Copa Libertadores da América de Futebol Feminino de 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Libertadores da América
de Futebol Feminino de 2018
X Copa Libertadores Femenina
CONMEBOL Libertadores Femenina 2018
Conmebol Libertadores Femenina 2018.png
Logotipo Oficial
Dados
Participantes 12
Organização CONMEBOL
Anfitrião Brasil Brasil (Manaus)
Período 18 de novembro2 de dezembro
Gol(o)s 69
Partidas 22
Média 3,14 gol(o)s por partida
Campeã Colômbia Atlético Huila
Vice-campeã Brasil Santos
Melhor marcadora Brasil Brena (Santos) – 4 gols
Melhor ataque (fase inicial) Brasil Santos – 13 gols
Melhor defesa (fase inicial) 1 gol:
Maior goleada
(diferença)
Santos Brasil 6–0 Bolívia Deportivo ITA
Arena da AmazôniaManaus
23 de novembro, fase de grupos
◄◄ 2017 Soccerball.svg 2019 ►►

A Copa Libertadores de Futebol Feminino de 2018, oficialmente CONMEBOL Libertadores Femenina 2018, foi a décima edição da competição organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). A decisão da sede aconteceu em 11 de junho e os jogos aconteceram em Manaus, Brasil.[1]

A Copa Libertadores Feminina 2018 estava agendada para os dias 04 a 18 de novembro, mas devido a conflito de datas com a repescagem internacional da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2019 foi adiada duas semanas. Então a competição foi realizada entre os dias 18 de novembro e 2 de dezembro.[2]

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

O formato da competição foi mantido em relação aos anos anteriores, sendo disputada por doze equipes: o detentor do título, o clube campeão de cada uma das dez associações da CONMEBOL, e uma equipe adicional do país sede.

País Equipe Classificado por
Argentina Argentina UAI Urquiza Campeão do Campeonato Argentino de 2017-18
Bolívia Bolívia Deportivo ITA Campeão do Campeonato Boliviano de 2018
Brasil Brasil Audax Campeão da Libertadores Feminina de 2017
Santos Campeão do Campeonato Brasileiro de 2017
Iranduba Representante do país-anfitrião
Chile Chile Colo-Colo Campeão do Campeonato Chileno de 2017
Colômbia Colômbia Atlético Huila Campeão do Campeonato Colombiano de 2018
Equador Equador Unión Española Campeão do Campeonato Equatoriano de 2017-18
Paraguai Paraguai Cerro Porteño Campeão do Campeonato Paraguaio de 2017
Peru Peru Sport Girls Campeão do Campeonato Peruano de 2017
Uruguai Uruguai Peñarol Campeão do Campeonato Uruguaio de 2017
Venezuela Venezuela Flor de Patria Campeão do Apertura do Campeonato Venezuelano de 2018

Sede[editar | editar código-fonte]


Esta foi a sede do torneio:

Manaus
Arena da Amazônia
Capacidade: 44 300

Sorteio[editar | editar código-fonte]

Os times foram divididos em quatro potes com três times cada, sendo que os times do mesmo pote não poderiam cair no mesmo grupo. No primeiro pote foi colocada a equipe campeã do último torneio, as outras equipes brasileiras no pote 2 e 4, já as outras equipes foram postas de acordo com a posição da sua federação no torneio anterior. Equipes do mesmo país não podem cair no mesmo grupo.

Pote 1 Pote 2 Pote 3 Pote 4

Brasil Audax
Chile Colo-Colo
Argentina UAI Urquiza

Brasil Santos
Paraguai Cerro Porteño
Equador Unión Española

Colômbia Atlético Huila
Venezuela Flor de Patria
Peru Sport Girls

Brasil Iranduba
Uruguai Peñarol
Bolívia Deportivo ITA

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Os vencedores de cada grupo mais o melhor segundo colocado avançaram para as semifinais da competição.

Legenda
Classificados à fase final
Melhor segundo colocado
Eliminados

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Colômbia Atlético Huila 6 3 2 0 1 6 2 +4
2 Brasil Audax 6 3 2 0 1 5 1 +4
3 Equador Unión Española 3 3 1 0 2 2 5 –3
4 Uruguai Peñarol 3 3 1 0 2 2 7 –5
  AUD UES ATH PEN
Audax 0–1 1–0 4–0
Unión Española 1–0 1–3 0–2
Atlético Huila 0–1 3–1 3–0
Peñarol 0–4 2–0 0–3

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Santos 9 3 3 0 0 13 1 +12
2 Chile Colo-Colo 6 3 2 0 1 10 6 +4
3 Peru Sport Girls 3 3 1 0 2 3 10 –7
4 Bolívia Deportivo ITA 0 3 0 0 3 4 13 –9
  COL SAN SGI ITA
Colo-Colo 1–4 5–0 4–2
Santos 4–1 3–0 6–0
Sport Girls 0–5 0–3 3–2
Deportivo ITA 2–4 0–6 2–3

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Iranduba 5 3 1 2 0 5 4 +1
2 Argentina UAI Urquiza 5 3 1 2 0 3 2 +1
3 Venezuela Flor de Patria 3 3 1 0 2 4 3 +1
4 Paraguai Cerro Porteño 2 3 0 2 1 3 6 –3
  URQ CPO FLO IRA
UAI Urquiza 1–1 1–0 1–1
Cerro Porteño 1–1 0–3 2–2
Flor de Patria 0–1 3–0 1–2
Iranduba 1–1 2–2 2–1

Melhor segundo colocado[editar | editar código-fonte]

A equipe com melhor índice técnico entre as equipes segundo colocadas de todos os grupos avançou para as semifinais.

Equipe Pts J V E D GP GC SG Grupo
Chile Colo-Colo 6 3 2 0 1 10 6 +4 B
Brasil Audax 6 3 2 0 1 5 1 +4 A
Argentina UAI Urquiza 5 3 1 2 0 3 2 +1 C

Fase final[editar | editar código-fonte]

A fase final teve a seguinte composição:

  Semifinais Final
29 de novembro - 18:00
 Colômbia Atlético Huila (pen)  1 (3)  
 Brasil Iranduba  1 (1)  
 
2 de dezembro - 20:30
     Colômbia Atlético Huila (pen)  1 (5)
   Brasil Santos  1 (3)
Terceiro lugar
29 de novembro - 20:30 2 de dezembro - 18:00
 Brasil Santos  3  Brasil Iranduba (pen)  1 (2)
 Chile Colo-Colo  0    Chile Colo-Colo  1 (0)

Semifinais[editar | editar código-fonte]

29 de novembro Iranduba Brasil 1 – 1 Colômbia Atlético Huila Arena da Amazônia, Manaus
18:00
Mayara Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26' Relatório Martelli Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Público: 6270 [3]
Árbitro: ArgentinaARG Estela Álvarez
    Penalidades  
Andressinha Erro
Camilinha Convertido
Monalisa Erro
Kélen Erro
1 – 3 Convertido Rodallega
Convertido Stabile
Convertido Vallejos
 


Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Iranduba
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético Huila

29 de novembro Santos Brasil 3 – 0 Chile Colo-Colo Arena da Amazônia, Manaus
20:30
Chú Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65', Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Sandrinha Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Relatório Público: 6270 [4]
Árbitro: PeruPER Elizabeth Tintaya
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santos
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Colo-Colo

Terceiro Lugar[editar | editar código-fonte]

2 de dezembro Iranduba Brasil 1 – 1 Chile Colo-Colo Arena da Amazônia, Manaus
18:00
Djeni Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' Rangel Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
    Penalidades  
Camilinha Convertido
Cris Erro (trave)
Ludmila Convertido
2 – 0 Rangel Erro (defesa)
Jimenez Erro (defesa)
Quezada Erro (trave)
Torres Erro (defesa)
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Iranduba
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Colo-Colo


Final[editar | editar código-fonte]

2 de dezembro Atlético Huila Colômbia 1 – 1 Brasil Santos Arena da Amazônia, Manaus
20:30
Santos Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47' Brena Gol marcado aos 2 minutos de jogo 2'
    Penalidades  
Rodallega Convertido
Stabile Convertido
Vallejos Convertido
Cometti Convertido
Ricón Convertido
5 – 3 Maurine Convertido
Camila Convertido
Juliete Convertido
Angelina Erro (defesa)
 

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores da América Feminina de 2018
Colômbia
Atlético Huila
Campeão
(1º título)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Jogador Equipe Gols
Brasil Brena Brasil Santos 4
Venezuela Karla Torres Chile Colo-Colo 3
Brasil Alanna Brasil Santos
Argentina Eliana Stabile Colômbia Atlético Huila 2
Venezuela Nubiluz Rangel Chile Colo-Colo
Chile Yessenia Huenteo Chile Colo-Colo
Venezuela Jyoeldry Parra Bolívia Deportivo ITA
Bolívia Maitte Zamorano Bolívia Deportivo ITA
Venezuela Joemar Guarecuco Venezuela Flor de Patria
Brasil Andressinha Brasil Iranduba
Brasil Raquel Brasil Iranduba
Brasil Chú Brasil Santos
Brasil Maria Brasil Santos
Brasil Sandrinha Brasil Santos
Argentina Mariana Larroquette Argentina UAI Urquiza

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Oficialmente a CONMEBOL não reconhece uma classificação geral de participantes na Copa Libertadores. A tabela a seguir classifica as equipes de acordo com a fase alcançada e considerando os critérios de desempate.

Classificação final
Pos. Times P J V E D GP GC SG
Campeão
1 Colômbia Atlético Huila 8 5 2 2 1 8 4 +4
Vice-campeão
2 Brasil Santos 13 5 4 1 0 17 2 +15
Eliminados nas semifinais
3 Brasil Iranduba 7 4 1 4 0 7 6 +1
4 Chile Colo-Colo 7 4 2 1 2 11 10 +1
Eliminados na primeira fase
5 Brasil Audax 6 3 2 0 1 5 1 +4
6 Argentina UAI Urquiza 5 3 1 2 0 3 2 +1
7 Venezuela Flor de Patria 3 3 1 0 2 4 3 +1
8 Equador Unión Española 3 3 1 0 2 2 5 –3
9 Uruguai Peñarol 3 3 1 0 2 2 7 –5
10 Peru Sport Girls 3 3 1 0 2 3 10 –7
11 Paraguai Cerro Porteño 2 3 0 2 1 3 6 –3
12 Bolívia Deportivo ITA 0 3 0 0 3 4 13 –9

Referências

  1. «Manaus será sede da Copa Libertadores Feminina 2018». Menina Joga. 12 de junho de 2018 
  2. «Cambio de fecha para la CONMEBOL Libertadores Femenina» (em Spanish). CONMEBOL. 15 de julho de 2018 
  3. [1]
  4. [2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]