Clássico VasCorinthians

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
VasCorinthians
Clássico entre SCCP x CRVG na Arena Corinthians.

VasCorinthians na Arena do Timão
Corinthians 48 vitória(s), 173 gol(s)
Vasco da Gama 35 vitória(s), 159 gol(s)
Empates 34
Total de jogos 117
Total de gols 332
editar

VasCorinthians é um clássico de futebol disputado entre as equipes do Club de Regatas Vasco da Gama e do Sport Club Corinthians Paulista.[1]

Estas duas equipes já se enfrentaram em jogos importantes pelo Torneio Rio-São Paulo, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil,[2] Copa Sul-Americana,[3] Copa Libertadores[4] e Mundial da FIFA.[5]

O primeiro encontro ocorreu em 14 de março de 1926, em um amistoso vencido pelos cariocas pelo placar de 2 a 1.

O jogo foi realizado no Campo da Rua Paissandu, no Rio de Janeiro. O campo da primeira partida não existe atualmente, o local hoje apresenta um edifício residencial.[6]

Estádios[editar | editar código-fonte]

Arena Corinthians
Estádio de São Januário

O Corinthians possui dois estádios, o Parque São Jorge com capacidade de 18.500 pessoas, e a moderna e luxuosa Arena Corinthians com capacidade para 47.605 (oficial) espectadores, que possui estrutura retangular de 267 por 228 metros e 43 metros de altura, estádio que tem dois edifícios: o principal, no lado oeste, e outro no lado leste.

O Vasco possui o antigo e tradicional Estádio de São Januário, que foi inaugurado em 21 de abril de 1927, com capacidade atual para 24.584 pessoas.

Disputas decisivas[editar | editar código-fonte]

Em competições da FIFA
Em competições da CBD/CBF
  • Em duas ocasiões do Torneio Rio - São Paulo, em 1950 e 1953, o Corinthians foi campeão e o Vasco foi vice.
  • Em 1953, o Vasco da Gama eliminou o Corinthians na semifinal do Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer (vitórias de 4 a 2 e 3 a 1)
  • Em 1995, o Corinthians eliminou o Vasco da Gama na semifinal da Copa do Brasil (vitórias de 1 a 0 e 5 a 0)
  • Em 2009, o Corinthians eliminou o Vasco da Gama na semifinal da Copa do Brasil (empates de 1 a 1 e 0 a 0)
  • No Campeonato Brasileiro de 2011 as duas equipes foram firmes até a última rodada pela disputa do título. O Vasco empatou em 1 a 1 com seu arquirrival Flamengo no Engenhão, enquanto o Corinthians empatava também com seu arquirrival Palmeiras em 0 a 0. Com este resultado o Corinthians sagrou-se campeão nacional pela quinta vez.
Em competições da Conmebol
Em competições não-oficiais
  • Na final do Torneio dos Campeões Estaduais Rio-São Paulo de 1930, Corinthians e Vasco se enfrentaram e o Corinthians obteve duas vitórias frente ao Vasco. A primeira em São Paulo por 4 a 2 e a segunda no São Januário por 3 a 2, após estar perdendo o jogo por 2 a 0. Foi este confronto que gerou a alcunha de Campeão dos Campeões, presente no hino do Corinthians.
  • Em 2017, o Corinthians eliminou o Vasco da Gama nas semifinais da Florida Cup de 2017 (vitória por 4 a 1)

Em confrontos decisivos (competições de "mata-mata") e disputas entre os clubes por títulos em competições de pontos corridos, por competições oficiais, são contabilizadas 8 conquistas corintianas sobre o Vasco e 1 conquista vascaína sobre o Corinthians.

Peculiaridades[editar | editar código-fonte]

  • As maiores goleadas do confronto são 5 a 0, 2 vezes aplicadas pelo Vasco, em amistosos no São Januário em 1928 e 1934. E uma vez aplicada pelo Corinthians, no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil de 1995. Como visitante, a maior goleada é de 5 a 2 a favor do Alvinegro do Parque, pelo Brasileiro de 2017, em São Januário. Já o Vasco venceu por 4 a 1 no Pacaembu, na estreia do Campeonato Brasileiro de 1992.
  • Corinthians e Vasco da Gama juntos conquistaram o título nacional por quatro anos seguidos, com duas conquistas cada um, Corinthians em 1998 e 1999 e o Vasco da Gama em 1997 e 2000.
  • A maior série invicta do confronto é de 14 jogos sem vitórias do Vasco frente ao Corinthians, entre 2010 e 2017 o Timão venceu 8 e empatou outras 6 contra o cruzmaltino. Em outra série, entre 2002 e 2006, o Corinthians somou 12 partidas sem derrotas, obteve 7 vitórias e 5 empates. A maior série invicta do Vasco sobre o Corinthians é de 8 jogos, entre 1985 e 1990, com 3 vitórias e 5 empates.
  • Nos confrontos no estado de São Paulo, o Corinthians obteve 27 vitórias, 22 empates e 13 derrotas, além de 99 gols pró e 75 contra, desses confrontos apenas um não foi na capital paulista, na última rodada do Brasileiro de 1995, em que o Coringão ganhou por 3 a 1 em São José dos Campos. Nos confrontos na cidade maravilhosa, o Vasco obteve 22 vitórias, 11 empates e 19 derrotas, e mais 82 gols pró e 66 contra. Apenas 3 vezes o confronto não foi disputado no Rio ou SP, em Juazeiro do Norte/CE o Corinthians venceu por 3 a 0 em um amistoso em 1984, em Brasília/DF o jogo terminou empatado em 1 a 1 pelo Brasileiro de 2013, e em Orlando, na Flórida/EUA, 4 a 1 para o Timão pela Florida Cup de 2017. Portanto em 3 jogos, 2 vitórias corinthianas e um empate, além de 8 gols pró e 2 contra.
  • Desde o dia 13 de outubro de 2010 o Vasco não vence o Corinthians. Depois da vitória por 2 a 0 em São Januário, o clube carioca acumulou 6 empates e 8 derrotas.
  • A primeira partida disputada entre os clubes foi na tarde de 14 de março de 1926, no Estádio da Rua Paysandu e o Vasco levou a melhor, 2 a 1.
  • Em 1930, na primeira decisão entre os clubes, o Timão venceu o Vasco na final da Taça dos Campeões Estaduais Rio-SP. Após vencer por 4 a 2 no Parque São Jorge, chegou a estar perdendo por 2 a 0 o jogo da volta em São Januário, mas virou para 3 a 2 e se tornou campeão do torneio. Essa conquista deu a alcunha de "Campeão dos Campeões" ao Time do Povo, que inclusive é citado em seu hino.[7]
  • Em um amistoso disputado no dia 20 de outubro de 1935, o Vasco foi pro intervalo vencendo o Corinthians por 3 a 0, no 2° tempo, e em outra grande virada o Corinthians conseguiu virar o jogo para 4 a 3, em pleno São Januário.[8][9]
  • Antes da criação da Copa Libertadores, houve três torneios continentais sul-americanos de clubes, a Copa Aldao, o Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948, vencido pelo Vasco, e a Copa do Atlântico de Clubes de 1956, supostamente vencida pelo Corinthians (há um debate se o Corinthians chegou a ser declarado campeão do torneio ou se o torneio não teve campeão homologado). Porém, a CONMEBOL reconhece apenas o título do Vasco como precursor da Copa Libertadores.
  • Em 1950 e em 1953, Corinthians e Vasco disputaram ponto a ponto o título do Torneio Rio-São Paulo, que era disputado em pontos corridos. Em ambas as vezes o Alvinegro do Parque São Jorge terminou 1 ponto na frente do clube carioca, se sagrando bicampeão do torneio.
  • Em 1953, o Vasco da Gama derrotou o Corinthians na semifinal do Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer, o primeiro jogo foi 4 a 2 para os cruzmaltinos, o segundo jogo outra vitória do clube carioca, por 3 a 1. Depois de desclassificar o clube paulista, o Vasco foi campeão sobre o São Paulo.[10]
  • Em outra reação, dessa pelo Torneio Rio - São Paulo (1955), o Corinthians empatou um jogo por 5 a 5 contra o Vasco após estar perdendo por 4 a 1 e 5 a 2, no Pacaembu. Esta também é a partida com o maior número de gols no confronto entre os clubes.
  • Pelo Torneio Rio-São Paulo de 1966 Vasco e Corinthians dividiram o título interestadual junto com Santos e Botafogo. Os quatro clubes terminaram com a mesma pontuação e ficou definido que em caso de empate nos pontos não teriam outras fases finais.
  • No Campeonato Brasileiro de 1980, Roberto Dinamite que havia voltado de uma curta passagem pelo Barcelona, fez 5 gols contra o Corinthians em sua volta ao Rio de Janeiro (antes apenas tinha feito um jogo contra o Náutico, no Recife), o placar final foi de 5 a 2 para o cruzmaltino. Nessa partida ocorreu o recorde de público do confronto, mais de 107 mil pessoas no Maracanã.
  • Pela Copa do Brasil 1995 os dois times se enfrentaram nas semifinais, no primeiro jogo teve vitória do Timão por 1 a 0 no Maracanã, uma semana depois pelo jogo de volta, o time paulista massacrou os cariocas por 5 a 0 no Pacaembu, o Corinthians acabou selando sua vaga para a final da Copa do Brasil, se sagrando campeão invicto.
  • Os clubes fizeram a final da edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 1999, na qual o Corinthians saiu vencedor após vitória por 1 a 0.
  • No Campeonato Mundial de Clubes da FIFA de 2000, os dois times decidiram a final do torneio no Maracanã. Após o placar de 0 a 0 persistir no tempo normal e na prorrogação com gol de ouro, o Corinthians venceu a disputa por pênaltis por 4 a 3 e sagrou-se o primeiro campeão do Mundial de Clubes da FIFA.[5]
  • Ainda no início do Brasileiro de 2006, outra grande reação do Corinthians em São Januário. Após 0 a 0 no 1° tempo, o Vasco rapidamente abriu 2 a 0 na segunda etapa, mas o Timão acabou vencendo a partida por 4 a 2 num jogo com 5 expulsões.
  • Ainda em 2006, pela Copa Sul-Americana, Corinthians e Vasco disputaram uma vaga para as oitavas de final do torneio. O Corinthians venceu o 1° jogo em São Januário por 1 a 0, marcado por um erro grotesco da arbitragem que não validou outro gol do Corinthians em que a bola passou muito da linha, e por 3 a 1 na volta, no Canindé.
  • Pela Copa do Brasil 2009 os dois times se enfrentaram nas semifinais, no primeiro jogo um empate por 1 a 1 no Maracanã, uma semana depois pelo jogo de volta, outro empate, dessa vez pelo placar de 0 a 0, pelo critério de gol fora de casa, o Corinthians acabou selando sua vaga para a final da Copa do Brasil, se sagrando campeão semanas depois.
  • No Campeonato Brasileiro de 2011, Corinthians e Vasco disputaram novamente até a última rodada um título, e novamente o Corinthians levou a melhor sendo campeão com 71 pontos, contra 69 do Vasco.
  • Pela Copa Libertadores da América de 2012 o Corinthians eliminou a equipe carioca nas quartas de final. Depois de um empate sem gols no Rio de Janeiro e uma vitória da equipe paulistana por 1 a 0, o Corinthians classificou-se para a semifinal do torneio.
  • O Corinthians conquistou o Campeonato Brasileiro de 2015 ao empatar com o Vasco no Estádio de São Januário por 1 a 1 em 19 de novembro de 2015.
  • A primeira partida entre os clubes fora do Brasil aconteceu no dia 18 de janeiro de 2017, pela semifinal da Florida Cup, o Corinthians goleou o Vasco por 4 a 1 no estádio Estádio Bright House Networks, em Orlando, nos Estados Unidos
  • Em outros confrontos decisivos, agora fora do futebol, o Corinthians venceu o Vasco em duas finais seguidas da Taça Brasil de Basquete Masculino, em 1965 e 1966. No futebol americano o Timão venceu o Torneio Touchdown 2012 após final contra o clube carioca. Pelo Showbol, o Corinthians também levou a melhor na final, sendo campeão do Torneio Rio-São Paulo de Showbol de 2009, e o Vasco, vice.
Campeonato Brasileiro

Pelo Campeonato Brasileiro Unificado foram 56 jogos, com 21 vitórias do Corinthians, 13 do Vasco da Gama e 22 empates, 70 gols a favor do Corinthians e 62 a favor do Vasco.[11]

O Estádio do Pacaembu foi o palco que mais recebeu partidas entre as equipes pelo Brasileirão, onde foram realizados 19 jogos, com 8 vitórias do Corinthians (mandante), 3 vitórias do Vasco da Gama (visitante) e 8 empates, o Corinthians marcou 25 gols e o Vasco assinalou por 19 vezes.

Já o Estádio de São Januário foi o palco que mais recebeu este confronto no Rio de Janeiro pelo Brasileirão, onde foram realizados 15 jogos, com 4 vitórias do Vasco da Gama (mandante), 5 vitórias do Corinthians (visitante) e 6 empates, o Vasco marcou 19 gols e o Corinthians assinalou por 22 vezes.

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

  • Onde não constam os públicos presentes e pagantes, a referência é aos pagantes, acima de 50.000 presentes.[12][13][14][15][16][17]
  1. Vasco 5–2 Corinthians, 107.474, 4 de maio de 1980, Maracanã (rodada dupla).
  2. Vasco 1–0 Corinthians, 77.881, 31 de maio de 1953, Maracanã (68.727 pagantes).
  3. Corinthians 0–0 Vasco, 75.379, 12 de fevereiro de 1978, Morumbi (71.564 pagantes).
  4. Vasco 0–0 Corinthians, 73.000, 14 de janeiro de 2000, Maracanã.
  5. Vasco 1–1 Corinthians, 72.183 , 27 de maio de 2009, Maracanã (68.299 pagantes).
  6. Vasco 3–1 Corinthians, 56.202, 16 de junho de 1978, Maracanã.
  7. Corinthians 2–1 Vasco, 54.429, 22 de janeiro de 1950, Pacaembu.
  8. Vasco 0–0 Corinthians, 51.823, 31 de março de 1983, Maracanã.
Na Arena Corinthians
  1. Corinthians 1–0 Vasco, 41.593, 17 de julho de 2017 (41.235 pags).[18]
No Estádio de São Januário
  1. Vasco 2–2 Corinthians, 22.855, 2 de outubro de 2011 (19.156 pags).[19]

Partida com mais gols[editar | editar código-fonte]

Corinthians 5–5 Vasco, 17 de abril de 1955, Estádio do Pacaembu, Torneio Rio-São Paulo.[20]

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

Essas são as maiores goleadas aplicadas por cada lado:

  • Corinthians sobre o Vasco da Gama
Copa do Brasil
31 de maio de 1995 Corinthians 5–0 Vasco da Gama Estádio do Pacaembu

Ricardo Rocha Gol contra marcado aos 24 minutos de jogo 24'
Viola Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32', Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87' , Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Souza Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Público: 45 000
Árbitro: Antônio Pereira da Silva
  • Vasco da Gama sobre o Corinthians
Amistoso
14 de abril de 1928 Vasco da Gama 5–0 Corinthians Estádio de São Januário

Amistoso
16 de dezembro de 1934 Vasco da Gama 5–0 Corinthians Estádio de São Januário

Referências

  1. «PM convoca efetivo de clássico para Corinthians x Vasco.». Folha de S. Paulo. Consultado em 2 de março de 2014 
  2. «Corinthians elimina o Vasco e está na final da Copa do Brasil.». Gazeta. 3 de junho de 2009. Consultado em 16 de janeiro de 2012 
  3. «Reforços brilham, e Corinthians elimina o Vasco da Sul-Americana». Portal Terra. 13 de setembro de 2006. Consultado em 16 de janeiro de 2012 
  4. «Com gol no final, Timão vence Vasco e está nas semifinais da Libertadores». www.corinthians.com.br. 23 de maio de 2012. Consultado em 10 de junho de 2012 
  5. a b «FIFA Club World Championship Brazil 2000». FIFA.com. Janeiro de 2000. Consultado em 16 de janeiro de 2012 
  6. «Onde surgiu, história do primeiro Vasco x Timão é desconhecida.». Lancenet. 16 de maio de 2012. Consultado em 16 de maio de 2012 
  7. «Todo Poderoso Timão - Jogos Históricos - Corinthians 3 x 2 Vasco - ó1930». www.todopoderosotimao.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  8. «Todo Poderoso Timão - Curiosidades - O Time das viradas». www.todopoderosotimao.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  9. «100 jogos inesquecíveis dos 100 anos do Corinthians (51-75)». Terra 
  10. RSSSF Brasil Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer 1953, página editada em 20 de maio de 2004 e disponível em 18 de julho de 2015
  11. FUTPÉDIA, Equipe do site. «Corinthians x Vasco da Gama - Brasileiro Unificado». Futpédia. Consultado em 6 de julho de 2015 
  12. Livro Almanaque do Timão, por Celso Dario Unzelte (2006)
  13. RSSSF Brasil Fichas técnicas de jogos que decidiram o Torneio Rio-São Paulo
  14. Lancenet, matéria Vasco x Corinthians: primeira grande decisão desde 2000, editada em 29 de setembro de 2011
  15. Folha de S. Paulo, 13/02/1978, Caderno de Esportes, 1ª página
  16. RSSSF Brasil Maiores públicos da Copa do Brasil
  17. Maiores públicos da Era Pacaembu - 1940/1969, página editada em 28 de outubro de 2013 e disponível em 27 de outubro de 2015.
  18. SITE OFICIAL DA CBF - Boletim financeiro de Corinthians 3 a 0 Vasco, página editada em 30 de julho de 2015 e disponível em 26 de outubro de 2015.
  19. GLOBOESPORTE.COM - Vasco e Corinthians empatam em duelo de líderes em São Januário, página editada em 2 de outubro de 2011 e disponível em 26 de outubro de 2015.
  20. FUTPÉDIA - Corinthians 5 x 5 Vasco

Ver também[editar | editar código-fonte]