Centro de Treinamento Pedro Antônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ver artigo principal: Fluminense Football Club
CT Pedro Antonio
CT Pedro Antônio em 2017.jpg

Nomes
Nome Centro de Treinamento Pedro Antonio Ribeiro da Silva
Apelido CT da Barra, CTPA
Características
Local Barra da Tijuca, Rio de Janeiro-RJ
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Construção
Data 18 de junho de 2015-atualidade
Custo R$ 34 milhões (estimado)[1]
Inauguração
Data 11 de outubro de 2016
Outras informações
Proprietário Fluminense
Administrador Fluminense
Mandante Fluminense

O Centro de Treinamento Pedro Antonio Ribeiro da Silva, é o Centro de Treinamento do Fluminense, inaugurado em 21 de julho de 2016, data do aniversário de 114 anos do clube,[2] com a equipe profissional do Fluminense começando a treinar no local em 11 de outubro de 2016.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A necessidade de possuir um CT já estava na pauta do Fluminense desde os anos 1980, na gestão Silvio Kelly, mas nunca saiu efetivamente do papel. Em 1983, o clube inaugurou o atual CT das divisões de base, em Xerém, numa estrutura modestíssima, que na época dispunha apenas de um campo de treino e nada mais. Apesar disso, o time que sagrou-se campeão brasileiro em 1984 chegou a realizar alguns treinamentos no local.

Em 1995 Xerém passou por melhorias, como a aquisição de novos equipamentos, e teve promessas de levar o departamento de futebol para lá, o que nunca aconteceu de fato, apesar de em 2006, na gestão Roberto Horcades, o clube voltar a prometer a transferência do departamento de futebol para Xerém.[4] As promessas de mudança do departamento de futebol profissional para Xerém nunca vingaram, tampouco a construção de um CT, por isso por muitos anos a equipe profissional do Fluminense treinou no Estádio das Laranjeiras, porém a falta de estrutura já vinha cobrando seu preço a bastante tempo. Em 2010 durante as eleições para Presidência do Fluminense, o candidato Peter Siemsen prometeu a construção de um CT.[5]

A pressão pela construção do CT atingiu seu ápice quando em 2011, quando o técnico Muricy Ramalho se demitiu do Fluminense alegando não ter estrutura para trabalhar e com a imprensa noticiando que ele teria dito que no Estádio de Laranjeiras haviam até ratos,[6] o que ele desmentiu posteriormente, referindo-se a história dos ratos que teria sido acrescentada pela imprensa.[7] No mesmo ano o Fluminense tentou avançar na compra do Banana Golf para ser o seu CT,[8] mas o negócio acabou não progredindo, porém foi nessa época que a diretoria do clube teve o primeiro contato com Pedro Antonio Ribeiro, que seria parte importante na construção do CT, alguns anos depois.

O CT voltou a pauta em 2012, quando o Fluminense conseguiu um acordo com a Prefeitura para que ela cedesse um terreno para construção do Centro de Treinamento na Barra da Tijuca, atrás da Escola SESC de Ensino Médio,[9] e no dia 19 de março de 2013 a cessão do terreno foi publicada em Diário Oficial.[10] No dia 21 de março Peter chegou a confirmar que o nome do Centro de Treinamento seria de Celso Barros[11], porém essa promessa não foi cumprida e o CT mudou de nome, muito por conta do fim da parceria entre a Unimed e o Fluminense, além do afastamento entre Celso Barros e Peter Siemsen.[12]

Botafogo e Vasco da Gama igualmente receberam terrenos com o compromisso de construírem seus CTs, mas por falta de investimentos tiveram a concessão caçada pela Prefeitura do Rio de Janeiro no final do ano de 2016.[13] Como o Flamengo já tinha seu terreno, recebeu na época uma promessa de compensação de nove milhões de reais da prefeitura carioca em 2012, que seria de seis milhões e quinhentos mil para os outros três clubes,[14] que depois foi divulgada como sendo de cinco milhões sem que os outros clubes cariocas recebessem o auxílio financeiro prometido, com o rubro negro tendo entrado na justiça para cobrar essa quantia.[15]

No dia 11 de março de 2014, após muitos anos de espera e expectativa o projeto final era finalmente apresentado, com três campos, um edifício de cinco andares, estacionamentos e área de infraestrutura para jogadores.[16] Na época do anúncio do projeto não havia ideia de como o CT seria financiado, pois a AMBEV que iria financiar o CT, acabou desistindo. O dia 18 de junho de 2015 é um marco, o CT finalmente começava a ser construído, inicialmente com as obras de aterro do terreno,[17] o financiamento seria feito inicialmente apenas na fase inicial pelo Pedro Antonio, o que acabou acontecendo durante a obra inteira. No dia 22 de dezembro de 2015 o plantio de grama dos dois campos oficiais começou a ser feito.[18]

No dia 23 de fevereiro de 2016 começava o bater de estacas para estruturar a construção da torre principal do CT,[19] e no dia 27 de abril de 2016 o CT ganhou uma bandeira gigante iluminada, pela qual é possível localizar o CT no acesso a Barra pela Linha Amarela.[20]

Finalmente, no dia 21 de julho de 2016 o CT era inaugurado,[21] e no dia 11 de outubro de 2016 o time profissional começava a treinar no local.[22]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.netflu.com.br/jornal-lista-informacoes-e-curiosidades-sobre-o-ct-do-fluminense/
  2. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/07/nivel-europa-flu-faz-festa-de-aniversario-no-ct-e-peter-elogia.html
  3. http://www.goal.com/br/news/10682/futebol-carioca/2016/10/11/28370792/fluminense-inaugura-seu-centro-de-treinamento
  4. http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/04/09/ct-fica-mais-uma-vez-na-promessa-e-fluminense-da-novo-banho-de-loja-em-xerem.htm
  5. http://esporte.ig.com.br/futebol/2010/12/13/novo+presidente+do+fluminense+promete+ct+e+maior+investimento+na+base+10326990.html
  6. http://espn.uol.com.br/post/180649_muricy-exclusivo-sai-do-fluminense-porque-nao-tinha-condicao-de-trabalhar-nao-vou-ao-santos-vou-descansar
  7. Site TV UOL, página editada em 13 de agosto de 2015 e disponível em 8 de janeiro de 2016
  8. http://esportes.r7.com/futebol/times/fluminense/area-publica/noticias/fluminense-perto-de-concretizar-compra-de-ct-20110622.html?question=0
  9. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2012/09/acordo-com-prefeitura-avanca-e-ct-do-flu-deve-ser-na-av-ayrton-senna.html
  10. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2013/03/cessao-de-terreno-para-futuro-ct-do-flu-e-publicada-no-diario-oficial.html
  11. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2013/03/peter-confirma-que-ct-tera-o-nome-de-celso-barros-nada-mais-justo.html
  12. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/07/sai-celso-barros-entra-torcida-flu-prepara-consulta-para-batizar-o-ct.html
  13. Site UOL - Prefeitura do Rio cancela cessão de terrenos para CTs de Botafogo e Vasco, página editada em 30 de dezembro de 2016 e disponível em 7 de janeiro de 2017.
  14. Site Globoesporte.com - cordo com Prefeitura avança, e CT do Flu será erguido em área na Barra, página editada em 10 de setembro de 2012 e disponível em 7 de janeiro de 2016
  15. Site IG - Diretoria do Flamengo cobra verba da prefeitura do Rio para construir novo CT, página editada em 18 de setembro de 2013 e disponível em 7 de janeiro de 2017
  16. http://espn.uol.com.br/noticia/395553_fluminense-divulga-projeto-de-ct-com-triplo-de-orcamento-original-e-planeja-conclusao-em-2016
  17. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2015/06/flu-apresenta-terreno-do-ct-que-pretende-comecar-usar-ja-em-2016.html
  18. http://oglobo.globo.com/esportes/fluminense-inicia-plantio-de-grama-em-dois-campos-do-ct-1-18352996
  19. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/02/drenagem-concluida-estacas-fincadas-e-pista-especial-ct-do-flu-toma-forma.html
  20. http://www.netflu.com.br/ct-exibira-bandeira-gigantesca-iluminada/
  21. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/07/nivel-europa-flu-faz-festa-de-aniversario-no-ct-e-peter-elogia.html
  22. http://www.goal.com/br/news/10682/futebol-carioca/2016/10/11/28370792/fluminense-inaugura-seu-centro-de-treinamento