Francisco Rodrigues (futebolista brasileiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco Rodrigues
Francisco.rodrígues.jpg
Informações pessoais
Nome completo Francisco Rodrigues
Data de nasc. 27 de junho de 1925
Local de nasc. São Paulo (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Falecido em 30 de outubro de 1988 (63 anos)
Local da morte São Paulo (SP), Brasil
Informações profissionais
Posição Atacante e Ponta-esquerda
Clubes de juventude
1940–1942 Ypiranga
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1942–1944
1945–1950
1950–1955
1955–1956
1956–1957
1957
1958
1959
1960–1961
Ypiranga
Fluminense
Palmeiras
Botafogo
Palmeiras
Juventus
Paulista
Juventus
Rosario Central
00000 0000(0)
00199 000(94)
00221 00(125)
00000 0000(0)
00011 0000(2)
00000 0000(0)
00000 0000(0)
00000 0000(0)
00035 000(10)
Seleção nacional
1950–1955 Brasil 000018 0000(5)[1][2]
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Ouro Santiago 1952 Equipe

Francisco Rodrigues mais conhecido como Rodrigues ou Rodrigues Tatu, (São Paulo, 27 de junho de 1925São Paulo, 30 de outubro de 1988), foi um futebolista brasileiro, que atuou como Atacante, mais precisamente na Ponta-esquerda.

Jogou em grandes clubes do país, como o Fluminense, o Botafogo e o Palmeiras, onde marcou 125 gols e passou a integrar a lista dos dez maiores artilheiros da história da equipe[3]. Participou de duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Rodrigues começou a carreira como jogador no Ypiranga em 1942 e, em 1945, transferiu-se para o Fluminense, onde ficou até 1950. Durante esse período, ganhou o Campeonato Carioca de 1946 e o Torneio Municipal de 1948.[4] Na conquista do Campeonato Carioca de 1946 foi o artilheiro da equipe tricolor e do campeonato ao marcar 28 gols em um ataque que marcou 97 gols no total.[5]

Em 1950, durante a Copa do Mundo transferiu-se para o Palmeiras, estreando em 23 de julho de 1950,[6] onde jogou até 1955 na sua primeira passagem. Na equipe alviverde, ganhou um Campeonato Paulista em 1950 e foi decisivo na conquista da Copa Rio de 1951, nas finais disputadas contra a Juventus, da Itália, marcando um gol em cada um dos jogos.[7]

Em 1955, foi para o Botafogo, antes de voltar ao Palmeiras em 1956, depois passando pelo Juventus, em 1957, e pelo Paulista, em 1958, e voltar para o Juventus em 1959. Terminou a carreira no Rosario Central em 1961.

Foi convocado pela Seleção Brasileira para as Copas do Mundo de 1950 e 1954.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Palmeiras
Fluminense

Referências

  1. «Todos os brasileiros 1950». Folha de São Paulo. 9 de dezembro de 2015. Consultado em 4 de outubro de 2018. 
  2. «Os 22 jogadores da Seleção na Copa do Brasil». Governo do Brasil. 30 de junho de 2010. Consultado em 4 de outubro de 2018. 
  3. Almanaque do Palmeiras, Edição 1 - 2004 - Editora Abril, páginas 506 e 540
  4. RSSSF Brasil - Fichas técnicas de jogos que deram títulos ao Fluminense, página editada em 3 de janeiro de 2013 e disponível em 16 de setembro de 2015
  5. «Rio de Janeiro Championship 1946». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 24 de dezembro de 2017. 
  6. Site oficial do PALMEIRAS - Rodrigues, página disponível em 16 de setembro de 2015
  7. "Ídolos", Site Oficial do Palmeiras

Ligações externas[editar | editar código-fonte]