Darwen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para a autoridade unitária, veja Blackburn with Darwen (borough).
Disambig grey.svg Nota: Para a estação ferroviária, veja Darwen (estação ferroviária).
Disambig grey.svg Nota: Para o rio de mesmo nome, veja Rio Darwen.


Darwen
  Cidade Mercantil e Paróquia Civil  
Darwen Town Hall, sede do governo municipal
Darwen Town Hall, sede do governo municipal
Localização
País  Inglaterra
Estado Soberano  Reino Unido
Condado Lancashire
Borough Blackburn with Darwen (autoridade unitária)
Paróquia Civil Darwen
Região Noroeste da Inglaterra
Características geográficas
Área total 7,58[1] km²
População total 31 570 (Censo de 2 001)
28 046 (Censo de 2 011)[1] hab.
Densidade 4165 (em 2001)
3700 (em 2011) hab./km²
Código Postal BB3

Darwen é uma cidade mercantil e paróquia civil localizada no condado cerimonial de Lancashire, noroeste da Inglaterra, com uma população de pouco mais de 28 mil habitantes (Censo de 2011). Forma, juntamente com a cidade de Blackburn, o Borough de Blackburn with Darwen - uma área de autoridade unitária.

A cidade está localizada às margens do rio Darwen, que flui de sul para norte e é visível apenas na periferia, uma vez que no centro de Darwen ele corre subterrâneo.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O nome de Darwen é de origem celta. Na Bretanha sub-romana, estava dentro do reino de Rheged, um sucessor para o território tribal dos Brigantes. A designação, em língua britônica, para carvalho é derw, etimologicamente ligado a Derewent, uma grafia antiga para o rio Darwen.[2] Apesar da área ter se tornado parte do reino anglo-saxão da Nortúmbria em meados do século VIII, seu nome britônico nunca foi suplantado por um nome local em inglês antigo.

História[editar | editar código-fonte]

A área ao redor de Darwen é habitada desde o início da Idade do Bronze. Os restos de uma sepultura, datada de aproximadamente 2000 a.C., foram parcialmente restaurados em Ashleigh Barrow[3]. Além dos restos humanos, os itens encontrados ali incluíam uma adaga de bronze de cerca de 7,5 polegadas de comprimento, um raspador de dedo de sílex, uma faca subplano-convexa e uma conta de argila.[4] Cópias das urnas podem ser vistas na Biblioteca de Darwen.

Os romanos já dominaram Lancashire, e uma estrada romana é visível no mapa do Ordnance Survey. A Darwen medieval era minúscula, e dela pouco ou nada sobrevive. Um dos primeiros edifícios remanescentes é uma casa de fazenda em Bury Fold, datada de 1675.[5] Whitehall Cottage, considerada a casa mais antiga da cidade, foi construída principalmente nos séculos XVII e XVIII, mas contém uma chaminé datada de 1557.[6][7]

Como muitas cidades em Lancashire, Darwen foi um centro de manufatura têxtil durante a Revolução Industrial. Samuel Crompton, inventor da Spinning Mule, máquina de fiar algodão e outras fibras têxteis, viveu ali durante parte de sua vida.[8] As ligações ferroviárias e o Canal de Leeds e Liverpool chegaram em meados do século XIX, facilitando o transporte da produção. O edifício têxtil mais importante em Darwen era o India Mill, construído pela Eccles Shorrock & Company. A empresa foi arruinada, no entanto, pelos efeitos da fome do algodão em Lancashire, na década de 1860.[9] No século XX, India Mill e sua famosa chaminé foram vendidas em um negócio de £12 milhões, sendo agora o lar de muitas empresas, incluindo a Brookhouse (produtora de peças para aviação) e o Capita Group, que administra licenciamentos de TV.[10]

A manufatura de algodão era uma indústria importante e, em 1907, a Darwen Weavers', Winders' and Warpers' Association, sindicato que representava os trabalhadores da indústria algodoeira local, tinha mais de 8000 membros associados.[11] No entanto, desde a década de 1950 a indústria têxtil declinou fortemente na região, embora muitos edifícios industriais do período sobrevivam, agora usados para outros fins.

Grande parte da cidade foi construída entre 1850 e 1900; nomes de lugares, pedras datadas em terraços, a arquitetura vernacular local, tijolos feitos localmente, tubulações e ladrilhos e vidro com chumbo, os últimos agora quase todos desaparecidos, refletem isso. Também foi um dos primeiros lugares no mundo a ter bondes a vapor.[12]

Mahatma Gandhi em Darwen, em 26 de setembro de 1931

O bilionário e filantropo estadunidense Andrew Carnegie financiou uma biblioteca pública em Darwen; a cidade também possuiu uma faculdade de arte e tecnologia e uma escola de gramática.[13]

Uma das maiores reivindicações de fama de Darwen é ter recebido uma visita de Mahatma Gandhi em 1931. Ele aceitou o convite[14] do quaker e pacifista inglês Corder Catchpool para ver os efeitos do boicote da Índia aos produtos de algodão.[15]

Entre as outras indústrias mais conhecidas de Darwen estão a Crown Paints, anteriormente Walpamur Paints,[16] a primeiro fabricante britânica de tintas, a Crown Wallpaper, fabricante de papel de parede, lincrusta e anaglypta, e a ICI Acrylics (agora chamada Lucite International), onde o vidro acrílico foi inventado. Os dosséis Spitfire e (mais tarde) as bacias coloridas de polietileno também foram feitas pela primeira vez ali.[17]

Governança[editar | editar código-fonte]

O borough municipal de Darwen existiu por noventa e seis anos, entre 1878 e 1974, quando o Local Government Act 1972, ato do Parlamento do Reino Unido que promoveu alterações nos governos locais na Inglaterra e País de Gales, levou à sua fusão com Blackburn. A cidade tornou-se parte do distrito não-metropolitano de Blackburn, rebatizado como Blackburn with Darwen em 1997, pouco antes de se tornar uma autoridade unitária.

A população da cidade diminuiu de 40 000 no Censo de 1911 para 30 000 no Censo de 1971.[18]

Localmente, o município foi representada por Trabalhistas, Conservadores e Liberal Democratas nos principais wards que compõem seu Conselho. Nas eleições de 2008, o partido local For Darwen conquistou a maioria dos wards, passando a pressionar o Conselho do Borough de Blackburn with Darwen para que sua cidade voltasse a ter seu próprio Conselho. Em junho de 2009, finalmente obteve sucesso, com a formação de uma nova representação local para Darwen.

Existem cinco wards municipais em Darwen, dos 23 do borough de Blackburn with Darwen. São eles:

Darwen teve seu próprio circulo eleitoral para o Parlamento do Reino Unido até 1983, quando se tornou parte do atual circulo de Rossendale and Darwen. Este assento é atualmente ocupado pelo Conservador Jake Berry.

Brasão[editar | editar código-fonte]

Brasão de armas de Darwen, conforme retratado em um vitral recuperado no Royal Blackburn Hospital
Brasão de armas de Darwen nos portões do Bold Venture Park

O brasão de armas de Darwen não deve ser confundido com aquele usado pela autoridade unitária de Blackburn with Darwen, que é, na verdade, o brasão de armas de Blackburn.

Darwen recebeu seu brasão em 7 de agosto de 1878.[20] Ao pé do brasão está o lema da cidade em latim, Absque Labore Nihil, que se traduz como "Nada sem trabalho". No escudo estão representados três casulos de algodão e o rio Darwen, que atravessa a cidade. O algodão representa a indústria que foi a base na qual a região cresceu e prosperou durante a Revolução Industrial, sendo que os três casulos significam as três áreas principais de Darwen - Over Darwen, Lower Darwen e Hoddlesden. No elmo está um capacete barrado que representa a nobreza e, acima deste, o virol nas cores da cidade, azul e dourado. No topo está um homem segurando uma picareta, que remete ao lema da cidade e também à mineração, que estava presente a leste de Darwen naquela época.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Imagem de Blackburn (norte) e Darwen (sul) capturada pelo satélite Landsat 7, da NASA

Localização[editar | editar código-fonte]

Darwen é uma cidade Lancastriana por excelência, no centro do condado. Localizada em meio ao West Pennine Moors, uma área dos Peninos, ela está em um vale com o rio Darwen fluindo em sua base. O rio atravessa a cidade de sul para norte, juntando-se posteriormente ao rio Ribble, um dos maiores cursos de água do noroeste da Inglaterra. A estrada A666 segue o vale através do centro da cidade como parte de sua rota de Ribble Valley, ao norte de Blackburn, até Bolton e a fronteira entre Pendlebury e Irlams o' th' Height, em Salford.

As condições climáticas tornaram Darwen um lugar perfeito para a tecelagem de algodão e, como resultado, ela se tornou uma das maiores produtoras de Lancashire. No entanto, o Guinness Book menciona que a cidade teve uma das maiores enchentes repentinas da história do Reino Unido, em 1848. Na ocasião, 12 pessoas morreram.[21][22]

Marcos[editar | editar código-fonte]

Darwen Jubilee Tower[editar | editar código-fonte]

Darwen Jubilee Tower

Em 1897, o Conselho municipal se reuniu para deliberar sobre a melhor forma de celebrar o Jubileu de Diamante da Rainha Vitória. Foi apresentada a ideia de construir a Jubilee Tower, em conjunto com o acesso público às colinas. O concurso para projetar a torre foi vencido por Ralph Ellison, do departamento de engenharia do borough, e em 22 de junho de 1897 os trabalhos começaram. Em 24 de setembro de 1898 foi realizada a cerimônia de inauguração, com a presença de mais de 3000 pessoas, incluindo diversas autoridades.

O local, que está aberto ao público, tem vista para a cidade e fica a 26 m de altura, em uma altitude de 374m (1.227 pés). Uma escada em espiral leva ao topo de onde, em um dia claro, a Torre de Blackpool, a Ilha de Man, North Wales e a Península de Furness podem ser vistas. Em novembro de 2010, a cúpula da torre foi destruída por fortes ventos, tendo sido restaurada em janeiro de 2012.[23]

Darwen Library[editar | editar código-fonte]

Darwen Library vista à partir da Railway Road

Originalmente situada na antiga Peel Street Baths, a biblioteca foi transferida para o novo prédio da escola técnica em 1895.[24] Hoje a Darwen Library fica na esquina da Knott Street com School Street. Foi encomendado pelo bilionário e filantropo estadunidense Andrew Carnegie, um escocês que migrou para os EUA e fez fortuna como produtor de ferro e aço, tornando-se o homem mais rico de sua época e um dos mais ricos da história. Ele doou £8000 em resposta a um apelo por fundos feito pelo Comitê da Biblioteca. A inauguração ocorreu em 27 de maio de 1908 e contou com a presença do próprio Carnegie. A biblioteca tem servido a cidade desde então, com a sala de conferências original sendo transformada em um teatro, o Darwen Library Theatre, em junho de 1971.[24] Em 27 de abril de 2017, a biblioteca e o teatro foram designados como edifício listado como Grau II pelo Patrimônio Histórico Inglês.

Darwen Town Hall[editar | editar código-fonte]

Darwen Town Hall, sede do governo municipal, foi inaugurada em 11 de julho de 1882, com a torre do relógio tendo sido acrescentada em 1899, quando o Dr. James Ballantyne se tornou prefeito.[24] Embora os procedimentos do governo local tenham sido transferidos para Blackburn na década de 1970, quando da criação da autoridade unitária de Blackburn with Darwen, as câmaras do conselho permaneceram no edifício e foram usadas pelo Tribunal de Magistrados de 1983 a 1992.[25] A prefeitura atualmente abriga escritórios do Conselho do Borough de Blackburn with Darwen, bem como a Equipe de Policiamento de Vizinhança local,[26] e é um espaço para reuniões do Conselho Municipal de Darwen, desde que este foi reestabelecido em 2009.[27] Cinco unidades de lojas foram inauguradas no prédio em 2011.[28]

Parques[editar | editar código-fonte]

Darwen possui quatro parques, dos quais três estão a oeste da estrada principal que atravessa a cidade, com caminhos que levam ao campo e à Jubilee Tower. O quarto e mais novo parque da cidade é o Ashton Park, que fica no lado leste da Bolton Road, logo atrás do pub Spinners Arms.

Memorial de Guerra de Darwen, no Bold Venture Park, visto da entrada principal do parque.

Bold Venture Park[editar | editar código-fonte]

O Bold Venture Park fica a oeste da cidade, ao pé das colinas e do caminho que leva à Jubilee Tower. O terreno onde ele se localiza foi comprado pela Darwen Corporation, do reverendo W.A. Duckworth. Foi projetado por R. W. Smith-Saville, engenheiro do borough, e inaugurado em 1889.[29]

Whitehall Park[editar | editar código-fonte]

Whitehall Park é um parque de 6,5 hectares (65 mil m2) no sul da cidade.[30] Foi inaugurado em 1879 em um terreno adquirido de John Adamson.[30] It was opened in 1879 on land acquired from John Adamson.[31]

Sunnyhurst Wood

Sunnyhurst Wood[editar | editar código-fonte]

Sunnyhurst Wood era, originalmente, propriedade da família Brock-Hollinshead e usada para caçar veados. Posteriormente, a área foi vendida para Eccles Shorrock, da Eccles Shorrock & Company. Para comemorar a coroação de Eduardo VII, o terreno foi transformado em parque público em 2 de julho de 1903.[32]

Transporte[editar | editar código-fonte]

Estradas[editar | editar código-fonte]

Darwen fica em um grande vale estendido ao longo da estrada A666. Um tráfego considerável passa pelo centro da cidade ao longo da A666, causando elevados níveis de poluição atmosférica, o que o Conselho local recentemente tentou resolver adicionando um novo traçado viário ao centro, com transporte público e melhorias nos cruzamentos para reduzir o volume de veículos e os congestionamentos. A cidade está ligada ao sistema de auto-estradas no cruzamento 4 da M65, em Earcroft, no limite norte da cidade.

Transporte ferroviário[editar | editar código-fonte]

Darwen fica ao longo da Ribble Valley Line, operada pela concessionária Northern. A estação ferroviária de Darwen tem até dois trens por hora entre Blackburn e Rochdale (via Bolton e Manchester); um trem por hora continua além de Blackburn para Clitheroe.

Ônibus[editar | editar código-fonte]

Vista aérea com a rodovia M65 visível no topo da imagem, acima de Darwen

O Darwen Circus é o terminal rodoviário de Darwen, com serviços a cada 12 minutos para Blackburn/Accrington nos dias de semana. Também há ônibus a cada 20 minutos durante a semana e de hora em hora aos domingos, para Bolton e Clitheroe, mas a linha para Bolton se encerra às 19 horas. Ambos os serviços são operados pela Blackburn Bus Company.

Em 2008, o esquema "Pennine Reach", para melhorar o transporte público entre Darwen, Blackburn e Hyndburn, foi proposto pelos Conselhos de Lancashire e Blackburn with Darwen, incluindo planos para a adição de faixas de ônibus à A666. No entanto, o projeto foi considerado controverso, com alguns residentes colocando em suas janelas placas com a frase "Diga não à Bus Lane, nós não queremos", o que levou Hyndburn a deixá-lo.[33] Por fim, o esquema foi suspenso em 2010, quando as autoridades locais tiveram que revisar seus gastos após cortes orçamentários, antes de ser abandonado definitivamente no final do ano devido à falta de financiamento do governo.[34][35]

Cultura e comunidade[editar | editar código-fonte]

No dialeto de Lancashire, o nome Darwen é pronunciado Darren, e os habitantes locais se referem a si próprios como Darreners. Eles, geralmente, são resistentes a qualquer tentativa de submergir a identidade da cidade dentro de Blackburn.[36] Um exemplo disso é o caso da área de serviço na junção 4 da rodovia M65, localizada dentro da Darwen, e que foi originalmente chamada de Blackburn Services. Após protestos locais,[37] ela acabou renomeada para Blackburn with Darwen Services.

A cidade abriga o Darwen Library Theatre (como o nome indica, uma extensão da Darwen Library, a biblioteca local) e o programa de TV Hetty Wainthropp Investigates. Darwen tem algumas notas de rodapé na história do entretenimento: seu antigo teatro (hoje demolido) teve participações de Charlie Chaplin, além de aparecer no filme There was a Crooked Man, comédia de 1960 com Norman Wisdom e Alfred Marks nos papéis principais.

Os Beatles tocaram em Darwen em 25 de janeiro de 1963, no Co-operative Hall. O evento foi batizado como The Greatest Teenage Dance (em tradução livre, A melhor dança adolescente), e foi encomendado pelo Darwen Baptist Youth Club. As apresentações de abertura envolveram Electones, Mike Taylor Combo e Mustangs com Ricky Day.[38]

Religião[editar | editar código-fonte]

A Igreja Paroquial de Darwen é a St Peter's Church, uma grande e ativa igreja anglicana consagrada em 1829.[39]

A Medina Mosque and Islamic Centre, única mesquita de Darwen, está localizada na Victoria Street.[40]

Música[editar | editar código-fonte]

Darwen tem sua própria escola de música, a Darwen School of Music (anteriormente Elite School of Music), situada em Blackburn Road. A escola tem como foco principal a música popular.[41]

Darwen Live (anteriormente Darwen Music Live) é um festival de música gratuito de dois dias realizado todos os anos durante o segundo feriado bancário de maio. O palco principal é construído do lado de fora da prefeitura, e outros palcos musicais menores geralmente se baseiam em pubs e bares ao redor da cidade. O festival já atraiu artistas como Buzzcocks, China Crisis, Toyah Willcox e Paul Young , além de ser uma vitrine para bandas locais.[42][43]

A cidade tem uma das bandas de metáis mais antigas do Reino Unido. Hoje chamada de Blackburn and Darwen Band, suas raízes remontam a 1840.[44][45] Outra banda do gênero, a Darwen Brass, foi formada em 2007[46] e obteve muitos sucessos notáveis em várias competições.[47] Em 2012, a Darwen Brass se classificou para o Campeonato Nacional de Banda de Metais, terminando em 5º.[48] Em 2013 alcançou a 3ª colocação na mesma competição.

Esportes[editar | editar código-fonte]

A cidade foi a casa do Darwen Football Club, formado em 1870, o primeiro clube de futebol do mundo a ter jogadores profissionais pagos.[49] A equipe chegou à semifinal da FA Cup na temporada 1880-81 e disputou a Football League entre 1891 e 1899, atuando no estádio Barley Bank. O clube foi dissolvido no final da temporada 2008-09, sendo substituído quase imediatamente pelo AFC Darwen. O novo clube joga na First Division North da North West Counties Football League, e é baseado no estádio Anchor Ground.

Darwen tem uma forte tradição no críquete. O Darwen Cricket Club foi originalmente fundado no final do século XIX como Darwen Etrurians CC, jogando no Barley Bank. O clube atual foi constituído em 1911 e, desde 1920, está sediado no Birch Hall Cricket Ground. Entre seus nomes históricos, podemos citar David Wiese, Keith Semple e Scott Hookey.

A noroeste de Darwen está localizado o Darwen Golf Club. As características do campo mudaram pouco desde sua criação, em 1893. Devido à sua localização geográfica, o campo é considerado um teste de habilidade difícil para os golfistas. De seu ponto mais alto, tem vistas panorâmicas da área circundante até Blackpool.[50]

Até o centro esportivo local ser demolido, Darwen foi a casa do torneio North West Open Karate, que recebeu muitos campeões nacionais e mundiais. O Tower Shukokai Karate Club, mais antigo clube de karate de Darwen,[51] esteve situado no centro esportivo desde 1988 e continua ativo.

Pessoas notáveis[editar | editar código-fonte]

Cidades irmãs[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b KS01 Usual resident population: Census 2001, Key Statistics for urban areas, Office for National Statistics
  2. Mills, A.D. (1991). A dictionary of English place-names. [S.l.]: Oxford University Press. ISBN 0-19-869156-4 
  3. «Ashleigh Barrow». The Modern Antiquarian 
  4. Barrowclough, David (2010). «Dating the Early Bronze Age in Northern England: Comparison with Ireland, Scotland and Wales» 
  5. «Bury Fold». Heritage Gateway 
  6. Darwen: Historic Town Assessment Report
  7. «Gable End Cottage, Whitehall, Whitehall Cottages». Heritage Gateway 
  8. French, Gilbert James (1859). The life and times of Samuel Crompton, inventor of the spinning machine known as the mule. London: Simpkin, Marshall. p. 196. OCLC 218459536 
  9. Riley, J. J. (1894). «Darwen and the Cotton Famine Thirty Years Ago 1862-1864». The Free Press, Rawtenstall 
  10. «£12m deal guarantees new jobs for India Mill». Lancashire Telegraph. 9 de Agosto de 2006 
  11. Marsh, Arthur; Ryan, Victoria; Smethurst, John B. (1994). Historical Directory of Trade Unions. 4. Farnham: Ashgate. pp. 106–107. ISBN 9780859679008 
  12. «Steam Tram Turning Triangle and Twin Waiting Rooms, Darwen». Lancashire Past 
  13. «Darwen Grammar School». Lancashire Telegraph. 16 de Setembro de 2015 
  14. Hughes, William R: Indomitable Friend, the Life of Corder Catchpool 1883-1952: p.70
  15. Hughes, William R: Indomitable Friend, the Life of Corder Catchpool 1883-1952; p.60
  16. «Walpamur | Patrick Baty – Historical paint consultant». Patrickbaty.co.uk. 15 de novembro de 2011 
  17. «We're Darwen's secret weapon». Lancashire Telegraph. 13 de Abril de 2004 
  18. «Darwen MB: Total Population». Visionofbritain.org.uk 
  19. Darwen town council election results 2009
  20. «Heraldry of the world - Darwen». Ngw.nl 
  21. «Darwen flood tragedy recalled in new sculpture trail around reservoir». Lancashire Telegraph. Newsquest Media Group. 3 de Julho de 2012 
  22. Small Raised Reservoirs – the need for regulation
  23. «Darwen Tower dome lifted into place by helicopter». BBC News. 13 de Janeiro de 2012 
  24. a b c Groom, Graham (1993). Arsque Labore Nihil. Historical and Contemporary Jottings on Darwen 1889-1993. Darwen: Little Darren Books. OCLC 29389745 
  25. Darwen – Town Centre Trail
  26. Worries raised over Darwen Town Hall
  27. Council Meetings
  28. «Darwen town hall shopping up and running». Lancashire Telegraph. Newsquest Media Group. 29 de Julho de 2011 
  29. «Bold Venture Park». Parks & Gardens. 1999 
  30. a b «Whitehall Park». Blackburn with Darwen Borough Council 
  31. «Whitehall Park». Parks & Gardens. 1999 
  32. Athey, Neil (2 de Julho de 2019). «Darwen celebrates as town gets a third park». Lancashire Telegraph. p. 22 
  33. Watkinson, David (18 de Julho de 2008). «Major blow for bus lane». Lancashire Telegraph. Blackburn. p. 5 
  34. «Lancashire councils budgeting for spending cuts». BBC News. 16 de Junho de 2010 
  35. Hopper, Chris (19 de Dezembro de 2010). «Parts of East Lancashire bus lane scheme to be revived». Lancashire Telegraph. Blackburn 
  36. «"Hands off our name", say Darreners». Lancashire Telegraph. Blackburn. 27 de Maio de 2004 
  37. «MP steps up M65 name campaign». Lancashire Telegraph. Blackburn. 3 de Setembro de 2003 
  38. «25 January 1963: Live: Co-operative Hall, Darwen». The Beatles Bible. 25 de janeiro de 1963 
  39. «St Peter's Church Darwen». Stpeterschurchdarwen.org. 16 de maio de 2012 
  40. «Madina Mosque and Islamic Centre (Darwen, Lancashire) - Comprehensive Complete Directory Search Listings of Muslim Mosques in the United Kingdom». Mosquedirectory.co.uk 
  41. «Darwen School of Music links with Marc Bolan and Sierra Leone». Lancashire Telegraph. 15 de Novembro de 2019 
  42. Darwen Live 2008
  43. «Darwen live festival headliners announced». The Lancashire Telegraph. 7 de Março de 2018 
  44. «Blackburn and Darwen Band». The Internet Bandsman's Everything Within 
  45. «About us». Blackburn & Darwen Band 
  46. «About us». Darwen Brass 
  47. «Darwen Brass». Brass Band Results. 2011 
  48. «Darwen Brass». Brass Band Results 
  49. «Darwen FC and the first professional footballer». Darwen Online Blog. 5 de Janeiro de 2009 
  50. «Darwen Golf Club – Lancashire, England». Darwengolfclub.com. 23 de julho de 2016 
  51. «Tower Shukokai Karate Club». Towershukokai.co.uk 
  52. «BBC Radio 2 - Simon Mayo Drivetime, 31/07/2012, Confessions with BBC Olympic Correspondent Gordon Farquhar». Bbc.co.uk 
  53. «My mate's got me a flash new Merc». Lancashire Evening Telegraph. Blackburn. 10 de Setembro de 2001 
  54. «Darwen set to get twin town in Africa». Lancashire Telegraph. Blackburn. 7 de Fevereiro de 2013