Dámaso Alonso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dámaso Alonso
Nome completo Dámaso Alonso y Fernández de las Redondas
Data de nascimento 22 de outubro de 1898
Local de nascimento Madrid, Espanha
Nacionalidade Espanha Espanhol
Data de morte 25 de janeiro de 1990 (91 anos)
Ocupação Poeta, filólogo e crítico literário
Magnum opus Poesia espanhola: ensaio de métodos e limites estilísticos
Cônjuge Eulalía Galvarriato (1929-1990)
Prémios Prémio Miguel de Cervantes 1978

Dámaso Alonso y Fernández de las Redondas (Madrid, 22 de outubro de 189825 de janeiro de 1990) foi um poeta, filólogo e crítico literário espanhol. Como escritor pertenceu à Geração de 27.

Foi diretor da Real Academia da Língua Espanhola.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Dámaso Alónso nasceu em Madrid em 1898. Viveu parte da sua primeira infância numa pequena cidade nas Astúrias, La Felguera e parte em outra galega, Ribadeo. A partir dos 5 anos regressa a Madrid e nesta cidade vive praticamente o resto da sua vida. Em 1929 casou-se com Eulalía Galvarriato, formada em Letras e autora do romance Cinco sombras.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Aos 16 anos começou a escrever poesia, mas só na primavera do seu 21º ano de vida não publicou o seu primeiro livro, 'Poemas puros, poemillas de la ciudad. [2]

Precedido por
Gregorio Marañón
Lorbeerkranz.png Sócio correspondente da ABL - cadeira 19
19601990
Sucedido por
Octavio Paz

Referências

  1. Fidalgo, Emilia G. (1978). Dámaso Alonso, Premio Cervantes 1978, Triunfo. Año XXXII, n. 830 (23 dic. 1978),p. 51.
  2. Fidalgo, Emilia G. (1978). Dámaso Alonso, Premio Cervantes 1978, Triunfo. Año XXXII, n. 830 (23 dic. 1978),p. 51.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Dámaso Alonso