In the Wake of Poseidon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
In the Wake of Poseidon
Álbum de estúdio de King Crimson
Lançamento 15 de Maio de 1970
Gravação Março - Maio de 1970, Wessex Sound Studios, Londres
Gênero(s) Rock progressivo
Duração 40:56
Gravadora(s) Atlantic Records (Estados Unidos), Polydor (Reino Unido)
Produção Robert Fripp, Peter Sinfield
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de King Crimson
In the Court of the Crimson King
(1969)
Lizard
(1970)

In the Wake of Poseidon é o segundo álbum de estúdio da banda de rock progressivo King Crimson, lançado em 1970. Quando do lançamento do álbum, a banda já havia passado por sua primeira mudança de formação. Ainda assim, "In the Wake of Poseidon" guarda muitas semelhanças com o primeiro álbum da banda, "In the Court of the Crimson King".

"In the Wake of Poseidon" foi bem recebido por público e crítica, mas foi criticado por parecer demais com o primeiro álbum da banda, tanto em estilo como em conteúdo. Com o álbum à venda, os membros remanescentes Robert Fripp e Peter Sinfield, estiveram na incômoda posição de ter material para divulgar sem ter uma banda para apresentá-lo ao vivo. Fripp convenceu Gordon Haskell a juntar-se definitivamente ao grupo, na posição de vocalista e baixista, e recrutou o baterista Andy McCulloch. Em 2010, uma edição especial do álbum, em CD, foi lançada contando com mixagem nova e algumas faixas bônus.

Arte do Álbum[editar | editar código-fonte]

O trabalho é chamado The 12 Archetypes ou The 12 Faces of Humankind. As fotos coloridas foram pintadas por Tammo De Jongh em 1967[1].

As doze faces da imagem são as seguintes:

  • O Louco (Fogo e Água): O homem rindo com uma barba rala.
  • A atriz (água e fogo): A garota egípcia com longos brincos de pérola e muitos colares de pérolas em volta do pescoço, ela tem lágrimas nos olhos.
  • O Observador (Ar e Terra): Uma pessoa do tipo cientista, com óculos redondos, erguida acima de sua testa, principalmente careca com cabelos brancos nas laterais; sua mão esquerda está erguida até o queixo, ele parece pensativo.
  • A Velha Mulher (Terra e Ar): Uma mulher com muito rosto enrugado se encostou no frio.
  • O guerreiro (fogo e terra): Um rosto de guerreiro escuro e poderoso em pretos e vermelhos. Ele usa um capacete de aço, largo rosto quadrado, boca aberta com dentes quadrados e uma barba preta completa.
  • O Escravo (Terra e Fogo): Um negro africano com grandes brincos de ouro e um anel no nariz; os lábios estão cheios e rosados, os olhos semicerrados, sensuais e sensuais; a expressão é calorosa e amigável.
  • A Criança (Água e Ar): Uma imagem da inocência; uma garota com delicado sorriso doce e borboleta emoldurava arcos de cada lado em seus longos cabelos dourados; seus olhos são grandes e lacrimosos e ela tem um delicado e doce sorriso em sua boca. Ela usa uma corrente de ouro, no final do qual é uma pequena chave de ouro.
  • O Patriarca (Ar e Água): Um velho filósofo, com rosto comprido e longos cabelos brancos e longa barba e bigode brancos; sobrancelhas grossas brancas; tudo ao redor são formas como flores ou flocos de neve; a sobrancelha é franzida para cima do nariz em uma forma de leque.
  • The Logician (Ar e Fogo): Um cientista ou homem do tipo mago com rosto comprido, cabelos escuros e barba longa e escura; ele parece segurar um longo bastão ou varinha com a mão direita e a esquerda é erguida e cercada por estrelas.
  • O Coringa (Fogo e Ar): A imagem em vermelho e amarelo brilhante é de um sorridente Arlequim de olhos brilhantes com seu típico chapéu triangular de estuque dourado.
  • A Encantadora (Água e Terra): Uma menina triste com olhos lacrimosos; seu longo cabelo escuro é soprado de lado no rosto e sobrancelhas da direita para a esquerda.
  • Mãe Natureza (Terra e Água): Deitada na grama alta; seu rosto em silhueta é visto do lado esquerdo e ao redor são as flores e borboletas.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Side A
N.º Título Duração
1. "Peace – A Beginning"   0:51
2. "Pictures of a City"
  • "42nd at Treadmill"  
7:57
3. "Cadence and Cascade"   4:35
4. "In the Wake of Poseidon"
  • "Libra's Theme"  
8:24
Side B
N.º Título Duração
5. "Peace – A Theme" (instrumental)  (Fripp) 1:15
6. "Cat Food" (Fripp, Sinfield, Ian McDonald) 4:52
7. "The Devil's Triangle"
  • "I. Merday Morn"
  • "II. Hand of Sceiron"
  • "III. Garden of Worm"  
11:30
  • 3:47
  • 4:01
  • 3:45
8. "Peace – An End"   1:54

Músicos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de King Crimson é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «King Crimson - In the Wake of Poseidon». Consultado em 31 de julho de 2018.