Wilson Francisco Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Capão
Informações pessoais
Nome completo Wilson Francisco Alves
Data de nasc. 21 de dezembro de 1927 (89 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileira
Falecido em 12 de junho de 1998 (70 anos)
Local da morte São Paulo (SP), Brasil
Informações profissionais
Equipa atual Aposentado
Posição Treinador (ex-atleta)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1943
1943-1952
1953-1954
1955-1957
Brasil São José-RJ
Brasil Vasco da Gama
Brasil Portuguesa
Brasil Santos
00?? 00(0)
00?? 00(0)
00?? 00(0)
00?? 00(0)
Seleção nacional
1949 Brasil Brasil 00 5000(0)
Times/Equipas que treinou
1961
1963-1966
1966-1967
1968
1968-1969
1970
1971
1971
1972
1973
1975
1975
1976-1977
1977-1978
1978
1979
1979-1980
1980
1980
1981
1981
1982
1982
1985
Brasil Prudentina
Brasil São Bento
Brasil Portuguesa
Brasil Guarani
Brasil América-SP
Brasil São Bento
Brasil Paulista
Brasil São Bento
Brasil América-SP
Brasil Noroeste
Brasil Marília
Brasil Comercial-MS
Brasil Noroeste
Brasil Grêmio Maringá
Brasil Comercial-MS
Brasil América-SP
Brasil Marília
Brasil América-SP
Brasil Marília
Brasil São Bento
Brasil Taubaté
Brasil Grêmio Maringá
Brasil América-SP
Brasil Volta Redonda





Wilson Francisco Alves - também conhecido como Capão - (21 de dezembro de 1927, Rio de Janeiro - 12 de julho de 1998, São Paulo) foi um futebolista e treinador brasileiro. O zagueiro teve os seus êxitos mais grandes como integrante do CR Vasco da Gama das décadas 1940 e 1950 conhecido como Expresso da Vitória e ganhou um Campeonato Sul-Americano de Futebol com a seleção brasileira. Um destaque da sua carreira como treinador foi ganhar um Campeonato Paranaense com Grêmio Maringá.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Wilson começou a sua carreira com a idade de 16 anos com o time local de EC São José no Rio de Janeiro. De 1943 até 1952 jogou para CR Vasco da Gama, ganhando cinco vezes o Campeonato Carioca e como destaque o Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948, o antecessor histórico da Copa Libertadores. E relatado que Wilson no jogo decisivo do isto torneio verso o CA River Plate do Argentina marcara o jovem Alfredo Di Stéfano "com perfeição".[1]

Outros grandes jogadores do Vasco da época, lembrado como o Expresso da Vitória e treinado inicialmente por Ondino Viera e de 1947 por Flávio Costa, eram entre outros o capitão Augusto, o goleiro Moacyr Barbosa e os delanteros Jair da Rosa Pinto, Ademir de Menezes e Chico.

Wilson foi titular da seleção brasileira que ganhava o Campeonato Sul-Americano de 1949. Totalmente jogou cinco vezes para Brasil, todas partidas no isto Sul-Americano. Wilson terminou a sua carreira de jogador até 1957 com Portuguesa e Santos FC com quem ganhou dois vezes o Campeonato Paulista.

Wilson, frequentemente chamado o Capão, por ter nascido no Morro do Capão no Rio, continuava sua carreira como treinador e comandou a Portuguesa de São Paulo nos Torneios Roberto Gomes Pedrosa dos anos 1966 e 1967. Entre 1977 e 1982 dirigiu Grêmio Maringá, EC Comercial do Campo Grande (MS) e América FC do São José do Rio Preto (SP) no Campeonato Brasileiro.

Com Grêmio Maringá ganhou o Campeonato Paranaense de 1977, derrotando o Coritiba Foot Ball Club nos finais com resultados de 1-0 e 1-1. Com EC São Bento do Sorocaba foi bicampeão Paulista do interior dos anos 1964 e 1965. Treinou também numerosos outros clubes do interior. Um artigo na revista Placar de 1975 dedicado ao Wilson descreveu lhe "o treinador mais bem pago do interior - não acredita em estratégias complicadas."

Wilson Francisco Alves, o Capão, faleceu no 12 de julho de 1998 a idade de 70 anos. No mesmo dia o Brasil perdeu o final da Copa Mundial em França.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Títulos

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Títulos

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]