Aeroporto de Viçosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Aeroporto de Viçosa
Aeroporto
ICAO: SNVC
Características
Tipo Público
Administração UFV
Serve Viçosa
Altitude 659 m (2 162 ft)
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
17/35 900 m (2 953 ft) Asfalto

O Aeródromo de Viçosa (ICAO:SNVC) serve o município mineiro de Viçosa, em Minas Gerais. Situa-se nas coordenadas 20° 44' 41" S, 42° 50' 31" W, junto às cercanias da Universidade Federal de Viçosa, entre o centro da cidade e o distrito de São José do Triunfo, às margens da BR-120 e do Rio Turvo. O aeródromo de Viçosa não é dotado de instalações e facilidades para apoio das operações de embarque e desembarque de pessoas e cargas, portanto não é um aeroporto propriamente dito[nota 1].

Possui cabeceiras 17/35.[1] Ainda consta no ROTAER que sua pista tem comprimento de 900 metros de extensão e 30 metros de largura.[2] Recentemente passou por uma reforma, dentro do Programa ProAero, e foi agraciado com consideráveis melhorias. O ProAero é um programa de adequação, ampliação e melhoria na malha aeroportuária do estado de Minas Gerais. Há previsão de melhorias para o ano de 2015, consoante o secretário executivo do Ministério da Educação e ex-reitor da UFV, Luiz Cláudio Costa. As reformas são de caráter estrutural.

Foi anunciada a liberação de R$ 600 mil para as adequações, as quais incluirão melhorias para a operação de pequenas aeronaves no espaço ligado à Universidade, contemplando sinalização, balizamento, iluminação, abastecimento de aeronaves, que é um fator que tem limitado a capacidade de aeronaves menores, visto que precisam chegar com combustível suficiente para retornar com segurança, e outras modificações.

A realização das modificações e melhorias previstas estará a cargo de uma parceria com a Fundação Arthur Bernardes (Funarbe), interna à Universidade de Viçosa. De acordo com o secretário do MEC, o aeroporto é imprescindível ao desenvolvimento local e regional, ressaltando que, cada vez mais, ficará difícil organizar eventos e contar com a presença de pesquisadores e autoridades do Brasil e do exterior se não houver um aeroporto com condições mínimas de atendimento.[3]

Utilização do aeródromo:[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Notas

  1. Vide inciso I do Art. 31 do Código Brasileiro de Aeronáutica.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um aeroporto, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.