Crescenzio Sepe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Crescenzio Sepe
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo emérito de Nápoles
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Nápoles
Nomeação 20 de maio de 2006
Entrada solene 1 de julho de 2006
Predecessor Michele Cardeal Giordano
Sucessor Domenico Battaglia
Mandato 2006 - 2020
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 12 de março de 1967
Aversa
por Antonio Cece
Nomeação episcopal 2 de abril de 1992
Ordenação episcopal 26 de abril de 1992
Basílica de São Pedro
por Papa João Paulo II
Nomeado arcebispo 2 de abril de 1992
Cardinalato
Criação 21 de fevereiro de 2001
por Papa João Paulo II
Ordem Cardeal-diácono (2001-2006)
Cardeal-presbítero (2006-)
Título Deus Pai Misericordioso
Brasão
Coat of arms of Crescenzio Sepe.svg
Lema IN NOMINE DOMINI
Dados pessoais
Nascimento Carinaro
2 de junho de 1943 (79 anos)
Nacionalidade italiano
Funções exercidas -Secretário da Congregação para o Clero (1992-2001)
-Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos (2001-2006)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Crescenzio Sepe (Carinaro, 2 de junho de 1943) é um cardeal da Igreja Católica italiano, atual arcebispo-emérito de Nápoles.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou no Seminário de Aversa (estudos médios e ginnasiali), no Pontifício Seminário Regional de Salerno (filosofia) e no Pontifício Seminário Romano Maior (teologia). Depois, estudou na Pontifícia Universidade Lateranense, onde obteve o doutorado em teologia e a licenciatura em direito canônico e na Universidade de Roma "La Sapienza", onde obteve o doutorado em filosofia.[1] Foi ordenado presbítero em 12 de março de 1967 por Antonio Cece, bispo de Aversa, sendo depois incardinado nesta diocese.[1][2] Depois, foi estudar na Pontifícia Academia Eclesiástica de Roma (diplomacia). Além do italiano nativo, ele fala inglês, francês e espanhol.[1]

Entrou para o serviço diplomático do Vaticano em 1972, quando foi nomeado secretário da nunciatura no Brasil, onde ficou até 1975. Chamado para a Secretaria de Estado por Giovanni Benelli, arcebispo-titular de Tusuro, substituto da Secretaria de Estado, trabalhou primeiro na seção internacional, em particular a cargo das Organizações Internacionais e no Escritório de Informação e Documentação; mais tarde no Escritório de "Informazione e Documentazione". Tornou-se Assessor de Assuntos Gerais da Secretaria de Estado e Prelado de Honra de Sua Santidade em 10 de outubro de 1987.[1]

Em 2 de abril de 1992 foi nomeado secretário da Congregação para o Clero, sendo consagrado arcebispo-titular de Grado em 26 de abril, na Basílica de São Pedro, tendo como sagrante o Papa João Paulo II, auxiliado por Franciszek Macharski, arcebispo de Cracóvia e por Angelo Sodano, Cardeal Secretário de Estado.[1][2] Em 3 de novembro de 1997, foi nomeado Secretário do Comitê para o Grande Jubileu de 2000.[1][3]

Em 21 de janeiro de 2001, foi anunciada a sua criação como cardeal pelo Papa João Paulo II, no Consistório de 21 de fevereiro, em que recebeu o barrete vermelho e o título de cardeal-diácono de Deus Pai Misericordioso.[1][2] Em 9 de abril do mesmo ano foi nomeado Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos.[1][2]

Em 20 de maio de 2006 o Papa Bento XVI o nomeou como arcebispo metropolitano de Nápoles, tendo sido elevado à condição de cardeal-presbítero pro hac vice.[1][2][4] Apresentou sua renúncia ao governo da arquidiocese em 2 de junho de 2018, quando completou 75 anos, mas o Papa Francisco prorrogou em dois anos o seu governo arquidiocesano. Em 12 de dezembro de 2020, o Papa nomeou como seu sucessor ao bispo de Cerreto Sannita-Telese-Sant’Agata de’ Goti, Dom Domenico Battaglia.[5]

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c d e Catholic Hierarchy
  3. GCatholic
  4. «RINUNCIA DELL'ARCIVESCOVO METROPOLITA DI NAPOLI (ITALIA) E NOMINA DEL SUCCESSORE» (em italiano). Rinuncie e Nomine, Sala de Imprensa da Santa Sé 
  5. «Rinuncia e nomina dell'Arcivescovo Metropolita di Napoli (Italia)» (em italiano). Sala de Imprensa da Santa Sé, Rinunce e nomine, 12.12.2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Crescenzio Sepe
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Crescenzio Sepe


Precedido por
José López Ortiz, O.S.A.
Brasão episcopal
Arcebispo-titular de Grado

19922001
Sucedido por
Diego Causero
Precedido por
Criação da Diaconia
Cardeal
Cardeal-presbítero de
Deus Pai Misericordioso

2001
Pro hac vice desde 2006
Sucedido por
incumbente
Precedido por
Jozef Tomko
Coat of arms Holy See.svg
Prefeito da
Congregação para a Evangelização dos Povos

19972008
Sucedido por
Ivan Dias
Precedido por
Michele Giordano
Brasão episcopal
Arcebispo de Nápoles

20062020
Sucedido por
Domenico Battaglia