Francisco Aramburu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco Aramburu
Informações pessoais
Nome completo Francisco Aramburu
Data de nasc. 7 de janeiro de 1922
Local de nasc. Uruguaiana (RS), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Falecido em 1 de outubro de 1997 (75 anos)
Local da morte Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Altura 1,68 m
Canhoto
Apelido Chico
Informações profissionais
Posição Atacante
Ponta-esquerda
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1939–1940
1941–1942
1942–1954
1955–1956
Ferro Carril-RS
Grêmio
Vasco da Gama
Flamengo
00000 0000(0)
00000 0000(0)
00000 0000(0)
00000 0000(0)
Seleção nacional
1945–1950 Brasil 00019 0000(8)[1][2]

Francisco Aramburu, mais conhecido como Chico (Uruguaiana, 7 de janeiro de 1922Rio de Janeiro, 1 de outubro de 1997), foi um futebolista brasileiro, que atuava como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Era um ponta-esquerda extremamente veloz, chutava forte com os dois pés. Titular absoluto da camisa 11 do Vasco da Gama, travava duelos memoráveis com seus inúmeros marcadores, especialmente com Biguá, lateral do Flamengo.

Na Seleção Brasileira, Chico também teve importante desempenho. No Sul-americano de 1946, em Buenos Aires, revidou uma entrada mais dura de um zagueiro argentino e na briga generalizada que se seguiu, apanhou da polícia argentina a golpes de sabre.

Na Copa do Mundo de 1950, jogou quatro partidas e marcou quatro gols pela Seleção Brasileira.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama
Premiações
Marca Histórica

Referências

  1. a b «Todos os brasileiros 1950». Folha de São Paulo. 9 de dezembro de 2015. Consultado em 4 de outubro de 2018. 
  2. a b «Os 22 jogadores da Seleção na Copa do Brasil». Governo do Brasil. 30 de junho de 2010. Consultado em 4 de outubro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]