Gérson Magrão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gerson Magrão)
Ir para: navegação, pesquisa
Gérson Magrão
Gérson Magrão
Informações pessoais
Nome completo Gérson Alencar de Lima Júnior
Data de nasc. 13 de junho de 1985 (30 anos)
Local de nasc. Diadema (SP), Brasil
Altura 1,81 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Brasil CRB
Posição Lateral esquerdo, volante e meia
Clubes de juventude
2000–2004 Brasil Cruzeiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2004
2004–2007
2007
2007–2008
2008–2009
2009–2012
2012–2013
2012
2013
2013–2014
2013–2014
2015
2016

2016
Brasil Cruzeiro
Países Baixos Feyenoord
Brasil Flamengo
Brasil Ipatinga (emp.)
Brasil Cruzeiro
Ucrânia Dínamo de Kiev
Brasil Primavera
Brasil Santos (emp.)
Brasil Figueirense
Portugal Sporting
Portugal Sporting B
Brasil CRB
Brasil XV de Piracicaba
Brasil CRB
0000 0000(0)
0006 0000(0)
0001 0000(0)
0026 0000(1)
0054 0000(5)
0038 0000(4)
0000 0000(0)
0025 0000(0)
0015 0000(1)
0011 0000(0)
0005 0000(1)
0020 0000(2)
0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de novembro de 2015.

Gérson Alencar de Lima Júnior,[1] mais conhecido como Gérson Magrão (Diadema, 13 de junho de 1985)[2] é um futebolista brasileiro que atua como volante, lateral esquerdo ou meia. Atualmente defende o CRB.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cria das categorias de base do Cruzeiro. Em 2004, Gérson Magrão foi envolvido na negociação que levou o atacante Fred para a Toca da Raposa e se transferiu para o Feyenoord, da Holanda.

Desconhecido no futebol brasileiro. Em 2007, acertou com flamengo, após ter tido poucas chances no Feyenoord.

Na Gávea, teve poucas oportunidades e, ainda em 2007, acabou sendo emprestado ao Ipatinga.

No time do vale do aço, foi destaque na campanha do vice-campeonato da serie b, levando o Ipatinga a elite do futebol brasileiro. Anotou 7 gols ao longo da competição.

As boas atuações acabou rendendo-lhe a transferência para o Cruzeiro, em meados de 2008.

No cruzeiro após más atuações como meio de campo, passou a atuar como lateral esquerdo.

Em 2009, foi titular na equipe vice-campeã da libertadores. Após a competição, fechou contrato com o Dinamo de Kiev, da Ucrânia. Os ucranianos pagarão 2,2 milhões de euros (cerca de R$ 5,8 milhões) pelos direitos econômicos do atleta. O Cruzeiro teve direito a 10% do valor, ou seja, 220 mil euros (R$ 580 mil).Em um ano e meio na Toca, o meia disputou 54 jogos, marcou cinco gols.

Em 2012, depois de problemas salariais, e ter perdido espaço e sido encostado pelo técnico recém-contratado Yuri Syomin, o jogador acionou a FIFA para conseguir o desvinculamento com o clube ucraniano. No dia 14 de março o atleta conseguiu se desvincular do time, e fechou contrato por empréstimo com o Santos, usando o Primavera de Indaiatuba como clube titular.[3] . A escolha do Primavera como proprietário de seus direitos profissionais foi feita devido o jogador ter uma ligação afetiva com o clube, já que seu pai atuou no clube. [4]

Em maio de 2015, acertou com o CRB. Sendo um dos destaques do alvirrubro na campanha da segunda divisão. Em vinte partidas disputadas, o jogador marcou duas vezes e foi uma das principais peças da equipe, líder em assistências e sendo referência no setor de meio-campo.

Em 2016, acertou contrato com o XV de Piracicaba para a Série A1 do Paulistão .

Após o termino do Paulistão, retornou ao CRB para disputa da serie B do campeonato brasileiro. O diretor de futebol, Alarcon Pacheco, não esconde a satisfação pelo retorno do atleta: "Não tenho dúvidas do quanto ele irá nos ajudar nesta temporada”.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Cruzeiro
Dínamo de Kiev
Santos
Seleção Brasileira

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]