Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan
Borat: Aprender Cultura da América Para Beneficiar a Gloriosa Nação do Cazaquistão (PT)
Borat - O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América (BR)
 Reino Unido
 Estados Unidos

2006 •  cor •  84 min 
Direção Larry Charles
Produção Sacha Baron Cohen
Jay Roach
Roteiro Sacha Baron Cohen
Anthony Hines
Peter Baynham
Dan Mazer
Todd Phillips
Elenco Sacha Baron Cohen
Ken Davitian
Luenell Campbell
Pamela Anderson
Gênero Comédia
Pseudodocumentário
Música Erran Baron Cohen
Direção de fotografia Anthony Hardwick
Luke Geissbühler
Edição Peter Teschner
James Thomas
Craig Alpert
Companhia(s) produtora(s) Four By Two
Everyman Pictures
Dune Entertainment
Major Studio Partners
One America Productions
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Reino Unido 2 de novembro de 2006
Estados Unidos 3 de novembro de 2006
Brasil 23 de fevereiro de 2007
Idioma Inglês
Hebraico
Arménio
Orçamento US$ 18 milhões
Receita US$ 261.572.744,00
Página no IMDb (em inglês)

Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan (ou simplesmente referido como Borat!) é um pseudodocumentário dirigido por Larry Charles, no qual Borat, personagem fictício de Sacha Baron Cohen, viaja pelos Estados Unidos.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Borat Sagadiyev (Sacha Baron Cohen) é um jornalista do Cazaquistão que deixa o país rumo aos Estados Unidos, na intenção de fazer um documentário. Durante sua viagem pelo país ele conhece pessoas reais, que ao reagir ao seu comportamento primitivo expõem o preconceito e a hipocrisia existentes na cultura dos Estados Unidos.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Luenell Campbell - ela mesma

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan teve aclamação por parte da crítica especializada. Com base de 38 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 89% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 7.2, usada para avaliar a recepção do público.[2]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar:

Golden Globe Awards:

  • Melhor ator em um filme cômico ou musical (Sacha Baron Cohen) - Vencedor
  • Melhor filme cômico ou musical - Indicado

Referências

  1. Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan (em português) Filmow. Visitado em 18 de março de 2015.
  2. Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan (em inglês) Metacritic. Visitado em 19 de março de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]