Estatísticas do Estádio Jornalista Mário Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Inaugurado em 16 de junho de 1950, o Estádio Jornalista Mário Filho, também conhecido como Estádio do Maracanã, 278 partidas ocorreram no estádio com mais de 100 mil presentes, das quais 214 aconteceram no Maraca. Destas, em 175 vezes foram mais de 100 mil pagantes, das quais, o Flamengo estava em campo 91 vezes, ou 52%. O Vasco figurava no gramado 58 vezes e a seleção brasileira 35.[1]

O maior público de uma equipe de fora da cidade do Rio de Janeiro foi registrado na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 entre Fluminense e Corinthians, no episódio que ficou conhecido por Invasão corintiana. Entre 50 a 70 mil dos 146 043 pagantes torciam para o Corinthians, que venceu o confronto nos pênaltis.[2][3][4]

O Maracanã teve Zico como seu maior artilheiro, jogador que atuou a maioria das vezes no estádio pelo Flamengo. Ele marcou 333 gols nas 435 partidas que disputou no estádio.[5] Zico também foi o jogador que mais marcou gols em uma única partida no Maracanã, foram 6 gols, na goleada de 7 a 1 do Flamengo sobre o Goytacaz, pelo campeonato carioca de 1979.

Pelé é o jogador que mais marcou gols no Maracanã com a camisa da Seleção Brasileira, 30 gols em 22 partidas. O Maracanã foi palco do milésimo gol da carreira de Pelé (Vasco 1 a 2 Santos, em 19 de novembro de 1969) e também da despedida do Rei do Futebol da Seleção Brasileira (Brasil 2 a 2 Iugoslávia, em 18 de julho de 1971).

As maiores goleadas da história do Maracanã foram Flamengo 12 a 2 São Cristóvão, pelo Campeonato Carioca de 1956,[6] e Espanha 10 a 0 Taiti, pela Copa das Confederações de 2013.[7]

Eventos esportivos[editar | editar código-fonte]

Cerimônia de encerramento dos Jogos Pan-Americanos de 2007.

O Maracanã já recebeu pelo menos três grandes eventos de outros esportes se não o futebol. O primeiro deles aconteceu em 1951. Trata-se da luta de vale-tudo entre Hélio Gracie e Masahiko Kimura, dois dos maiores nomes das artes marciais do planeta: O japonês Masahiko Kimura, então campeão mundial, e considerado o grande judoca do planeta, e Hélio Gracie, o maior nome do jiu-jitsu e da luta livre no Brasil.[8]

Em 1952, a equipe estadunidense de basquetebol Harlem Globetrotters se apresentou no estádio.[9] Em 1983, o terceiro grande momento - O Grande Desafio de Vôlei – Brasil X URSS - uma partida histórica de voleibol entre a Seleção Brasileira de Voleibol Masculino e a então Seleção Soviética de Voleibol Masculino, campeã olímpica e mundial à época, que detém até hoje o recorde de público numa partida a céu aberto: 95 887 pagantes.[10]

As cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Pan-Americanos de 2007 também foram no estádio.[11]

Em 2016, ocorreu no estádio a cerimônia de abertura e de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o que fez do estádio o único local na história das cerimônias dos Jogos Olímpicos de Verão a não realizar um único evento de atletismo (atletismo) durante o evento. Durante os Jogos, o estádio sediou quatro partidas de futebol: as semifinais e finais masculinas e femininas.[12]

Copa do Mundo de 1950[editar | editar código-fonte]

A seleção que ganhou a segunda Copa do Mundo FIFA para o Uruguai em 1950, ao vencer o Brasil.
Ver artigo principal: Copa do Mundo FIFA de 1950
Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Público
24 de junho Brasil Brasil 4–0 Flag of Mexico.svg México 81 649
25 de junho Inglaterra Flag of England.svg 2–0 Flag of Chile.svg Chile 29 703
28 de junho Espanha Flag of Spain under Franco.svg 2–0 Flag of Chile.svg Chile 19 790
1 de julho Brasil Brasil 2–0 Flag of Yugoslavia (1946–1992).svg Iugoslávia 142 429
2 de julho Espanha Flag of Spain under Franco.svg 1–0 Flag of England.svg Inglaterra 74 462
9 de julho Brasil Brasil 7–1 Flag of Sweden.svg Suécia 138 886
13 de julho Brasil Brasil 6–1 Flag of Spain under Franco.svg Espanha 152 772
16 de julho Brasil Brasil 1–2 Flag of Uruguay.svg Uruguai 199 854

Copa das Confederações de 2013[editar | editar código-fonte]

Na Copa das Confederações de 2013, foram três jogos:

Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Fase Público
16 de junho México Flag of Mexico.svg 1–2 Flag of Italy.svg Itália Grupo A 71 527
20 de junho Espanha Flag of Spain.svg 10–0 Taiti Taiti Grupo B 71 806
30 de junho Brasil Brasil 3–0 Flag of Spain.svg Espanha Final 73 531

Copa do Mundo de 2014[editar | editar código-fonte]

Interior do Maracanã durante a Final da Copa do Mundo FIFA de 2014.
Ver artigo principal: Copa do Mundo FIFA de 2014
Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Fase Público Ref.
15 de junho Argentina Flag of Argentina.svg 2 – 1 Flag of Bosnia and Herzegovina.svg Bósnia e Herzegovina Grupo F 74 738 [13]
18 de junho Espanha Flag of Spain.svg 0 – 2 Flag of Chile.svg Chile Grupo B 74 101 [14]
22 de junho Bélgica Flag of Belgium.svg 1 – 0 Flag of Russia.svg Rússia Grupo H 73 819 [15]
25 de junho Equador Flag of Ecuador.svg 0 – 0 França França Grupo E 73 749 [16]
28 de junho Colômbia Flag of Colombia.svg 2 – 0 Flag of Uruguay.svg Uruguai Oitavas 73 804 [17]
4 de julho França França 0 – 1 Bandeira da Alemanha Alemanha Quartas 74 240 [18]
13 de julho Alemanha Bandeira da Alemanha 1 – 0 Flag of Argentina.svg Argentina Final 74 738 [19]

Jogos Olímpicos Rio 2016[editar | editar código-fonte]

Além das cerimônias de abertura e encerramento, foram disputadas quatro partidas:[12]

Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Fase Público Ref.
16 de agosto Brasil Flag of Brazil.svg 0 – 0
(pen 3–4)
Suécia Suécia Semifinal, feminino 70 454 [20]
17 de agosto Brasil Brasil 6 – 0 Flag of Honduras.svg Honduras Semifinal, masculino 52 457 [21]
19 de agosto Suécia Suécia 1 – 2 Flag of Germany.svg Alemanha Final, feminino 52 432 [22]
20 de agosto Brasil Brasil 1 – 1
(pen 5–4)
Bandeira da Alemanha Alemanha Final, masculino 63 707 [23]

Jogos Paralímpicos Rio 2016[editar | editar código-fonte]

Apenas as cerimônias de abertura e encerramento aconteceram no estádio.[24]

Copa América de 2019[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa América de 2019
Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Fase Público Ref.
16 de junho Paraguai Flag of Paraguay.svg 2 – 2 Flag of Qatar.svg Catar Grupo B 19 071 [25]
18 de junho Bolívia Flag of Bolivia.svg 1 – 3 Flag of Peru.svg Peru Grupo A 26 358 [26]
24 de junho Chile Flag of Chile.svg 0 – 1 Flag of Uruguay.svg Uruguai Grupo C 57 442 [27]
28 de junho Venezuela Flag of Venezuela.svg 0 – 2 Flag of Argentina.svg Argentina Quartas de final 50 092 [28]
7 de julho Brasil Brasil 3 – 1 Flag of Peru.svg Peru Final 58 584 [29]

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

  • Fonte: GloboEsporte.com e Blog do Paulo Vinicius Coelho[1]
# Público Presente Público Pagante[1] Data Partida Evento Info
1 199.854 173.850 16 de julho de 1950 Brasil Brasil 1 x 2 Flag of Uruguay.svg Uruguai Último Jogo do Quadrangular final da Copa do Mundo de 1950 Maior público presente em uma partida de futebol na história
2 195.513 174.599 21 de março de 1954 Brasil Brasil 4 x 1 Flag of Paraguay.svg Paraguai Eliminatórias da Copa do Mundo de 1954
3 194.603 177.656 15 de dezembro de 1963 Fluminense 0 x 0 Flamengo Campeonato Carioca Maior público presente em uma partida entre clubes no Maracanã
4 183.341 31 de agosto de 1969 Brasil Brasil 1 x 0 Flag of Paraguay.svg Paraguai Eliminatórias da Copa do Mundo de 1970 Maior público pagante em uma partida do Maracanã
5 174.770 4 de abril de 1976 Flamengo 3 x 1 Vasco Campeonato Carioca
6 171.599 15 de junho de 1969 Flamengo 2 x 3 Fluminense Campeonato Carioca rodada dupla
Botafogo 0 x 0 Portuguesa-RJ
7 165.358 22 de dezembro de 1974 Flamengo 0 x 0 Vasco Campeonato Carioca
8 162.764 9 de março de 1977 Brasil Brasil 6 x 0 Flag of Colombia.svg Colômbia Eliminatórias da Copa do Mundo de 1978
9 162.506 17 de outubro de 1954 Flamengo 2 x 1 Vasco Campeonato Carioca
10 161.989 6 de dezembro de 1981 Flamengo 2 x 1 Vasco Campeonato Carioca

Espetáculos musicais[editar | editar código-fonte]

Data Artista(s) Abertura / Participações Turnê / Show[30] Público Ref.
26 de janeiro de 1980 Estados Unidos Frank Sinatra 175 mil [30][31]
18 de junho de 1983 Estados Unidos KISS Brasil Erva Doce Creatures of the Night Tour 180 mil [32]
20 de novembro de 1987 Reino Unido Sting Brasil Capital Inicial Nothing Like the Sun Tour 150 mil [30]
16 de janeiro de 1988 Estados Unidos Tina Turner Brasil Beija-Flor de Nilópolis Break Every Rule World Tour 200 mil [33]
2 de dezembro de 1989 Brasil Xuxa Brasil Paquitas
Brasil Trem da Alegria
Brasil Balão Mágico
Brasil Patricia Marx
Brasil Beto Barbosa
Brasil Inimigos do Rei
Brasil Os Abelhudos
Chegada do Papai Noel 200 mil [34]
20 de abril de 1990 Reino Unido Paul McCartney The Paul McCartney World Tour 184 mil [30]
21 de abril de 1990
18 de janeiro de 1991 Estados Unidos Prince
Reino Unido Joe Cocker
Reino Unido Colin Hay
Jamaica Jimmy Cliff
Rock in Rio II 700 mil [35]
19 de janeiro de 1991 Austrália INXS
Reino Unido Billy Idol
México Carlos Santana
Brasil Engenheiros do Hawaii
Brasil Supla
Brasil Vid & Sangue Azul
20 de janeiro de 1991 Estados Unidos Guns N' Roses
Reino Unido Billy Idol
Estados Unidos Faith No More
Brasil Titãs
Brasil Barão Vermelho
22 de janeiro de 1991 Estados Unidos New Kids on the Block
Estados Unidos Run-D.M.C.
Brasil Roupa Nova
Brasil Inimigos do Rei
23 de janeiro de 1991 Estados Unidos Guns N' Roses
Reino Unido Judas Priest
Estados Unidos Queensrÿche
Estados Unidos Megadeth
Brasil Lobão
Brasil Sepultura
24 de janeiro de 1991 Estados Unidos Prince
México Carlos Santana
Brasil Alceu Valença
Brasil Laura Finocchiaro
Brasil Serguei
25 de janeiro de 1991 Reino Unido George Michael
Estados Unidos Deee-Lite
Brasil Elba Ramalho
Brasil Ed Motta
26 de janeiro de 1991 Noruega A-ha
Reino Unido Happy Mondays
Estados Unidos Debbie Gibson
Estados Unidos Information Society
Brasil Paulo Ricardo
Brasil Capital Inicial
Brasil Nenhum de Nós
27 de janeiro de 1991 Reino Unido George Michael
Reino Unido Lisa Stansfield
Estados Unidos Deee-Lite
Brasil Moraes Moreira e Pepeu Gomes
Brasil Leo Jaime
6 de novembro de 1993 Estados Unidos Madonna The Girlie Show World Tour 120 mil [30]
2 de fevereiro de 1995 Reino Unido The Rolling Stones Reino Unido Spin Doctors
Brasil Barão Vermelho
Brasil Rita Lee
Voodoo Lounge Tour
Hollywood Rock
160 mil [36]
4 de fevereiro de 1995
3 de maio de 2001 Estados Unidos Backstreet Boys Estados Unidos Krystal Harris Black & Blue Tour 70 mil [37]
1 de dezembro de 2001 Brasil Diante do Trono Brasil Diante do Trono 180 mil [38]
12 de outubro de 2002 Brasil Sandy & Junior Sandy & Junior 2002 70 mil [30]
23 de novembro de 2002 Canadá Rush Vapor Trails Tour 42 mil [39]
8 de outubro de 2006 México RBD México Diego González
Brasil Mocidade Independente de Padre Miguel
Tour Generación RBD 45 mil [40]
16 de dezembro de 2006 Brasil Ivete Sangalo Espanha Alejandro Sanz
Brasil Durval Lélys
Brasil Saulo Fernandes
Brasil Samuel Rosa
Brasil Buchecha
Turnê D'As Super Novas 60 mil [41]
8 de dezembro de 2007 Reino Unido The Police Brasil Os Paralamas do Sucesso The Police Reunion Tour 60 mil [30]
12 de julho de 2009 Brasil Roberto Carlos Brasil Erasmo Carlos
Brasil Wanderléia
Roberto Carlos - 50 Anos de Música 68 mil [42]
25 de janeiro de 2015 Estados Unidos Foo Fighters Reino Unido Kaiser Chiefs
Brasil Raimundos
Sonic Highways World Tour 48 mil [43]
22 de novembro de 2015 Estados Unidos Pearl Jam Lightning Bolt Tour 50 mil [44]
20 de fevereiro de 2016 Reino Unido The Rolling Stones Brasil Ultraje a Rigor
Brasil Doctor Pheabes
América Latina Olé Tour 2016 60 mil [45]
10 de abril de 2016 Reino Unido Coldplay Reino Unido Lianne La Havas
Brasil Tiê
A Head Full of Dreams Tour 60 mil [46]
25 de fevereiro de 2018 Estados Unidos Foo Fighters Estados Unidos Queens of the Stone Age
Brasil Ego Kill Talent
Concrete and Gold Tour 30 mil [47]
21 de março de 2018 Estados Unidos Pearl Jam Reino Unido Royal Blood Pearl Jam Live 2018 50 mil [48]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c globoesporte.globo.com/ Nos 70 anos do Maracanã, a lista dos 175 jogos no templo do futebol com mais de 100 mil pagantes
  2. Jornal do Brasil de 6-12-1976 - Jornal do Brasil - News Archives
  3. Folha de S.Paulo de 6-12-1976 - Arcevo Folha
  4. «Sobre a primeira "Invasão Corinthiana"». blogdojuca.uol.com.br 
  5. «Paixão Rubro-Negra - Mais de 70 mil fiéis na missa do Galo». (27/12/2007) 
  6. «Flapédia - São Cristóvão Futebol de Regatas, Histórico». - atualizado em 24 de dezembro de 2007 
  7. «Espanha, histórica, faz 10 a 0, mas Taiti sai consagrado do Maracanã». - atualizado em 20 de junho de 2013 
  8. «lancenet.com.br/»  Maracanã Além do Futebol.
  9. «SuperLicença - Apresentação no Maracanã». -. Consultado em 6 de fevereiro de 2008 
  10. «GloboEsporte.com - Final do vôlei no Maracanã divide opiniões». -. Consultado em 6 de fevereiro de 2008 
  11. «G1 - Público começa lotar Maracanã para encerramento do Pan». - atualizado em. 29 de julho de 2007 
  12. a b «Maracanã». Rio 2016. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  13. «Argentina x Bósnia e Herzegovina» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 15 de junho de 2014. Consultado em 24 de junho de 2014 
  14. «Espanha x Chile» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 18 de junho de 2014. Consultado em 24 de junho de 2014 
  15. «Bélgica x Rússia» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 22 de junho de 2014. Consultado em 24 de junho de 2014 
  16. «Equador x França» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 25 de junho de 2014. Consultado em 25 de junho de 2014 
  17. «Colômbia x Uruguai» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 28 de junho de 2014. Consultado em 30 de junho de 2014 
  18. «França x Alemanha» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 4 de julho de 2014. Consultado em 5 de julho de 2014 
  19. «Alemanha x Argentina» (PDF) (em inglês). FIFA.com. 13 de julho de 2014. Consultado em 13 de julho de 2014 
  20. «Brasil 0 – 0 Suécia» (em inglês). FIFA.com. 16 de agosto de 2016. Consultado em 17 de agosto de 2016 
  21. «Brasil 6 – 0 Honduras» (em inglês). FIFA.com. 17 de agosto de 2016. Consultado em 17 de agosto de 2016 
  22. «Suécia 1 – 2 Alemanha» (em inglês). FIFA.com. 17 de agosto de 2016. Consultado em 17 de agosto de 2016 
  23. «Brasil 1 – 1 Alemanha» (em inglês). FIFA.com. 20 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  24. «Maracanã». Jogos Paralímpicos Rio 2016. Consultado em 23 de agosto de 2016 
  25. «Boletim financeiro: Paraguai x Catar» (PDF). CONMEBOL. 16 de junho de 2019. Consultado em 9 de julho de 2019 
  26. «Boletim financeiro: Bolívia x Peru» (PDF). CONMEBOL. 18 de junho de 2019. Consultado em 9 de julho de 2019 
  27. «Artilheiro é artilheiro». Globoesporte.com. 24 de junho de 2019. Consultado em 9 de julho de 2019 
  28. «Boletim financeiro: Venezuela x Argentina» (PDF). CONMEBOL. 28 de junho de 2019. Consultado em 9 de julho de 2019 
  29. «É campeão! Com um a menos no 2º tempo, Brasil vence Peru e conquista sua nona Copa América». Globoesporte.com. 7 de julho de 2019. Consultado em 9 de julho de 2019 
  30. a b c d e f g «LISTA: As dez bandas que mais lotaram o Maracanã» 
  31. BBC News Brasil (27 de janeiro de 2020). «O dia em que Frank Sinatra 'fez a chuva parar' e cantou para 175 mil pessoas no Maracanã». Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  32. whiplash.net (22 de julho de 2014). «Kiss: Tocar no Maracanã é como estar no fundo de um barril». Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  33. Tina Turner leva 200 mil ao Maracanã. Jornal O Globo, 17 de janeiro de 1988. In DELMAS, Maria Fernanda (coord.). Maracanã. A saga do mais famoso templo do futebol mundial. Rio de Janeiro: Organizações Globo, 2013.
  34. «Xuxa canta Dinda ou Dindinha no Maracanã». Whiplash. Consultado em 23 de fevereiro de 2016 
  35. «Grupo Rock in Rio: História (vide seção 1991)» 
  36. «Rolling Stones: há 20 anos as pedras rolaram pela 1ª vez no Brasil». Whiplash. Consultado em 23 de fevereiro de 2016 
  37. Folha de São Paulo (3 de maio de 2001). «70 mil assistem ao show do Backstreet Boys no Rio de Janeiro». 3 de maio de 2001. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  38. «Brasil Diante do Trono». Diante do Trono. Consultado em 30 de novembro de 2012 
  39. Folha Ilustrada (23 de novembro de 2002). «Rush encerra turnê mundial em show no Maracanã no Rio». Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  40. Folha de São Paulo (9 de outubro de 2006). «RBD reúne 50 mil no Maracanã e encerra turnê pelo país». 9 de outubro de 2006. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  41. A Tarde (18 de dezembro de 2006). «Show de Ivete Sangalo leva 60 mil pessoas ao Maracanã». 18 de dezembro de 2006. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  42. «Roberto Carlos comemora 50 anos de carreira no Maracanã e mostra que continua encantando multidões». 12 de julho de 2009 
  43. «Excessos dos Foo Fighters encantam 45 mil cariocas». 26 de janeiro de 2015. Consultado em 23 de fevereiro de 2016 
  44. «Pearl Jam leva rock, ativismo e delírio ao Maracanã». 23 de novembro de 2015. Consultado em 9 de março de 2017 
  45. «Fas de Rolling Stones Enfrentam Chuva a Espera do Show no Maracana». 20 de fevereiro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2016 
  46. Gshow (11 de abril de 2016). «Coldplay no Brasil: banda lota Maracanã em show mágico». Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  47. UOL (26 de fevereiro de 2018). «Em noite energética, Foo Fighters leva 30 mil fãs à loucura no Maracanã». Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  48. Tenho Mais Discos que Amigos" (23 de março de 2018). «Pearl Jam leva Maracanã de volta aos anos 90 em apresentação eufórica no Rio». Consultado em 2 de dezembro de 2020