Jean Zerbo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean Zerbo
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Bamako
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Bamako
Nomeação 27 de junho de 1998
Predecessor Dom Luc Auguste Sangaré
Mandato 1998 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 10 de julho de 1971
por Dom Pierre Louis Leclerc
Nomeação episcopal 21 de junho de 1988
Ordenação episcopal 20 de novembro de 1988
por Dom Jozef Cardeal Tomko
Nomeado arcebispo 27 de junho de 1998
Cardinalato
Criação 28 de junho de 2017
por Papa Francisco
Ordem Cardeal-presbítero
Título Sant'Antonio da Padova na via Tuscolana
Brasão
Coat of arms of Jean Zerbo.svg
Dados pessoais
Nascimento Segou
27 de dezembro de 1943 (74 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Jean Zerbo (Segou, 27 de Dezembro de 1943 ) é um cardeal, e arcebispo católico de Mali, e desde 21 de junho de 1988 Arcebispo de Bamako.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jean Zerbo nasceu em 27 de dezembro de 1943 em Ségou, no Mali, e foi ordenado sacerdote ali em 10 de julho de 1971 por Pierre Louis Leclerc, bispo de Ségou .

Ele continuou sua educação primeiro em Lyon em 1975 e depois em Roma no Pontifício Instituto Bíblico de 1977 a 1981, ganhando seu diploma em escritura sagrada. Começando em 1982 foi designado para o trabalho paroquial em Markala enquanto também ensinava no Seminário Maior em Bamako.

Em 21 de junho de 1988, o Papa João Paulo II o nomeou Bispo Auxiliar de Bamako e Bispo Titular de Accia. Em 20 de novembro de 1988, foi consagrado bispo por Jozef Tomko, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, com Luc Auguste Sangaré, Arcebispo de Bamako, e Joseph Paul Barnabé Perrot, Bispo emérito de San, como co-consagradores.

Em 19 de Dezembro de 1994, o Papa João Paulo II o nomeou Bispo de Mopti. Em 27 de junho de 1998, o Papa João Paulo II nomeou-o Arcebispo de Bamako . O Papa Francisco anunciou que elevará Zerbo a cardeal em um consistório em 28 junho de 2017 .

Como arcebispo, ele promoveu o diálogo entre cristãos e a maioria muçulmana do Mali e participou em negociações de paz. Em 2012, ele fazia parte de uma delegação de representantes da sociedade civil que participaram de discussões entre o regime militar do Mali e a oposição dos partidos políticos. Ele tem sido um defensor da reconciliação nacional desde então. Ele também atuou como presidente da Caritas Mali, um programa de ajuda internacional para refugiados e pobres.

Cardeal[editar | editar código-fonte]

Em 21 de Maio de 2017, no final do Regina Coeli, o Papa Francisco anunciou sua criação como cardeal no consistório de 28 de Junho. [1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]