Final da Copa Libertadores da América de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis.
Sports icon.png
Final da Copa Libertadores da América de 2020
Maracanã - Jogo do Flamengo - Rio de Janeiro - Brasil.jpg
Maracanã, sede do jogo único da final.
Evento Copa Libertadores da América de 2020
Data 21 de novembro
Local Maracanã, Rio de Janeiro, Brasil

A final da Copa Libertadores da América de 2020 será a 61ª final desta competição, organizada anualmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL).Pela segunda vez na história, será disputada em jogo único, previsto para o dia 21 de novembro no Estádio do Maracanã, em Rio de Janeiro, Brasil.[1]

O vencedor garantirá o direito de participar da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2020 no Qatar. Além do Mundial de Clubes, o campeão terá o direito de participar da Recopa Sul-Americana de 2021 contra o campeão da Copa Sul-Americana de 2020.[2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Escolha do local[editar | editar código-fonte]

Pela segunda vez na história da Libertadores, a final será disputada em jogo único e em campo neutro. Com o processo seletivo aberto, seis cidades se candidataram para receber a disputa: Lima, no Peru,Córdova (Argentina) na Argentina e São Paulo,Rio de Janeiro e Porto Alegre representaram o Brasil.[3]

Em 18 de outubro de 2019, definiu o Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro como sede da final da Libertadores e o Estádio Mario Kempes em Córdoba como sede da final da Sul-Americana.[4][5]

Partida[editar | editar código-fonte]

21 de novembro A definir A definir Maracanã, Rio de Janeiro
17:30 (UTC−3)

Regulamento

  • 90 minutos.
  • 30 minutos de prorrogação caso haja empate no tempo normal.
  • Persistindo o empate, o vencedor será decidido nas penalidades máximas.
  • Doze jogadores substitutos.
  • Máximo de três substituições, com uma quarta sendo permitida em caso de prorrogação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CONMEBOL determina Maracanã (Rio) e Mario Kempes (Córdova) sedes das Finais Únicas da Libertadores e Sul-Americana 2020 | CONMEBOL». www.conmebol.com. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  2. «Reglamento CONMEBOL Libertadores 2019» (PDF) (em espanhol). CONMEBOL. 30 de dezembro de 2018. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  3. «Histórica decisión: Final Única de la Libertadores 2019 en Santiago y Final Única de la Sudamericana 2019 en Lima» (em espanhol). CONMEBOL. 14 de agosto de 2018. Consultado em 5 de novembro de 2018 
  4. «Final da Libertadores de 2020 tem seis estádios brasileiros na disputa; Maracanã é favorito». Globoesporte. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  5. «Maracanã vai receber a final da Copa Libertadores de 2020». Globoesporte. Consultado em 18 de outubro de 2019