operador Aéreo ser revogado também pelo Governo, deixando de poder actuar no sector público dos serviços de transporte aéreo local.[2] [3]

Frota[editar | editar código-fonte]

A Viva Macau opera duas aeronaves:

O plano de negócio da companhia prevê a compra de novas aeronaves. A intenção da direção da empresa é ter uma frota de 10 a 15 aviões em cinco anos após a sua fundação.

Destinos[editar | editar código-fonte]

Viva Macau Boeing 767-300

Na sua curta história, a Viva Macau tem alterado a lista de destinos conforme a demanda. Antes da suspensão das suas actividades aéreas, operava voos para a Indonésia (Jacarta), Vietnam (Ho Chi Minh) e Austrália (Sydney). Também operava voos para o Japão (Tóquio e Okinawa) em frequências não regulares (voos charter). A empresa pretende iniciar em 2009 dois novos voos para a Austrália (Melbourne e Brisbane). No passado, a companhia já operou rotas para a Tailândia (Phuket), Maldivas (Malé) e Coreia do Sul (Muan e Busan).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Viva Macau