Centro de Treinamento Pedro Antônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ver artigo principal: Fluminense Football Club
CT Pedro Antônio
CT Pedro Antônio em 2017.jpg

Nomes
Nome Centro de Treinamento Pedro Antônio
Apelido CT da Barra
Características
Local Barra da Tijuca, Rio de Janeiro-RJ
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Construção
Data 18 de junho de 2015-atualidade
Custo R$ 34 milhões (estimado)[1]
Inauguração
Data 11 de outubro de 2016
Outras informações
Proprietário Fluminense
Administrador Fluminense
Mandante Fluminense

O Centro de Treinamento Pedro Antônio, é o Centro de Treinamento do Fluminense, inaugurado em 21 de julho de 2016, data do aniversário de 114 anos do clube,[2] com a equipe profissional do Fluminense começando a treinar no local em 11 de outubro de 2016.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A necessidade de possuir um CT já estava na pauta do Fluminense desde os anos 1980, na gestão Silvio Kelly, mas nunca saiu efetivamente do papel. Em 1983, o clube inaugurou o atual CT das divisões de base, em Xerém, numa estrutura modestíssima, que na época dispunha apenas de um campo de treino e nada mais. Apesar disso, o time que sagrou-se campeão brasileiro em 1984 chegou a realizar alguns treinamentos no local.

Em 1995 Xerém passou por melhorias, como a aquisição de novos equipamentos, e teve promessas de levar o departamento de futebol para lá, o que nunca aconteceu de fato, apesar de em 2006, na gestão Roberto Horcades, o clube voltar a prometer a transferência do departamento de futebol para Xerém.[4] As promessas de mudança do departamento de futebol profissional para Xerém nunca vingaram, tampouco a construção de um CT, por isso por muitos anos a equipe profissional do Fluminense treinou no Estádio das Laranjeiras, porém a falta de estrutura já vinha cobrando seu preço a bastante tempo. Em 2010 durante as eleições para Presidência do Fluminense, o candidato Peter Siemsen prometeu a construção de um CT.[5]

A pressão pela construção do CT atingiu seu ápice quando em 2011, quando o técnico Muricy Ramalho se demitiu do Fluminense alegando não ter estrutura para trabalhar e com a imprensa noticiando que ele teria dito que no Estádio de Laranjeiras haviam até ratos,[6] o que ele desmentiu posteriormente, referindo-se a história dos ratos que teria sido acrescentada pela imprensa.[7] No mesmo ano o Fluminense tentou avançar na compra do Banana Golf para ser o seu CT,[8] mas o negócio acabou não progredindo, porém foi nessa época que a diretoria do clube teve o primeiro contato com Pedro Antonio Ribeiro, que seria parte importante na construção do CT, alguns anos depois.

O CT voltou a pauta em 2012, quando o Fluminense conseguiu um acordo com a Prefeitura para que ela cedesse um terreno para construção do Centro de Treinamento na Barra da Tijuca, atrás da Escola SESC de Ensino Médio,[9] e no dia 19 de março de 2013 a cessão do terreno foi publicada em Diário Oficial.[10] No dia 21 de março Peter chegou a confirmar que o nome do Centro de Treinamento seria de Celso Barros[11], porém essa promessa não foi cumprida e o CT mudou de nome, muito por conta do fim da parceria entre a Unimed e o Fluminense, além do afastamento entre Celso Barros e Peter Siemsen.[12]

Botafogo e Vasco da Gama igualmente receberam terrenos com o compromisso de construírem seus CTs, mas por falta de investimentos tiveram a concessão caçada pela Prefeitura do Rio de Janeiro no final do ano de 2016.[13] Como o Flamengo já tinha seu terreno, recebeu na época uma promessa de compensação de nove milhões de reais da prefeitura carioca em 2012, que seria de seis milhões e quinhentos mil para os outros três clubes,[14] que depois foi divulgada como sendo de cinco milhões sem que os outros clubes cariocas recebessem o auxílio financeiro prometido, com o rubro negro tendo entrado na justiça para cobrar essa quantia.[15]

No dia 11 de março de 2014, após muitos anos de espera e expectativa o projeto final era finalmente apresentado, com três campos, um edifício de cinco andares, estacionamentos e área de infraestrutura para jogadores.[16] Na época do anúncio do projeto não havia ideia de como o CT seria financiado, pois a AMBEV que iria financiar o CT, acabou desistindo. O dia 18 de junho de 2015 é um marco, o CT finalmente começava a ser construído, inicialmente com as obras de aterro do terreno,[17] o financiamento seria feito inicialmente apenas na fase inicial pelo Pedro Antonio, o que acabou acontecendo durante a obra inteira. No dia 22 de dezembro de 2015 o plantio de grama dos dois campos oficiais começou a ser feito.[18]

No dia 23 de fevereiro de 2016 começava o bater de estacas para estruturar a construção da torre principal do CT,[19] e no dia 27 de abril de 2016 o CT ganhou uma bandeira gigante iluminada, pela qual é possível localizar o CT no acesso a Barra pela Linha Amarela.[20]

Finalmente no dia 21 de julho de 2016 o CT era inaugurado,[21] e no dia 11 de outubro de 2016 o time profissional começava a treinar no local.[22]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.netflu.com.br/jornal-lista-informacoes-e-curiosidades-sobre-o-ct-do-fluminense/
  2. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/07/nivel-europa-flu-faz-festa-de-aniversario-no-ct-e-peter-elogia.html
  3. http://www.goal.com/br/news/10682/futebol-carioca/2016/10/11/28370792/fluminense-inaugura-seu-centro-de-treinamento
  4. http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/04/09/ct-fica-mais-uma-vez-na-promessa-e-fluminense-da-novo-banho-de-loja-em-xerem.htm
  5. http://esporte.ig.com.br/futebol/2010/12/13/novo+presidente+do+fluminense+promete+ct+e+maior+investimento+na+base+10326990.html
  6. http://espn.uol.com.br/post/180649_muricy-exclusivo-sai-do-fluminense-porque-nao-tinha-condicao-de-trabalhar-nao-vou-ao-santos-vou-descansar
  7. Site TV UOL, página editada em 13 de agosto de 2015 e disponível em 8 de janeiro de 2016
  8. http://esportes.r7.com/futebol/times/fluminense/area-publica/noticias/fluminense-perto-de-concretizar-compra-de-ct-20110622.html?question=0
  9. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2012/09/acordo-com-prefeitura-avanca-e-ct-do-flu-deve-ser-na-av-ayrton-senna.html
  10. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2013/03/cessao-de-terreno-para-futuro-ct-do-flu-e-publicada-no-diario-oficial.html
  11. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2013/03/peter-confirma-que-ct-tera-o-nome-de-celso-barros-nada-mais-justo.html
  12. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/07/sai-celso-barros-entra-torcida-flu-prepara-consulta-para-batizar-o-ct.html
  13. Site UOL - Prefeitura do Rio cancela cessão de terrenos para CTs de Botafogo e Vasco, página editada em 30 de dezembro de 2016 e disponível em 7 de janeiro de 2017.
  14. Site Globoesporte.com - cordo com Prefeitura avança, e CT do Flu será erguido em área na Barra, página editada em 10 de setembro de 2012 e disponível em 7 de janeiro de 2016
  15. Site IG - Diretoria do Flamengo cobra verba da prefeitura do Rio para construir novo CT, página editada em 18 de setembro de 2013 e disponível em 7 de janeiro de 2017
  16. http://espn.uol.com.br/noticia/395553_fluminense-divulga-projeto-de-ct-com-triplo-de-orcamento-original-e-planeja-conclusao-em-2016
  17. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2015/06/flu-apresenta-terreno-do-ct-que-pretende-comecar-usar-ja-em-2016.html
  18. http://oglobo.globo.com/esportes/fluminense-inicia-plantio-de-grama-em-dois-campos-do-ct-1-18352996
  19. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/02/drenagem-concluida-estacas-fincadas-e-pista-especial-ct-do-flu-toma-forma.html
  20. http://www.netflu.com.br/ct-exibira-bandeira-gigantesca-iluminada/
  21. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2016/07/nivel-europa-flu-faz-festa-de-aniversario-no-ct-e-peter-elogia.html
  22. http://www.goal.com/br/news/10682/futebol-carioca/2016/10/11/28370792/fluminense-inaugura-seu-centro-de-treinamento