Copa Libertadores da América de Futebol Feminino de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CONMEBOL Libertadores Feminina 2020
XII Copa Libertadores Femenina
CONMEBOL Libertadores Femenina 2020
Dados
Participantes 16
Organização CONMEBOL
Anfitrião Chile Chile (Santiago)
Período 2021
◄◄ 2019 Soccerball.svg 2021 ►►

A Copa Libertadores da América de Futebol Feminino de 2020, oficialmente CONMEBOL Libertadores Femenina 2020, será a décima segunda edição da competição organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). O torneio será disputado em Santiago, no Chile.[1] A competição foi adiada para o início de 2021 em função da pandemia de COVID-19.[2] Atual campeão, o Corinthians feminino defenderá o título desta edição.

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

As seguintes 16 equipes das 10 federações filiadas à CONMEBOL se qualificarão para o torneio:

  • Campeão da Copa CONMEBOL Libertadores Femenina de 2019
  • Uma vaga adicional ao país-anfitrião
  • Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai: 2 vagas
  • Todas as outras associações: 1 vaga cada
Associação Equipe Classificação
CONMEBOL Brasil Corinthians Campeão da Libertadores Feminina de 2019
Chile Santiago Morning Campeão do Campeonato Chileno de 2019[3]
 Brasil
(2 vagas)
Ferroviária Campeão do Campeonato Brasileiro de 2019
Kindermann 3º colocado do Campeonato Brasileiro de 2019
 Chile
(2 vagas)
Vencedor do playoff qualificatório para a Libertadores Feminina 2020
(Vaga adicional ao país anfitrião)
 Colômbia
(2 vagas)
Campeão do Campeonato Colombiano de 2020
Vice-campeão do Campeonato Colombiano de 2020
 Paraguai
(2 vagas)
Libertad[a] Campeão do Campeonato Paraguaio de 2019
Sol de América Vice-campeão do Campeonato Paraguaio de 2019
 Argentina
(1 vaga)
Boca Juniors 1° colocado na fase classificatória do Campeonato Argentino de 2019-20[4]
 Bolívia
(1 vaga)
Campeão do Campeonato Boliviano de 2020
Equador
(1 vaga)
Campeão do Campeonato Equatoriano de 2020
 Peru
(1 vaga)
Universitario Campeão do Campeonato Peruano de 2019
Uruguai
(1 vaga)
Peñarol Campeão do Campeonato Uruguaio de 2019
 Venezuela
(1 vaga)
Campeão do Campeonato Venezuelano de 2020

a.^ O Libertad irá disputar esta edição em parceria com o Sportivo Limpeño, apesar de cada equipe possuir seu próprio departamento de futebol feminino.


Referências

  1. «Chile recibirá por primera vez la Conmebol Libertadores Femenina». ANFP. 17 de outubro de 2019. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  2. «Conmebol adia a Libertadores Feminina 2020 para 2021». Fox Sports. 20 de junho de 2020. Consultado em 1 de agosto de 2020 
  3. «Comunicado Oficial Fútbol Femenino». ANFP. 29 de novembro de 2019. Consultado em 30 de novembro de 2019 
  4. «Rumbo a la Libertadores». Boca Juniors. 28 de abril de 2020. Consultado em 3 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]