Raymond Leo Burke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raymond Leo Burke
Cardeal da Santa Igreja Romana
Prefeito Emérito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica
Cardeal Burke.jpg
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 27 de junho de 2008
Predecessor Dom Agostino Cardeal Vallini
Sucessor Dom Dominique François Joseph Cardeal Mamberti
Mandato 2008 - 2014
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 29 de junho de 1975
por Papa Paulo VI
Nomeação episcopal 10 de dezembro de 1994
Ordenação episcopal 6 de janeiro de 1995
por Papa João Paulo II
Nomeado arcebispo 2 de dezembro de 2003
Cardinalato
Criação 20 de novembro de 2010
por Papa Bento XVI
Ordem Cardeal-diácono
Título Santa Ágata dos Góticos
Brasão
Coat of arms of Raymond Leo Burke.svg
Lema SECUNDUM COR TUUM
Dados pessoais
Nascimento Richland Center
30 de junho de 1948 (70 anos)
Nacionalidade norte-americano
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Raymond Leo Cardeal Burke (Richland Center, 30 de junho de 1948) é um cardeal estadunidense, como título de Cardeal-diácono.[1] Nasceu na cidade de Richland Center no estado norte-americano de Wisconsin. Estudou Filosofia no The Catholic University of America e Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, onde também cursou seu doutoramento em Direito Canônico. Foi Prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica no Vaticano (2008-2014) e é atualmente patrono da Ordem Soberana e Militar de Malta.[2] Como Cardeal, sempre seguiu uma linha mais conservadora, conhecida como Catolicismo Tradicionalista, pelo fato de defender a Doutrina da Igreja Católica por meio da chamada "hermenêutica da continuidade", termo atribuído a teólogos que defendem que o Concílio Vaticano II só pode ser válido a partir do momento em que sua interpretação possui total coerência com a Doutrina que sempre foi ensinada pelos papas predecessores ao Concílio. [3]

Episcopado e Cardinalato[editar | editar código-fonte]

No ano de 1994, o Papa João Paulo II nomeou-o Bispo da Diocese de La Crosse (sua própria Diocese), sendo sagrado no dia 6 de Janeiro de 1995, na Festa da Epifania do Senhor, tomando posse no dia 22 de fevereiro. Em 2003, foi nomeado Arcebispo da Arquidiocese de Saint Louis, permanecendo até 2008, quando o Papa Bento XVI o chamou para a Cúria Romana.[4]

Em 2008, Burke foi levado para Roma com o intuito de conduzir a chamada Assinatura Apostólica, que é responsável por cuidar de alguns processos de nulidade matrimonial, das relações dos tribunais eclesiásticos e da Rota Romana.

A Assinatura (ou Assignatura) Apostólica é o mais alto tribunal eclesiástico da Igreja. Criado no século XV o dicastério já foi conduzido por 37 eclesiásticos diferentes, sendo o primeiro o Cardeal Mafeo Barbereini, mais tarde eleito Papa com o nome de Urbano VIII.

Foi na condução deste Tribunal que Burke foi criado Cardeal-diácono por Bento XVI, recebendo a Diaconia de Santa Ágata dos Góticos, no consistório público de 20 de novembro de 2011. Durante seu pontificado o hoje Papa Emérito falou diversas vezes da chamada hermenêutica da continuidade ou "reforma da reforma". O Cardeal Burke sempre se mostrou muito afinado com esta ideia, sendo chamado muitas vezes para celebrar cerimônias pontificais de acordo com o Rito Romano Tradicional.

Referências

  1. St. Louis Archdiocese website. Acessado em 11 de maio de 2015
  2. Desmond, Joan Frawley. «Daily News:Cardinal Burke Officially Transferred From Apostolic Signatura». National Catholic Register. EWTN News. Consultado em 11 de maio de 2015. 
  3. «"Nós precisamos voltar, precisamos corrigir as coisas".». Fratres in Unum.com. 10 de julho de 2012. Consultado em 14 de janeiro de 2017. 
  4. Cheney, David M. «Raymond Leo Cardinal Burke [Catholic-Hierarchy]». www.catholic-hierarchy.org. Consultado em 14 de janeiro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.