HMS Rodney (29)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
HMS Rodney
HMS RODNEY.jpg
Carreira Reino Unido
Operador Marinha Real Britânica
Fabricante Cammell Laird, Birkenhead
Homônimo George Rodney, 1.º Barão Rodney
Data de encomenda 1922
Batimento de quilha 28 de dezembro de 1922
Lançamento 17 de dezembro de 1925
Batismo 17 de dezembro de 1925
por Maria, Princesa Real
Comissionamento 10 de novembro de 1927
Descomissionamento 1946
Indicativo visual 29
Estado Desmontado
Características gerais
Tipo de navio Couraçado
Classe Nelson
Deslocamento 37 430 t (padrão)
Maquinário 2 conjuntos de turbinas Brown-Curtis
Comprimento 216,5 m
Boca 32,3 m
Calado 9,4 m
Propulsão 2 hélices
- 45 000 hp (33 600 kW)
Velocidade 23 nós (43 km/h)
Autonomia 14 500 milhas náuticas à 10 nós
(26 900 km à 19 km/h)
Armamento 9 canhões Mk I de 406 mm
12 canhões Mk XXII de 152 mm
6 antiaéreos Mk VIII de 120 mm
8 antiaéreos QF 2 de 40 mm
2 tubos de torpedos de 622 mm
Blindagem Cinturão: 330 a 356 mm
Convés: 111 a 162 mm
Barbetas: 305 a 381 mm
Torre de artilharia: 229 a 406 mm
Torre de comando: 254 a 356 mm
Anteparas: 102 a 305 mm
Tripulação 1314

O HMS Rodney foi o segundo navio da Classe Nelson de couraçados operados pela Marinha Real Britânica. Sua construção começou no final de 1922 e foi lançado ao mar em 1925, sendo comissionado 1927 e nomeado em homenagem ao almirante lorde George Rodney, 1.º Barão Rodney. A embarcação e seu irmão HMS Nelson foram os únicos couraçados britânicos cujo armamento principal consistia em canhões de 406 milímetros, sendo também os únicos com o bateria principal estando toda localizada à frenda da superestrutura.

O Rodney serviu principalmente no Mar Mediterrâneo e no Oceano Atlântico durante a Segunda Guerra Mundial. O navio desempenhou um grande papel no naufrágio do couraçado alemão Bismarck em maio de 1941. O Rodney também participou de bombardeamentos costais durante a Operação Tocha e os Desembarques da Normandia. Ele terminou a guerra em péssimo estado devido seu grande uso e falta de reformas e manutenção, sendo descomissionado em 1946 e desmontado como sucata em 1948.

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre HMS Rodney (29)