Guglielmo Ferrero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Fevereiro de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Guglielmo Ferrero

Guglielmo Ferrero (Portici, 21 de julho de 1871Mont-Pelerin-sur-Vevey, 3 de agosto de 1942) foi um sociólogo, historiador e novelista italiano. Magistral reconstrução histórico-critica (Avventura. Bonaparte in Italia,1ed. 1936; nova edição com introdução de Sergio Romano, 1996) da campanha napoleônica da Itália em 1796-97, estudos sobre a grande Revolução de 1789, o Congresso de Viena e o poder (Pouvoir:les génies invisibles de la cité, 1ed.1942), formam o legado cultural mais profundo de seu trabalho intelectual e moral.

Também pode encontrar-se colaboração da sua autoria na revista luso-brasileira Atlantida[1] (1915-1920).

Referências

  1. Rita Correia (19 de Fevereiro de 2008). «Ficha histórica: Atlantida: mensário artístico, literário e social para Portugal e Brasil» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 17 de Junho de 2014 

Bibliografia Selecta[editar | editar código-fonte]

Lorella Cedroni - I tempi e le opere di Guglielmo Ferrero: saggio di bibliografia internazionale. Napoli, 1993.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikisource Textos originais no Wikisource
Precedido por
Giosuè Carducci
Lorbeerkranz.png Sócio correspondente da ABL - cadeira 16
19071942
Sucedido por
Jacques Maritain
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.